Thank U, Next

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Se procura por faixa-título, veja Thank U, Next (canção).
Thank U, Next
Álbum de estúdio de Ariana Grande
Lançamento 8 de fevereiro de 2019 (2019-02-08)
Gravação Outubro — Dezembro de 2018[1][2]
Estúdio(s)
Gênero(s)
Duração 41:04
Formato(s)
Gravadora(s) Republic
Produção
Cronologia de Ariana Grande
Sweetener
(2018)
K Bye For Now (SWT Live)
(2019)
Singles de Thank U, Next
  1. "Thank U, Next"
    Lançamento: 3 de novembro de 2018 (2018-11-03)
  2. "7 Rings"
    Lançamento: 18 de janeiro de 2019 (2019-01-18)[3]
  3. "Break Up with Your Girlfriend, I'm Bored"
    Lançamento: 8 de fevereiro de 2019 (2019-02-08)

Thank U, Next (estilizado como thank u, next) é o quinto álbum de estúdio da cantora estadunidense Ariana Grande, lançado em 8 de fevereiro de 2019 pela Republic Records.[4] O processo de gravação começou em outubro de 2018, alguns meses após o lançamento de seu quarto álbum, Sweetener (2018), onde a cantora contou com a ajuda de Tommy Brown, Max Martin, Ilya Salmandazeh, Andrew "Pop" Wansel, Victória Monét e Tayla Parx, colaboradores de longa data da cantora. O álbum foi criado em meio a temáticas pessoais, como a morte de seu ex-namorado, Mac Miller, e o término com o ex-noivo Pete Davidson, o que acabou inspirando algumas composições presentes no projeto. Grande também serve como produtora executiva, junto com seu empresário Scooter Braun.

O disco foi gravado em vários estúdios nos Estados Unidos, Suécia e Reino Unido, e foi finalizado em dezembro de 2018. Em termos musicais, Thank U, Next é um álbum derivado dos gêneros pop, R&B e trap, contendo elementos de reggae, funk, hip hop, soul e EDM, além de leves influências da música urbana. O disco apresenta letras que falam sobre amor, tristeza, empoderamento feminino, sexualidade, amor próprio e autocuidado. Em termos críticos, Thank U, Next recebeu aclamação da mídia especializada, que elogiou sua produção, coesão e conteúdo lírico, além de mencionarem a evolução em relação ao antecessor e o considerarem um dos melhores de 2019. Foi indicado ao Álbum do Ano e Melhor Álbum Vocal Pop na 62ª edição do Grammy. Comercialmente, alcançou o topo das paradas de países como Austrália, Canadá, Dinamarca, Irlanda, Noruega, Nova Zelândia, Reino Unido e Estados Unidos, onde quebrou recordes de streams para um álbum pop e feminino e rendeu à Grande sua melhor semana de vendas, registrando 360 mil cópias em sua semana de estréia.

A faixa-título foi lançada como o primeiro single em 3 de novembro de 2018, tornando-se um sucesso comercial e alcançando o topo das paradas de 12 países, incluindo a primeira posição na Billboard Hot 100 dos Estados Unidos. Além disso, a faixa quebrou uma série de recordes, incluindo o de canção mais reproduzida em um único dia por uma artista feminina no Spotify. O segundo single do álbum, "7 Rings", foi lançado em 18 de janeiro de 2019, alcançando sucesso comercial internacional e atingindo o topo de paradas de 21 países, incluindo a primeira posição na Billboard Hot 100 dos Estados Unidos; Grande, portanto, alcançou o feito de terceira artista a estrear duas ou mais canções na Billboard Hot 100 colocando seus três Singles no Top 3, feito antes realizado apenas pelos Beatles em 1964[5]. "Break Up with Your Girlfriend, I’m Bored" foi lançada como terceiro e último single no dia do lançamento do álbum. Grande embarcou na Sweetener World Tour, iniciada em março de 2019 e finalizada em dezembro do mesmo ano.[6]

Antecedentes[editar | editar código-fonte]

Em setembro de 2018, o ex-namorado de Grande, o rapper norte-americano Mac Miller, faleceu em decorrência de uma overdose de drogas. No mês seguinte, Grande anunciou que faria uma pausa da música.[7] Naquele mesmo mês, Grande revelou que havia estado no estúdio trabalhando em novas canções, apesar de suas declarações anteriores, e anunciou a Sweetener World Tour (2019). Grande afirmou que a turnê seria em apoio de seu quarto álbum de estúdio, Sweetener (2018), bem como de seu futuro quinto álbum de estúdio.[8][9] Em 4 de novembro de 2018, Grande lançou a faixa-título do álbum, como o primeiro single, sem aviso prévio.[10] O álbum foi lançado dia 8 de fevereiro de 2019 com o clipe de "Break Up with Your Girlfriend, I’m Bored".

Gravação e produção[editar | editar código-fonte]

O estúdio intitulado Jungle City Studios (foto) em Nova Iorque serviu como principal local de gravação das faixas do projeto.

Grande começou a gravar material para o álbum em outubro de 2018, menos de dois meses após o lançamento de seu álbum anterior Sweetener.[1] Foi gravado principalmente no estúdio intitulado Jungle City Studios, em Nova Iorque, com locais de gravação adicionais, incluindo Right Track Studios na mesma cidade, MXM e Conway Recording Studios em Los Angeles, Califórnia, The Record Plant em Hollywood, Califórnia, Wolf Cousins Estúdios em Estocolmo, Suécia e Entirety Studios em Londres, Reino Unido.[11]

Grande optou por trabalhar com produtores e compositores de quem já era amiga, afirmando que a decisão "meio que salvou minha vida. Foi meio que esse capítulo super desafiador que foi péssimo, e então meus amigos o tornaram incrível e especial".[12] Tommy Brown produziu o maior número de faixas, contabilizando cinco no total e colaborou na produção com Charles Anderson e Michael Foster, da Social House, em duas delas. Enquanto isso, Max Martin e Ilya Salmanzadeh produziram quatro faixas juntos.[13]

A compositora Victoria Monét disse que Grande e sua equipe trabalharam rapidamente, escrevendo e gravando "nove músicas" depois de uma semana. Ao contrário de seus álbuns anteriores, a maioria das sessões de gravação terminou após apenas duas semanas.[14] A equipe de Grande sempre teve presente no estúdio, principalmente Veuve Clicquot, como mais tarde referenciado em sua colaboração com Monét, "Monopoly".[15] Monét co-escreveu seis das músicas do álbum, incluindo "Ghostin", que foi a primeira música escrita para o álbum e levou mais tempo para escrever.[16] Grande a descreveu como a música mais difícil de escrever para o álbum e solicitou inicialmente que a música não fosse incluída na lista final de faixas.[17]

Composição[editar | editar código-fonte]

Estrutura musical e conteúdo lírico[editar | editar código-fonte]

A drag queen Shangela contribuiu para os vocais de apoio da faixa "NASA".

Em termos de composição musical, Thank U, Next é um álbum derivado dos gêneros pop, R&B e trap, contendo elementos predominantes de reggae, funk, hip hop, soul e EDM em suas batidas e produções. O disco também explora uma diversidade de outros estilos musicais, como pop rock, dance-pop, electropop e synthpop, além de influências da música urbana. Boa parte de suas canções utilizam em sua base instrumentos como cordas, baixo, guitarras, percussão, piano, teclados, baterias e sintetizadores.

"Eu sinto que existem certos padrões que as mulheres da música pop mantêm e que os homens não. Temos que fazer o teaser antes do single, depois o single e esperar para fazer a pré-encomenda, e as rádios tenham que impactar antes o vídeo, e nós temos que fazer o desconto neste dia, e tudo isso, e é como, 'Ugh, eu só quero conversar com meus fãs e cantar e escrever músicas e largar do jeito que esses garotos fazem. Eles conseguem gravar discos assim e eu não? Então eu faço e fiz e sou, e continuarei."
 
Grande sobre a produção do disco e o lançamento do single "Thank U, Next".

O disco abre com "Imagine", uma balada de ritmo lento, derivado do R&B, contendo batidas de trap, e elementos notórios da música ambiente, onde seu conteúdo lírico aborda sobre relacionamentos arruinados.[18][19] A faixa seguinte, "Needy", possui uma produção minimalista, com batidas leves de sintetizadores e uso de vocoder.[20] Musicalmente, é um tema pop e soul cujas letras falam sobre as inseguranças da cantora em seus relacionamentos passados.[21] A terceira faixa, "NASA", tem o nome em referência á agência espacial homônima.[22][23] A faixa começa com a introdução "Este é um grande passo para a mulher / Um grande salto para a mulher"[nota 1], que foi citada pela drag queen Shangela, que é uma variação da citação "Este é um grande passo para o homem / Um grande salto para a humanidade"[nota 2], falada pelo astronauta Neil Armstrong, assim que pisou na lua em 1969. Sua letra fala sobre precisar de "espaço" em um relacionamento, acompanhados por uma sonoridade dance-pop e R&B.[24][25] "Bloodline", a canção seguinte, é canção de reggae fusion, com melodias de R&B e hip hop, contendo barulhos de trompetes e baixo considerados "ousados".[26] Foi muito comparada pelos críticos com as canções "Greedy" e "Side to Side", também da artista, presentes em seu terceiro álbum Dangerous Woman (2016).[27] A faixa começa com uma introdução falada pela avó de Grande, Marjorie Grande, onde ela fala "Porque eu estou tentando fazer o melhor que posso / e eles não conseguem encontrar algo pra me satisfazer"[nota 3], que apesar da mensagem da canção ser sobre apenas se divertir e não querer seu interesse em sua linha sanguínea, a avó da cantora estava se referindo a um aparelho auditivo.[28][29] Muitos relacionam a letra com o ex-noivo da cantora, o comediante Pete Davidson.[30][31]

A morte do rapper Mac Miller, ex-namorado e melhor amigo de Grande, desencadeou algumas composições como forma de homenagem, entre elas "Thank U, Next" e "Ghostin".

O próximo tema, "Fake Smile", possui demonstrações de "After Laughter (Comes Tears)", canção da cantora Wendy Rene.[32] É uma obra essencialmente hip hop soul, influenciada pelo funk, R&B e trap.[33] Seu conteúdo lírico aborda o ataque terrorista ocorrido em seu show em Manchester e a morte de seu ex-namorado, o rapper Mac Miller, e o impacto emocional que esses eventos infligiram a ela, onde ela canta no refrão "Foda-se o sorriso falso"[nota 4]. "Bad Idea" é derivada do pop e EDM, com influências do synthpop, hip hop e pop rock, reminiscente a produções dos anos 1980, contendo predominância de sintetizadores e percussão, onde a cantora canta sobre o desejo de acabar com a dor da solidão.[34][35] A sétima canção, "Make Up", contêm letras que abordam a sexualidade e trechos de duplo sentido, acompanhada por uma melodia funk, com elementos de bubblegum pop e contém uma "ponte influenciada pelo rap". Sobre seu conteúdo lírico, Grande disse "ela quer brigar com seu parceiro apenas para que eles possam fazer as pazes mais tarde, enquanto também quer que ele estrague sua maquiagem".[36] A cantora ainda faz uma referência a marca de cosméticos Fenty Beauty, criada pela cantora barbadense Rihanna, vista no trecho "Iluminador da minha vida / assim como o kit Fenty Beauty"[nota 5]. Em seguida vem "Ghostin", uma balada de andamento calmo, contendo sintetizadores e cordas, embalados por um sentimento de tristeza e melancolia.[37] Uma faixa dream pop, soul e trip hop, sua letra a cantora discute seus dois últimos relacionamentos, afirmando que "ela deve fantasmar o cara que ainda a faz chorar e quer parar de machucar a pessoa com quem está agora enquanto ele está sendo paciente com ela", sendo sobre a relação com Mac Miller, onde ela estava chorando pela sua morte, ainda noiva de Pete Davidson. Foi descrita como a canção "mais emocionante" do disco, e que a própria cantora afirmou em entrevistas que não consegue mais ouvi-la pois sempre fica emocionada, e que no processo de gravação ela pediu para remover da versão final do álbum, mas seu empresário Scooter Braun a convenceu a mantê-la, além de servir como forma de homenagem a Mac Miller.[38]

A nona canção, "In My Head", é um híbrido de dance-pop e trap-pop, com tendências R&B e electro, onde sua letra aborda sobre se apaixonar por uma versão de seu interesse criada em sua cabeça.[39] A faixa também começa com uma introdução, feita por uma mensagem de áudio gravada por Doug Middlebrook, melhor amigo de Grande. Ele fala "É o seguinte: você está apaixonada por uma versão de uma pessoa / que você criou em sua cabeça / que você está tentando / mas não pode consertar / A única coisa que você pode consertar é você mesma / eu te amo, isso já durou tempo demais / já chega / Tô a dois quarteirões daí, tô chegando"[nota 6]. Assim como "Bloodline", muitos acham que a letra é sobre Pete Davidson. A décima faixa, "7 Rings" é uma obra trap-pop e R&B, apresentando um baixo pesado e uma percussão programada. Contém demostrações de "My Favorite Things, composta por Oscar Hammerstein II e Richard Rogers, e interpretada pela atriz e cantora britânica Julie Andrews, presente na trilha sonora do filme The Sound of Music (1965).[40] Na letra, Grande discute "como o sucesso global permitiu que ela aproveitasse as coisas mais refinadas" como nas linhas inicias "Sim, café da manhã na Tifanny's e garrafas de espumante / Meninas com tatuagens que gostam de ficar em apuros / Cílios e diamantes, caixas eletrônicos / Eu mesma compro todas as minhas coisas favoritas"[nota 7]. A ideia para a canção surgiu quando as compositoras e amigas pessoais Victoria Monét, Tayla Parx, Njomza Vitia e Kimberly Krysiuk; e as digital influencers Alexa Luria e Courtney Chipolone levaram Grande para uma filial da Tiffany & Co. em Nova Iorque, e a cantora comprou anéis de diamantes para todas elas.[41] A faixa-título é a seguinte, uma canção sobre autocuidado e empoderamento, sendo uma balada pop e R&B de andamento mediano, onde a cantora menciona seus ex-namorados (Big Sean, Ricky Alvarez, Miller e Davidson) e agradece a eles sobre os ensinamentos que ela aprendeu para ser uma pessoa melhor.[42][43][44] E a canção que encerra o álbum é "Break Up with Your Girlfriend, I'm Bored".[45][46] Inspirada no trap-pop e R&B, foi inserida na versão final do álbum quando o mesmo estava pronto, substituindo "Remember", uma faixa descartada do projeto, pelo motivo da cantora achar muito pessoal para ser liberada.[47] Ela contém demonstrações de "It Makes Me Ill", canção da boy band 'N Sync, e composta por Kandi Burruss e Kevin Briggs.[48] Na versão deluxe japonesa, há um remix oficial de "7 Rings", contendo a participação do rapper 2 Chainz e a canção inédita "Monopoly", uma colaboração com a cantora e compositora Victoria Monét.[49]

Lançamento e promoção[editar | editar código-fonte]

Thank U, Next foi lançado mundialmente em 8 de fevereiro de 2019, pela Republic Records.[17] A capa do álbum, fotografada por Alfredo Flores, mostra Grande deitada de cabeça para baixo no chão com o título do álbum pintado no pescoço. A capa da edição digital apresenta uma borda rosa, enquanto a edição física apresenta uma borda preta.[50][51] O título do álbum recebeu o nome de uma frase que Grande e sua amiga Victoria Monét usam repetidamente.[52]

Turnê[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Sweetener World Tour

Em 25 de outubro de 2018, Grande anunciou oficialmente a Sweetener World Tour, em promoção de Thank U, Next e Sweetener (2018).[53] A turnê começou em 18 de março de 2019, com a primeira etapa composta por 53 shows na América do Norte.[54] A segunda etapa está marcada para começar em 17 de agosto de 2019, consistindo de 28 shows em toda a Europa.[55] Normani e Social House foram anunciados como os artistas de abertura para as datas norte-americanas da turnê. A turnê arrecadou cerca de US$146.6 milhões de dólares e vendeu 1.3 milhões de ingressos, ultrapassando a Dangerous Woman Tour e se tornando a maior e mais rentável turnê de Grande até a data.[56]

Singles[editar | editar código-fonte]

A faixa-título foi lançada como o primeiro single do álbum em 3 de novembro de 2018 sem anúncios anteriores.[57][58] Comercialmente, o single foi um enorme sucesso, chegando ao número um das paradas de 12 países e quebrando uma série de recordes, incluindo o recorde de mais transmissões em um único dia por uma artista feminina no Spotify. A música também se tornou o primeiro single número um de Grande na Billboard Hot 100 dos EUA. Ela performou a música no The Ellen DeGeneres Show em 7 de novembro.[59] Seu videoclipe foi lançado em 30 de novembro, que quebrou o recorde de ambos o videoclipe mais assistido no YouTube em 24 horas e o vídeo no Vevo mais rápido a atingir 100 milhões de visualizações no YouTube.[60][61]

"7 Rings" foi lançado como o segundo single em 18 de janeiro de 2019.[62] A faixa também teve sucesso comercial, chegando ao topo das paradas de 15 países, incluindo os EUA, estreando no topo da Billboard Hot 100, fazendo de Grande o terceira artista feminina a ter duas ou mais músicas estreando no topo do Hot 100. Isso também fez de Grande a terceira artista da história a ter um álbum com duas músicas que estrearam no número um no Hot 100, depois Scorpion do Drake em 2018 e Daydream, de Mariah Carey, em 1995.[63] "7 Rings" também quebrou o recorde da música mais transmitida em 24 horas no Spotify, recebendo 14,9 milhões de transmissões em todo o mundo.[64] Ele recebeu críticas mistas de críticos de música,[65][66][67] e foi o centro de acusações de plágio de vários artistas.[68][69][70]

"Break Up with Your Girlfriend, I'm Bored" foi lançado como terceiro single em 8 de fevereiro de 2019, no mesmo dia em que o álbum foi lançado.[71] A música estreou no topo das paradas na Irlanda e no Reino Unido. Neste último, Grande se tornou a primeira artista feminina a se substituir no número um na parada, e juntou-se a apenas três outros artistas em ter três singles no topo das paradas em menos de 100 dias.[72] Quando a faixa se tornou seu quinto single número um na Irlanda, Grande agora também detém o recorde de mais número na década de 2010 na parada, ao lado de Rihanna.[73] "Break Up with Your Girlfriend" estreou no número dois na Billboard Hot 100, tornando-se o 13º single entre os 10 primeiros de Grande na parada. Com este single no número dois, "7 Rings" no número um e "Thank U, Next" no número três, Grande se tornou o primeiro artista a monopolizar os três primeiros na parada desde os The Beatles em 1964.[74]

Singles promocionais[editar | editar código-fonte]

O primeiro single promocional "Imagine", foi lançado em 14 de dezembro de 2018. Debutou dia 24 de dezembro 2018 na posição 24 na parada musical dos Estados Unidos: Billboard Hot 100, se tornando a maior estréia de Ariana para qualquer um dos singles promocionais dela.[75]

Crítica profissional[editar | editar código-fonte]

Críticas profissionais
Pontuações agregadas
Fonte Avaliação
Metacritic 86/100[76]
Avaliações da crítica
Fonte Avaliação
AllMusic 4.5 de 5 estrelas.[77]
The A.V. Club A−[78]
The Daily Telegraph 4 de 5 estrelas.[79]
Entertainment Weekly B+[80]
The Guardian 4 de 5 estrelas.[81]
The Independent 4 de 5 estrelas.[82]
The Irish Times 5 de 5 estrelas.[83]
NME 4 de 5 estrelas.[84]
Pitchfork 7.9/10[85]
Rolling Stone 4 de 5 estrelas.[86]

Thank U, Next recebeu elogios dos críticos de música, com muitos elogiando a coesão e a produção do álbum. No Metacritic, que atribui uma classificação normalizada de 100 a críticas dos principais críticos, Thank U, Next tem uma pontuação média de 86 com base em 24 avaliações, indicando "aclamação universal".[76]

Rob Sheffield, da Rolling Stone, declarou que Thank U, Next é "um dos melhores álbuns pop do ano até agora, mesmo em 2019 que já está se tornando ótimo para novas músicas. Thank U, Next faz você suspeitar que o melhor de Ariana ainda está por vir".[86] Ross Horton, do The Line of Best Fit, elogiou as composições e a produção do álbum, afirmando que é um "disco pop hermético e denso, com uma produção desagradável e impetuosa" e comentando que "até as coisas mais delicadas e sensuais daqui são compactadas e limpas de qualquer coisa que se assemelhe à acústica".[87] Stephen Thomas Erlewine da AllMusic também deu ao álbum uma crítica positiva, comentando que "Grande está [...] ostentando com confiança" e concluindo que o álbum "incorpora todos os aspectos de Ariana Grande, a grande estrela pop".[77] Mikael Wood, do Los Angeles Times, disse: "Thank U, Next exibe a cura emocional de Grande; está repleto de alegria de descobrir que o que não a matou realmente a tornou mais forte".[88]

Michael Cragg, do The Guardian, comentou que Thank U, Next parece ser um "resultado de uma explosão de criatividade e um clima predominante", mas criticou "7 Rings" como um "ponto baixo e frio" do álbum. Ele concluiu positivamente, afirmando que Grande é uma "estrela pop [...] finalmente trabalhando quem ela é e o que querem dizer" e comparou o álbum ao Anti de Rihanna.[81] Helen Brown, do The Independent, declarou que Grande está "abraçando sua garota malvada interior (no sexy" Break Up With Your Girlfriend, I'm Bored ") e possuindo suas falhas e contradições" em faixas como "NASA", ainda concluiu que o álbum carece de "força vocal" suficiente.[82] Sal Cinquemani da Slant Magazine, premiou o álbum com três estrelas e meia em cinco, acreditando que o álbum" é facilmente o trabalho mais consistente e sonoro de Grande para ele e criticou que "algumas das [...] faixas tendem a se confundir", mas acabou dizendo que a "recusa de Grande em fingir um sorriso que prova ser o que a torna tão agradável".[89] Em uma resenha para o Vice, Robert Christgau fez uma menção honrosa de três estrelas ao álbum e resumiu como o álbum "amadurece de truques de estúdio para canções de amor diretas — que são muito específicas de uma estrela"; a faixa-título e "Ghostin" foram citadas como destaques.[90]

Lista de faixas[editar | editar código-fonte]

N.º TítuloCompositor(es)Produtor(es) Duração
1. "Imagine"  Ariana Grande · Andrew Wansel · Jameel Roberts · Nathan Perez · Priscilla Renea"Pop" Wansel · Happy Perez · Grande[A] 3:32
2. "Needy"  Grande · Tommy Brown · Victoria Monét · Tayla ParxBrown · Grande[A] · Monét[A] · Parx[A] 2:51
3. "NASA"  Grande · Brown · Charles Anderson · Monét · ParxBrown · Anderson · Grande[A] · Monét[A] 3:02
4. "Bloodline"  Grande · Max Martin · Ilya Salmanzadeh · Savan KotechaMartin · Ilya · Grande[A] 3:36
5. "Fake Smile"  Grande · Wansel · Perez · Renea · Kennedi Lykken · Justin Tranter · Joseph W. Frierson · Mary Lou FriersonWansel · Perez · Grande[A] 3:28
6. "Bad Idea"  Grande · Martin · Salmanzadeh · KotechaMartin · Ilya · Grande[A] 4:27
7. "Make Up"  Grande · Brown · Monét · Brian Malik BaptisteBrown · Baptiste · Grande[A] · Monét[A] · Parx[A] 2:20
8. "Ghostin"  Grande · Martin · Monét · Salmanzadeh · Kotecha · ParxIlya[B] · Martin[B] · Grande[A] · Monét[A] 4:31
9. "In My Head"  Grande · Brittany Chi Coney · Denisia Andrews · Wansel · Perez · Lindel Deon Nelson Jr. · RobertsWansel · Perez · Coney[C] · Grande[A] · Andrews[C] · Sean Klein[D] 3:42
10. "7 Rings"  Grande · Anderson · Kimberly Krysiuk · Michael Foster · Njomza Vitia · Oscar Hammerstein II · Richard Rogers · Parx · Brown · MonétBrown · Anderson · Foster · Grande[A] · Monét[A] 2:58
11. "Thank U, Next"  Grande · Anderson · Foster · Parx · Brown · MonétBrown · Anderson · Foster · Monét[A] · Grande[A] 3:27
12. "Break Up with Your Girlfriend, I'm Bored"  Grande · Martin · Salmanzadeh · Kotecha · Kandi Burruss · Kevin BriggsMartin · Ilya · Grande[A] 3:10
Duração total:
41:04
Notas
A - denota produtores vocais
B - denota produtores principais e vocais
C - denota produtores adicionais
D - denota remixadores
  • Todas as canções, exceto "NASA" e "Monopoly", são estilizadas em letra minúscula.
Créditos de demonstração
  • "Fake Smile" contém demonstrações de "After Laughter (Comes Tears)", interpretada por Wendy Rene.
  • "7 Rings" contém demonstrações de "My Favorite Things", composta por Oscar Hammerstein II e Richard Rogers, presente no filme The Sound of Music (1965).
  • "Break Up with Your Girlfriend, I’m Bored" contém demonstrações de "It Makes Me Ill", composta por Kandi Burruss e Kevin Briggs, e interpretada pela boy band 'N Sync.

Equipe e colaboradores[editar | editar código-fonte]

Lista-se abaixo os profissionais envolvidos na elaboração de Thank U, Next, de acordo com o Tidal:[11][91]

Produção
Músicos

Desempenho comercial[editar | editar código-fonte]

Nos Estados Unidos, Thank U, Next estreou no número um na Billboard 200 dos EUA, com 360.000 unidades equivalentes a álbuns, das quais 116.000 foram venda de álbuns físicos. O álbum se tornou o quarto álbum número um de Grande no país e quebrou o recorde da maior semana de streaming de todos os tempos para um álbum pop.[92] Na parada Billboard Hot 100, edição de 20 de fevereiro, todas as doze músicas de Thank U, Next apareceram simultaneamente. Onze dessas músicas apareceram no top 40, quebrando o recorde das 40 músicas mais simultâneas de uma artista feminina.[93] Thank U, Next passou uma segunda semana no número um vendendo 151.000 unidades. É o primeiro álbum de Grande a passar duas semanas na primeira posição na Billboard 200.[94] O álbum também passou quatro meses no top dez da parada da Billboard 200.

No Reino Unido, Thank U, Next estreou como número um na parada de álbuns do Reino Unido, com 65.000 unidades equivalentes a álbuns. O álbum se tornou o terceiro número um de Grande na parada e marcou seu maior álbum de abertura na semana até hoje. Conquistando 59 milhões de transmissões, Thank U, Next estabeleceu um novo recorde para a maioria das transmissões de álbuns de uma artista feminina em uma semana no país, superando seu álbum anterior, Sweetener (2018).[72] Após o seu lançamento, "Break Up With Your Girlfriend, I'm Bored" estreou no número um na parada de singles do Reino Unido, substituindo "7 Rings", com o último retornando ao número um na semana seguinte, tornando Grande a primeira artista solo feminino desde Madonna em 1985, a ocupar simultaneamente as posições número um e dois na parada de singles do Reino Unido e a primeira artista musical a se substituir duas vezes consecutivas no número um da história das paradas no Reino Unido. Além disso, "Needy" alcançou o número oito na parada.[95] Na Irlanda, o álbum também se tornou o terceiro número um de Grande no Irish Albums Chart, superando o resto dos cinco primeiros, combinados com quase 5.389 unidades (de acordo com a Official Charts Company).[96] Após o seu lançamento, Thank U, Next se tornou o único álbum feminino nesta década a apresentar três singles número um na Irlanda. Após o sucesso do álbum, Sweetener (2018) subiu três posições para o número 8, e Dangerous Woman (2016) voltou a entrar no top 50 no número 43.[73] Em junho, o álbum é o terceiro álbum mais vendido do ano (1º para álbuns transmitidos e 46º para álbuns de vinil) com mais de 5.889 vendas combinadas.[97][98][99]

Na Austrália, o álbum estreou no número um na parada de álbuns da Austrália, tornando-se o quarto número um de Grande no território. Todas as doze faixas do álbum também apareceram no ARIA Singles Chart, incluindo nove estreias.[100]

Tabelas semanais[editar | editar código-fonte]

Histórico de lançamento[editar | editar código-fonte]

Lista contendo datas de lançamento, mostrando a região, formato(s), gravadora(s) e referência(s).
País Data Edição Formato Gravadora(s) Ref.
Vários 8 de fevereiro de 2019 (2019-02-08) Padrão Republic [166][167]
10 de maio de 2019 (2019-05-10) vinil [168]
Japão 26 de junho de 2019 (2019-06-26) Deluxe
  • CD
  • download digital
  • DVD
Universal [169]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Notas

  1. No original: "That's one small step for woman / one giant leap for woman-kind".
  2. No original: "That's one small step for man / one giant leap for mankind'".
  3. No original: "Because I'm trying to do the best I can / and they can't find something to satisfy me".
  4. No original: "Fuck a fake smile".
  5. No original: "Highlight of my life / just like that Fenty Beauty kit".
  6. No original: "Here's the thing: You’re in love with a version of a person / that you've created in your head / that you are prying to, but cannot fix / uh, the only thing you can fix is yourself / I love you, this has gone on way too long / enough is enough / I'm two blocks away, i’m coming over".
  7. No original: "Yeah, breakfast at Tiffany's and bottles of bubbles / girls with tattoos who like getting in trouble / lashes and diamonds, ATM machines / buy myself all of my favorite things"

Referências

  1. a b «Ariana Grande is back in the studio working on new music». The FADER (em inglês). Consultado em 18 de janeiro de 2019 
  2. «Ariana Grande hints record label won't let her release new album». BigTop40 (em inglês). Consultado em 18 de janeiro de 2019 
  3. Charlotte Krol (10 de janeiro de 2019). «Ariana Grande reveals '7 rings' single release date». NME (em inglês). IPC Media. Consultado em 10 de janeiro de 2019 
  4. Blistein, Jon (22 de janeiro de 2019). «Ariana Grande Details Thank U, Next Track List, Release Date». Rolling Stone. United States. Consultado em 23 de janeiro de 2019 
  5. Brasil, Sobre o autor: / Redação Portal Famosos (19 de fevereiro de 2019). «Igualando feito de Beatles, Ariana Grande domina o TOP 3 da Billboard Hot 100». Portal Famosos Brasil. Consultado em 15 de dezembro de 2019 
  6. Spanos, Brittany. «Watch Ariana Grande Party in 'Break Up With Your Girlfriend I'm Bored' Video». Rolling Stone. Consultado em 8 de fevereiro de 2019 
  7. Jack Shepherd (11 de outubro de 2018). «Ariana Grande confirms break from music following rapper Mac Miller's death». The Independent (em inglês). Independent Print Limited. Consultado em 6 de novembro de 2018 
  8. Joshua Espinoza (3 de outubro de 2018). «Ariana Grande Is Back in the Studio After Taking Time Off». Complex (em inglês). Complex Media Inc. Consultado em 6 de novembro de 2018 
  9. Margeaux Sippell (25 de outubro de 2018). «Ariana Grande Announces 'Sweetener' World Tour Dates». Variety (em inglês). Variety Media, LLC. Consultado em 6 de novembro de 2018 
  10. Ashley Iasimone (3 de novembro de 2018). «Ariana Grande Releases New Song 'Thank U, Next' Just Before 'SNL'». Billboard (em inglês). Prometheus Global Media. Consultado em 6 de novembro de 2018 
  11. a b (2019) Créditos do Encarte do CD Thank U, Next, pg. 1–7. Republic Records.
  12. «Ariana Grande Says the 'Thank U, Next' Album 'Kind of Saved My Life' in In-Depth 'Zach Sang Show' Interview». Billboard. Consultado em 6 de novembro de 2018 
  13. Rob, Harvilla. «Ariana Grande Just Beat the Boys by Joining Them». The Ringer. Consultado em 6 de novembro de 2018 
  14. Leight, Elias. «Some Albums Take Years. Ariana Grande Made 'Thank U, Next' in 2 Weeks». Rolling Stone. Consultado em 6 de novembro de 2018 
  15. «Victoria Monét "MONOPOLY" Official Lyrics & Meaning | Verified». Consultado em 6 de novembro de 2018 – via YouTube 
  16. Morin, Alyssa. «12 Surprising Secrets From Ariana Grande's Thank U, Next Revealed». E! News. Consultado em 6 de novembro de 2018 
  17. a b «Ariana Grande "thank u, next" Interview». Zach Sang. Consultado em 6 de novembro de 2018 – via YouTube 
  18. «Ariana Grande Releases Romantic New Song 'Imagine' — and Fans Think It's About Mac Miller». PEOPLE.com (em inglês). Consultado em 30 de setembro de 2019 
  19. Denis, Kyle (15 de dezembro de 2018). «Review: Ariana Grande Nails It Again With "Imagine"». black boy bulletin (em inglês). Consultado em 30 de setembro de 2019 
  20. Koffman, Chloe (14 de fevereiro de 2019). «Track by track review: Ariana Grande- 'thank u, next'». Medium (em inglês). Consultado em 30 de setembro de 2019 
  21. «Ariana Grande's 'Thank U, Next': A Track-by-Track Review». www.out.com (em inglês). 8 de fevereiro de 2019. Consultado em 30 de setembro de 2019 
  22. Sheffield, Rob; Sheffield, Rob (12 de fevereiro de 2019). «Review: Ariana Grande Moves on in Spectacular Style With 'Thank U, Next'». Rolling Stone (em inglês). Consultado em 30 de setembro de 2019 
  23. Koren, Marina (9 de fevereiro de 2019). «A Space Nerd's Reading of Ariana Grande's 'NASA' Song». The Atlantic (em inglês). Consultado em 30 de setembro de 2019 
  24. Gonzales, Erica (8 de fevereiro de 2019). «Ariana Grande's "NASA" Is the Anthem for People Who Need Space». Harper's BAZAAR (em inglês). Consultado em 30 de setembro de 2019 
  25. «'Thank U, Next' Is the Ariana Grande Album We've Always Wanted». Complex (em inglês). Consultado em 30 de setembro de 2019 
  26. Tang, Estelle (19 de fevereiro de 2019). «Ariana Grande's 'Thank U, Next' Is a Horny Emotions Album for the Ages». ELLE (em inglês). Consultado em 15 de outubro de 2019 
  27. michielvmusic (8 de fevereiro de 2019). «Album Review: Ariana Grande – Thank U, Next (track by track)». A Bit Of Pop Music (em inglês). Consultado em 15 de outubro de 2019 
  28. Prahl, Amanda (13 de fevereiro de 2019). «Ariana's Grande's "Bloodline" Has Some Serious Insights Into Her Views on Love». POPSUGAR Entertainment (em inglês). Consultado em 30 de setembro de 2019 
  29. Sweeney, Kieran (11 de fevereiro de 2019). «Ariana Grande reveals dark side on 'Thank U, Next'». Daily Trojan (em inglês). Consultado em 30 de setembro de 2019 
  30. «Ariana Grande's New Song "Bloodline" Could Be About Pete Davidson, Based On Her Tweets». Elite Daily (em inglês). Consultado em 30 de setembro de 2019 
  31. Bailey, Alyssa (24 de janeiro de 2019). «All the Hidden Meanings in Ariana Grande's New 'Thank U, Next' Album». ELLE (em inglês). Consultado em 30 de setembro de 2019 
  32. Sheffield, Rob; Sheffield, Rob (12 de fevereiro de 2019). «Review: Ariana Grande Moves on in Spectacular Style With 'Thank U, Next'». Rolling Stone (em inglês). Consultado em 15 de outubro de 2019 
  33. «Ariana Grande: I've been through hell». www.msn.com. Consultado em 30 de setembro de 2019 
  34. «Ariana Grande: I've been through hell». www.msn.com. Consultado em 30 de setembro de 2019 
  35. Santos, Kayla (15 de fevereiro de 2019). «"thank u, next" Review: Ariana Grande bares soul in latest album». The Chimes. Consultado em 30 de setembro de 2019 
  36. michielvmusic (8 de fevereiro de 2019). «Album Review: Ariana Grande – Thank U, Next (track by track)». A Bit Of Pop Music (em inglês). Consultado em 30 de setembro de 2019 
  37. ‎thank u, next by Ariana Grande (em inglês), consultado em 30 de setembro de 2019 
  38. NME (1 de março de 2019). «What is 'Ghostin' about? Is Ariana Grande's song about Mac Miller and Pete Davidson?». NME (em inglês). Consultado em 30 de setembro de 2019 
  39. «Behind the Intros On 'Thank U, Next': How Ariana Grande Featured Her Nonna, Her Best Friend and a 'Drag Race' Star». Billboard. Consultado em 30 de setembro de 2019 
  40. Kornhaber, Spencer (23 de janeiro de 2019). «How Ariana Grande Fell Off the Cultural-Appropriation Tightrope». The Atlantic (em inglês). Consultado em 15 de outubro de 2019 
  41. «Ariana Grande reveals some of her favorite things in new women empowerment anthem '7 Rings'». EW.com (em inglês). Consultado em 15 de outubro de 2019 
  42. «Song of the Week: Ariana Grande Moves on with Style in "thank u, next"». Consequence of Sound (em inglês). 9 de novembro de 2018. Consultado em 15 de outubro de 2019 
  43. «There's Never Been A Pop Song Quite Like Ariana Grande's "thank u, next"». Stereogum. 8 de novembro de 2018. Consultado em 15 de outubro de 2019 
  44. Leight, Elias; Leight, Elias (9 de novembro de 2018). «Ariana Grande's 'Thank U, Next' Proves She's a New Kind of Pop Star». Rolling Stone (em inglês). Consultado em 15 de outubro de 2019 
  45. «'Sweet, Thanks': Combining Ariana Grande's Two Recent LPs Into One 13-Track Masterpiece». www.billboard.com (em inglês). Consultado em 15 de outubro de 2019 
  46. Empire, Kitty (16 de fevereiro de 2019). «Ariana Grande: Thank U, Next review – a lodestar for how complicated life can be». The Guardian (em inglês). ISSN 0261-3077 
  47. «One Of Ariana Grande's Newest Songs Is Another Ode To Mac Miller...». BET.com. Consultado em 15 de outubro de 2019 
  48. Spanos, Brittany; Spanos, Brittany (8 de fevereiro de 2019). «Watch Ariana Grande Party in 'Break Up With Your Girlfriend I'm Bored' Video». Rolling Stone (em inglês). Consultado em 15 de outubro de 2019 
  49. «Ariana Grande and Victoria Monét Drop New Song "Monopoly": Listen». Pitchfork (em inglês). Consultado em 15 de outubro de 2019 
  50. «thank u, next by Ariana Grande on Apple Music». Apple Music. Consultado em 13 de outubro de 2018 
  51. «Ariana Grande – thank u, next». Amazon. Consultado em 13 de outubro de 2018 
  52. «Why Ariana Grande's "Thank U, Next" Is Her First No. 1 Song». Slate Magazine. Consultado em 13 de outubro de 2018 
  53. Hussein, Wandera. «Ariana Grande announces Sweetener World Tour». The Fader. Consultado em 13 de outubro de 2018 
  54. «Ariana Grande Announces 'Sweetener' World Tour: See the Dates». Billboard. Consultado em 13 de outubro de 2018 
  55. Grande, Ariana. «EUROPE». Twitter. Consultado em 13 de outubro de 2018 
  56. «Normani to Join Ariana Grande as Support For Sweetener World Tour». Billboard. Consultado em 13 de outubro de 2018 
  57. «Ariana Grande says her exes heard 'Thank U, Next' before its release». USA Today. Consultado em 13 de outubro de 2018 
  58. Devon, Ivie. «Ariana Grande Is Hyping Up Her Next Album, Thank U, Next». Vulture. Consultado em 13 de outubro de 2018 
  59. «See Ariana Grande Debut Live 'Thank U, Next' on 'Ellen'». Rolling Stone. Consultado em 13 de outubro de 2018 
  60. Engelman, Nicole. «Ariana Grande's 'Thank U, Next' Has the Biggest Music Video Debut in YouTube History». Billboard. Consultado em 13 de outubro de 2018 
  61. «Grande's 'thank u, next' bests Adele to fastest 100 million views». Reuters. Consultado em 13 de outubro de 2018 
  62. «Ariana Grande's Next Single Will Be About That Time She Got Drunk and Bought All Her Friends Rings». Vulture. Consultado em 13 de outubro de 2018 
  63. «Ariana Grande's 'Thank U, Next' Album Is in Historic Chart Company, Before Its Release». Billboard. Consultado em 13 de outubro de 2018 
  64. «Ariana Grande breaks her own record (again) with '7 Rings'». MTV UK. Consultado em 13 de outubro de 2018 
  65. «Song You Need to Know: Ariana Grande, '7 Rings'». Rolling Stone. Consultado em 13 de outubro de 2018 
  66. «Ariana Grande '7 rings'». Pitchfork. Consultado em 13 de outubro de 2018 
  67. Kornhaber, Spencer. «How Ariana Grande Fell Off the Cultural-Appropriation Tightrope». The Atlantic. Consultado em 13 de outubro de 2018 
  68. «Princess Nokia Accuses Ariana Grande of Stealing Her Sound on '7 Rings'». Billboard 
  69. «Princess Nokia Accuses Ariana Grande of Copying Her on New Song '7 rings'». Pitchfork. Consultado em 13 de outubro de 2018 
  70. «Just How Many Artists Feel They Got Ripped Off by Ariana Grande?». Vulture 
  71. «Break Up with Your Girlfriend, I'm Bored». Consultado em 13 de outubro de 2018 
  72. a b Copsey, Rob. «Ariana Grande scores a record-breaking week with Thank U, Next on the Official Chart». Official Charts Company. Consultado em 13 de outubro de 2018 
  73. a b Jack, White. «Ariana Grande claims the Official Irish Chart Double as Break Up With Your Girlfriend, I'm Bored and Thank U, Next debut at Number 1». Official Charts Company. Consultado em 13 de outubro de 2018 
  74. Trust, Gary. «Ariana Grande Claims Nos. 1, 2 & 3 on Billboard Hot 100, Is First Act to Achieve the Feat Since The Beatles in 1964». Billboard. Consultado em 13 de outubro de 2018 
  75. «Ariana Grande Drops Countdown For Her Next Single, 'Imagine'». Billboard. Consultado em 15 de dezembro de 2018 
  76. a b «thank u, next by Ariana Grande Reviews and Tracks». Metacritic. Consultado em 9 de agosto de 2019 
  77. a b Erlewine, Stephen Thomas. «thank u, next – Ariana Grande». AllMusic. Consultado em 9 de agosto de 2019 
  78. Zaleski, Annie. «Ariana Grande has no fucks to spare on the thrilling Thank U, Next». The A.V. Club. Consultado em 9 de agosto de 2019 
  79. White, Adam. «Ariana Grande, Thank U, Next review: presenting the pop queen at her most unashamedly honest». The Daily Telegraph. Consultado em 9 de agosto de 2019 
  80. Johnston, Maura. «Ariana Grande reminds listeners who's in charge on intimate thank u, next: EW review». Entertainment Weekly. Consultado em 9 de agosto de 2019 
  81. a b Cragg, Michael. «Ariana Grande: Thank U, Next review – a break-up album of wit and wonder». The Guardian. Consultado em 9 de agosto de 2019 
  82. a b Brown, Helen. «Ariana Grande, thank u next review: Pop star owns her contradictions and embraces her inner mean girl». The Independent. Consultado em 9 de agosto de 2019 
  83. Power, Ed. «Ariana Grande: Thank U, Next review – Pop superstar at her defiant, brilliant best». The Irish Times. Consultado em 9 de agosto de 2019 
  84. Daly, Rhian. «Ariana Grande – 'Thank U, Next' review». NME. Consultado em 9 de agosto de 2019 
  85. Kameir, Rawiya. «Ariana Grande: thank u, next». Pitchfork. Consultado em 9 de agosto de 2019 
  86. a b Sheffield, Rob. «Review: Ariana Grande Moves on in Spectacular Style With 'Thank U, Next'». Rolling Stone. Consultado em 9 de agosto de 2019 
  87. Horton, Ross. «Ariana Grande's Thank U, Next is her greatest record yet». The Line of Best Fit. Consultado em 9 de agosto de 2019 
  88. Wood, Mikael. «Review: Ariana Grande's 'Thank U, Next' swagger upstages Grammys drama». Los Angeles Times. Consultado em 9 de agosto de 2019 
  89. Cinquemani, Sal. «Review: Ariana Grande Embraces Her Flaws on Thank U, Next». Slant Magazine. Consultado em 9 de agosto de 2019 
  90. Christgau, Robert. «Robert Christgau on Ariana Grande's Garden of Sonic Delights». Vice. Consultado em 9 de agosto de 2019 
  91. «Thank U, Next by Ariana Grande». Tidal (em inglês). Consultado em 8 de fevereiro de 2019 
  92. Caulfield, Keith. «Ariana Grande's 'Thank U, Next' Debuts at No. 1 on Billboard 200 Chart With Biggest Streaming Week Ever for a Pop Album». Billboard. Consultado em 18 de fevereiro de 2019 
  93. «Ariana Grande Breaks Record For Most Simultaneous Top 40 Billboard Hot 100 Hits by a Female Artist». Billboard. Consultado em 18 de fevereiro de 2019 
  94. «Ariana Grande's 'Thank U, Next' Spends Second Week at No. 1 on Billboard 200 Albums Chart». Billboard. Consultado em 18 de fevereiro de 2019 
  95. «Ariana Grande Currently Has Three Songs Inside The U.K. Top 10». Forbes. Consultado em 18 de fevereiro de 2019 
  96. «Lewis Capaldi claims Ireland's fastest-selling debut album of the decade by a male artist». www.officialcharts.com. Consultado em 18 de fevereiro de 2019 
  97. «Ariana Grande returns to Number 1 on the Official Irish Albums Chart». www.officialcharts.com. Consultado em 18 de fevereiro de 2019 
  98. «Ireland's Official Top 50 biggest albums of 2019 so far». www.officialcharts.com. Consultado em 18 de fevereiro de 2019 
  99. «Ireland's Official Top 50 biggest vinyl albums of 2019 so far». www.officialcharts.com. Consultado em 18 de fevereiro de 2019 
  100. «Ari Up!: Ariana Grande just set seven new chart records». The Music Network. Consultado em 18 de fevereiro de 2019 
  101. «Ariana Grande – Thank U, Next (Media Control Charts)» (em alemão). Media Control Charts. Consultado em 18 de fevereiro de 2019 
  102. «Los discos más vendidos de la semana». Diario de Cultura. Consultado em 18 de fevereiro de 2019 
  103. «Ariana Grande – Thank U, Next (ARIA Charts)» (em inglês). ARIA Charts. Consultado em 18 de fevereiro de 2019 
  104. «Ariana Grande – Thank U, Next (Ö3 Austria)» (em inglês). ARIA Charts. Consultado em 18 de fevereiro de 2019 
  105. «Ariana Grande – Thank U, Next (Ultratop 50)» (em neerlandês). Ultratop 50. Consultado em 18 de fevereiro de 2019 
  106. «Ariana Grande – Thank U, Next (Ultratop 40)» (em francês). Ultratop 40. Consultado em 18 de fevereiro de 2019 
  107. «Ariana Grande's 'Thank U' Is This Week's Chart Topper» (em inglês). Billboard. Consultado em 19 de fevereiro de 2019 
  108. «Gaon Album Chart – Week 8, 2019». Gaon. Consultado em 18 de fevereiro de 2019 
  109. «Ariana Grande – Thank U, Next (Hitlisten)» (em inglês). Hitlisten. Consultado em 4 de maio de 2016 
  110. «Ariana Grande – Thank U, Next (The Official Charts Company)» (em inglês). The Official Charts Company. Consultado em 18 de fevereiro de 2019 
  111. «Ariana Grande – Thank U, Next (Productores de Música de España)» (em inglês). Productores de Música de España. Consultado em 8 de junho de 2016 
  112. «Ariana Grande – Thank U, Next (IFPI Slovenská Republika)». IFPI Slovenská Republika. Consultado em 8 de junho de 2019 
  113. Keith Caulfield (17 de fevereiro de 2019). «Ariana Grande's 'Thank U, Next' Debuts at No. 1 on Billboard 200 Chart With Biggest Streaming Week Ever for a Pop Album». Billboard (em inglês). Prometheus Global Media. Consultado em 18 de fevereiro de 2019 
  114. «Ariana Grande – Thank U, Next (IFPI Finlândia)» (em finlandês). IFPI Finlândia. Consultado em 18 de fevereiro de 2019 
  115. «Ariana Grande – Thank U, Next (Syndicat National de l'Édition Phonographique)» (em francês). Syndicat National de l'Édition Phonographique. Consultado em 18 de fevereiro de 2019 
  116. «Ariana Grande – Thank U, Next (IFPI Grécia)» (em inglês). IFPI Grécia. Consultado em 18 de fevereiro de 2019 
  117. «Ariana Grande – Thank U, Next (Magyar Hanglemezkiadók Szövetsége)» (em inglês). Magyar Hanglemezkiadók Szövetsége. Consultado em 7 de maio de 2016 
  118. «TÓNLISTINN – PLÖTUR | Plötutíðindi» 
  119. «Ariana Grande – Thank U, Next (Irish Recorded Music Association)» (em inglês). Irish Recorded Music Association. Consultado em 18 de fevereiro de 2019 
  120. «Ariana Grande – Thank U, Next (Federazione Industria Musicale Italiana)» (em italiano). Federazione Industria Musicale Italiana. Consultado em 18 de fevereiro de 2019 
  121. «Ariana Grande – Thank U, Next (Oricon)» (em japonês). Oricon. Consultado em 18 de fevereiro de 2019 
  122. «Billboard Japan Hot Albums: 2019/02/18 付け». Billboard Japan. Consultado em 18 de fevereiro de 2019 
  123. «Mūzikas Patēriņa Tops/ 7. nedēļa». LAIPA. Consultado em 18 de fevereiro de 2019 
  124. «Savaitės klausomiausi (TOP 100)». AGATA. Consultado em 18 de fevereiro de 2019 
  125. «#thankunext sigue en la cima en México #1». Asociación Mexicana de Productores de Fonogramas y Videogramas. Consultado em 18 de fevereiro de 2019 
  126. «Ariana Grande – Thank U, Next (VG-lista)» (em norueguês). VG-lista. Consultado em 18 de fevereiro de 2019 
  127. «Ariana Grande – Thank U, Next (NZ Top 40 Albums)» (em inglês). NZ Top 40 Albums. Consultado em 18 de fevereiro de 2019 
  128. «Ariana Grande – Thank U, Next (MegaCharts)» (em inglês). MegaCharts. Consultado em 18 de fevereiro de 2019 
  129. «Ariana Grande – Thank U, Next (Związek Producentów Audio Video)». OLiS (em inglês). Związek Producentów Audio Video. Consultado em 8 de junho de 2016 
  130. «Ariana Grande – Thank U, Next (Associação Fonográfica Portuguesa)» (em inglês). Associação Fonográfica Portuguesa. Consultado em 8 de junho de 2016 
  131. Rob Copsey. «Ariana Grande – Thank U, Next (Official Charts Company)» (em inglês). The Official Charts Company. Consultado em 18 de fevereiro de 2019 
  132. «Ariana Grande – Thank U, Next (IFPI Česká Republika)» (em cz). IFPI Česká Republika. Consultado em 18 de fevereiro de 2019 
  133. «Ariana Grande – Thank U, Next (Sverigetopplistan)» (em inglês). Sverigetopplistan. Consultado em 18 de fevereiro de 2019 
  134. «Ariana Grande – Thank U, Next (Schweizer Hitparade)» (em inglês). Schweizer Hitparade. Consultado em 4 de maio de 2016 
  135. «Decade-End Charts: Billboard 200». Billboard. Consultado em 4 de maio de 2016 
  136. «Top 100 Album-Jahrescharts» (em inglês). GfK Entertainment. Consultado em 27 de abril de 2010 
  137. «2019 Annual ARIA Albums Chart» (em inglês). Australian Recording Industry Association. Consultado em 27 de abril de 2010 
  138. «Jahreshitparade Alben 2019». austriancharts.at (em alemão). Consultado em 27 de abril de 2010 
  139. «Jaaroverzichten 2019» (em alemão). Ultratop. Consultado em 27 de abril de 2010 
  140. «Rapports Annuels 2019» (em francês). Ultratop. Consultado em 27 de abril de 2019 
  141. «Top Canadian Albums – Year-End 2019». Billboard. Consultado em 4 de maio de 2016 
  142. «Top Billboard 200 Albums – Year-End 2019». Billboard. Consultado em 4 de maio de 2016 
  143. «Ireland's Official Top 50 biggest albums of 2019» (em inglês). Official Charts Company. Consultado em 27 de abril de 2010 
  144. «Top of the Music FIMI/GfK 2019: Un anno con la musica Italiana» (em italiano). Federazione Industria Musicale Italiana. Consultado em 27 de abril de 2010 
  145. «Top Selling Albums of 2019» (em inglês). Recorded Music NZ. Consultado em 27 de abril de 2010 
  146. Copsey, Rob. «The Official Top 40 biggest albums of 2019» (em inglês). Official Charts Company. Consultado em 27 de abril de 2010 
  147. «Schweizer Jahreshitparade 2019». hitparade.ch (em inglês). Consultado em 27 de abril de 2010 
  148. a b «SK – ALBUMS – TOP 100: Měsíc201902». ČNS IFPI. Consultado em 4 de maio de 2016 
  149. «South Korean Albums - March 2019». Gaon. Consultado em 4 de maio de 2016 
  150. «Japanese International Albums - February 2019». Oricon. Consultado em 4 de maio de 2016 
  151. «ARIA Australian Top 50 Albums». Australian Recording Industry Association. Consultado em 27 de março de 2020 
  152. «Certificações (Áustria) (álbum) – Ariana Grande – Thank U, Next» (em alemão). IFPI Áustria. Consultado em 27 de março de 2020 
  153. «Certificações (Brasil) (álbum) – Ariana Grande – Thank U, Next». Pro-Música Brasil. Consultado em 27 de março de 2020 
  154. «Certificações (Dinamarca) (álbum) – Ariana Grande – Thank U, Next» (em dinamarquês). IFPI Dinamarca. Consultado em 27 de março de 2020 
  155. «Certificações (Estados Unidos) (álbum) – Ariana Grande – Thank U, Next» (em inglês). Se necessário, clique em Advanced, depois clique em Format, depois selecione Album, depois clique em SEARCH. Recording Industry Association of America. Consultado em 27 de março de 2020 
  156. Daily Double, HITS. «HITS Daily Double YEAR-END 2019». Hits_(magazine) (em inglês). Consultado em 11 de março de 2019 
  157. «Certificações (França) (álbum) – Ariana Grande – Thank U, Next» (em francês). Syndicat National de l'Édition Phonographique. Consultado em 27 de março de 2020 
  158. «Certificações (Itália) (álbum) – Ariana Grande – Thank U, Next» (em italiano). Federazione Industria Musicale Italiana. Consultado em 27 de março de 2020 
  159. «Certificações (México) (álbum) – Ariana Grande – Thank U, Next» (em espanhol). Digite Ariana Grande na caixa sob o cabeçalho da coluna ARTISTA e Thank U, Next na caixa sob TÍTULO. Asociación Mexicana de Productores de Fonogramas y Videogramas. Consultado em 27 de março de 2020 
  160. «Certificações (Noruega) (álbum) – Ariana Grande – Thank U, Next» (em norueguês). IFPI Noruega. Consultado em 27 de março de 2020 
  161. «Certificações (Nova Zelândia) (álbum) – Ariana Grande – Thank U, Next» (em inglês). Recorded Music NZ. Consultado em 27 de março de 2020 
  162. «Certificações (Polônia) (álbum) – Ariana Grande – Thank U, Next» (em polaco). Związek Producentów Audio Video. Consultado em 27 de março de 2020 
  163. «Certificações (Reino Unido) (álbum) – Ariana Grande – Thank U, Next» (em inglês). British Phonographic Industry. Consultado em 27 de março de 2020 
  164. «Charts analysis: Ariana Grande secures third week at No.1 | Analysis | Music Week». www.musicweek.com (em inglês) 
  165. «Guld- och Platinacertifikat − År 2002» (em sueco). IFPI Suécia. Consultado em 27 de março de 2020 
  166. «thank u, next cd + digital album». Ariana Grande. Consultado em 18 de dezembro de 2010 
  167. «thank u, next cassette + digital album». Ariana Grande. Consultado em 18 de dezembro de 2010 
  168. «thank u, next vinyl + digital album». Ariana Grande. Consultado em 18 de dezembro de 2010 
  169. «アリアナ・グランデの大ヒット・アルバム『thank u, next』のデラックス・エディションが、日本のファンの為だけにリリース決定!その"特別な発売日"とは!?». Universal Music Japan. Consultado em 18 de dezembro de 2010