The Barkleys of Broadway

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
The Barkleys of Broadway
O Bailado do Ciúme (PT)
Ciúme, Sinal de Amor (BR)
Fred Astaire e Ginger Rogers no trailer do filme.
 Estados Unidos
1949 •  Technicolor •  109 min 
Direção Charles Walters
Produção Arthur Freed
Roger Edens
Roteiro Betty Comden
Adolph Green
Elenco Fred Astaire
Ginger Rogers
Oscar Levant
Gênero Comédia Musical
Música Lennie Hayton
Direção de arte Edward C. Carfagno
Cedric Gibbons
Direção de fotografia Harry Stradling Sr.
Efeitos especiais Warren Newcombe
Figurino Valles
Edição Albert Akst
Companhia(s) produtora(s) MGM
Distribuição MGM
Lançamento Estados Unidos 4 de maio de 1949
Portugal 17 de outubro de 1950
Idioma Inglês
Francês
Orçamento US$ 2 325 420[1]
Receita US$ 5 421 000[1]

The Barkleys of Broadway (Ciúme, Sinal de Amor (título no Brasil) ou O Bailado do Ciúme (título em Portugal)) é um filme norte-americano de 1949, do gênero comédia musical, dirigido por Charles Walters e estrelado por Fred Astaire e Ginger Rogers.

Notas sobre a produção[editar | editar código-fonte]

Fred Astaire e Ginger Rogers em cena do trailer do filme.

The Barkleys of Broadway é o último filme em que Fred Astaire e Ginger Rogers atuaram juntos, depois de um hiato de dez anos; é também o único em que contracenaram na Metro-Goldwyn-Mayer. Anteriormente, os dois haviam feito nove filmes na RKO, de Flying Down to Rio (1933) a The Story of Vernon and Irene Castle (1939).

O reencontro foi acidental, de vez que o filme foi concebido para repetir o sucesso da dupla Fred Astaire-Judy Garland em Easter Parade, realizado no ano anterior. Judy, entretanto, estava doente, e o estúdio não teve outro remédio senão escalar Ginger.[2][3]

Entre os pontos altos do filme, estão a interpretação de Oscar Levant, ao piano, para a "Dança do Sabre", de Aram Khachaturian, e "Manhattan Downbeat", o último número que Astaire e Rogers dançaram juntos no cinema.[2][3] O destaque negativo é o momento em que Ginger, no papel Sarah Bernhardt para um teste, recita A Marselhesa.[3][4]

A fotografia do filme foi indicada ao Oscar da Academia.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Josh e Dinah Barkley formam um casal de sucesso, especializado em comédias musicais. É verdade que eles têm lá suas desavenças, mas nada muito sério. Entretanto, quando um empresário cisma que Dinah pode ser uma grande atriz dramática -- e ela se deixa convencer --, a casa vem abaixo...

Principais premiações[editar | editar código-fonte]

Patrocinador Prêmio Categoria Situação
Academia de Artes e Ciências Cinematográficas Oscar Melhor Fotografia
(em cores)
Indicado
Writers Guild of America WGA
Robert Meltzer
Melhor Roteiro - Musical Indicado

Elenco[editar | editar código-fonte]

Ator/Atriz Personagem
Fred Astaire Josh Barkley
Ginger Rogers Dinah Barkley
Oscar Levant Ezra Millar
Billie Burke Livingston Belney
Gale Robbins Shirlene May
Jacques François Jacques Pierre Barredout
George Zucco Juiz
Clinton Sundberg Bert Felsher
Inez Cooper Pamela Driscoll
Carol Brewster Gloria Amboy
Wilson Wood Larry

Referências

  1. a b «Ciúme, Sinal de Amor». IMDB. Consultado em 2 de maio de 2017 
  2. a b Eames, John Douglas (1982). The MGM Story (em inglês). Londres: Octopus Books. ISBN 0904230147 
  3. a b c Erickson, Hal. «The Barkleys of Broadway» (em inglês). AllMovie. Consultado em 22 de maio de 2017 
  4. Maltin, Leonard (2010). Classic Movie Guide, segunda edição (em inglês). Nova Iorque: Plume. ISBN 9780452295773 

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre The Barkleys of Broadway