The Act-Ups

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
The Act-Ups
Foto promocional em 2008
Informação geral
Origem Barreiro
País Portugal
Gênero(s) rock
soul
garage rock
Período em atividade 2001 - presente
Gravadora(s) Hey, Pachuco! Recs., Groovie Records, Beatnickmoon
Integrantes Nick Nicotine
Johnny Intense
Pistol Pete
N. Very
Tony Fetiche
Ex-integrantes Gomez (Was made for love)
Hellso
Página oficial The Act-Ups' Myspace

The Act-Ups são uma banda Portuguesa com origem no Barreiro, em 2001.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Foto promocional em 2008

Formados a partir das cinzas da banda Country-Punk The Sullens, o seu primeiro line-up era constituído por três guitarras, baixo, bateria e teclas. O primeiro disco, I bet you love us too, lançado pela Hey, Pachuco! Recs. em 2003 é uma mistura de Garage Rock; Punk e Soul, com um som dominado por guitarras e com composições musicais muito cuidadas.[1]

O segundo disco, The Marriage of Heaven and Hell, foi lançado em 2006 pela Hey, Pachuco! Recs. em CD. O disco também foi lançado na Europa em LP, numa edição limitada através da editora espanhola Beatnickmoon Rock and Roll Crafts. Este é um disco mais maduro e negro, embora não tenha perdido os ingredientes que tornam o som dos Act-Ups tão reconhecível: fuzz e grandes canções soul. A formação da banda mudou com Pistol Pete a substituir Hellso na bateria e com a saída de Gomez (was made for love).[2]

Com este disco a banda ganhou grande aceitação em Espanha, levando a banda a efectuar bastantes digressões nesse país. Mais tarde, nesse ano, a banda editou um EP (Take me Home) através da editora Groovie Records. Música desse disco foi utilizada em Um ano mais longo, um filme do realizador Marco Martins.[3]

A banda encontra-se a preparar o próximo disco, The Act-Ups Play The Old Psychedelic Sounds of Today, gravado no Estúdio King no Barreiro. Irá ser lançado em CD e LP através das editoras Hey, Pachuco! Recs. e Groovie Records em Setembro de 2008.[4]

A formação actual da banda é a seguinte:

  • Nick Nicotine: Voz, guitarra
  • N Very: Guitarra
  • Johnny Intense: Guitarra
  • Pistol Pete: Bateria, voz
  • Tony Fetiche: Baixo
Nick Nicotine em 2008

Discografia[editar | editar código-fonte]

  • I bet you love us too (2003)
  • The Marriage of Heaven and Hell (2006)
  • Take me Home EP(2006)
  • The Act-Ups play the old psychedelic sounds of today (2008)

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

Broom icon.svg
Se(c)ções de curiosidades são desencorajadas pelas políticas da Wikipédia.
Ajude a melhorar este artigo, integrando ao corpo do texto os itens relevantes e removendo os supérfluos ou impróprios.

O vocalista Nick Nicotine tem diversos projectos musicais (Nicotine's Orchestra, The Ballyhoos, Los Santeros, Fat Pack, Bro-x, Os Sultões), para além do seu trabalho como produtor musical, DJ, director da editora Hey, Pachuco! Recs e do festival Barreiro Rocks.

Referências

  1. Rosa, Fernando (27 de julho de 2007). «'I Bet You Love Us Too': de Portugal, a garagem da Europa» 
  2. Renna, Daniel (1 de outubro de 2006). «The Marriage of Heaven and Hell» (PDF) 
  3. Nicotine, Nick (1 de outubro de 2007). «Maestro Nick Nicotine's Myspace» 
  4. A, Trompa (29 de junho de 2008). «À espera: The Act-Ups Play The Old Psychedelic Sounds Of Today»