The Best FIFA Football Awards

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
The Best FIFA Football Awards
The Best FIFA Football Awards
Descrição Premiação máxima do futebol mundial.
Local Zurique e Londres
Primeira cerimónia 2016
Última cerimónia 2023
Detentor atual Argentina Lionel Messi (masculino)
Espanha Aitana Bonmatí (feminino)
Apresentação FIFA
Página oficial

The Best FIFA Football Awards é uma cerimônia de premiação do futebol apresentada anualmente pela Federação Internacional de Futebol (FIFA), desde 2016.[1] O prêmio foi criado para substituir o antigo Melhor Jogador do Mundo pela FIFA, o qual foi fundido com o Ballon d'Or, da revista francesa France Football, em 2010, para criar uma parceria de seis anos no chamado FIFA Ballon d'Or.[2][3]

A primeira cerimônia foi realizada, em 9 de janeiro de 2017, em Zurique, Suíça.[4]

Prêmios masculinos[editar | editar código-fonte]

Melhor jogador de futebol masculino da FIFA[editar | editar código-fonte]

Ano Pos. Jogador Equipe
2016 1.º Portugal Cristiano Ronaldo Espanha Real Madrid
2.º Argentina Lionel Messi Espanha Barcelona
3.º França Antoine Griezmann Espanha Atlético de Madrid
2017 1.º Portugal Cristiano Ronaldo Espanha Real Madrid
2.º Argentina Lionel Messi Espanha Barcelona
3.º Brasil Neymar Espanha Barcelona
2018 1.º Croácia Luka Modrić Espanha Real Madrid
2.º Portugal Cristiano Ronaldo Espanha Real Madrid
3.º Egito Mohamed Salah Inglaterra Liverpool
2019 1.º Argentina Lionel Messi Espanha Barcelona
2.º Países Baixos Virgil van Dijk Inglaterra Liverpool
3.º Portugal Cristiano Ronaldo Itália Juventus
2020 1.º Polónia Robert Lewandowski Alemanha Bayern de Munique
2.º Portugal Cristiano Ronaldo Itália Juventus
3.º Argentina Lionel Messi Espanha Barcelona
2021 1.º Polónia Robert Lewandowski Alemanha Bayern de Munique
2.º Argentina Lionel Messi Espanha Barcelona
3.º Egito Mohamed Salah Inglaterra Liverpool
2022 1.º Argentina Lionel Messi França Paris Saint-Germain
2.º França Kylian Mbappé França Paris Saint-Germain
3.º França Karim Benzema Espanha Real Madrid
2023 1.º Argentina Lionel Messi Estados Unidos Inter Miami
2.º Noruega Erling Haaland Inglaterra Manchester City
3.º França Kylian Mbappé França Paris Saint-Germain

Melhor goleiro de futebol masculino da FIFA[editar | editar código-fonte]

Ano Pos. Jogador Equipe
2017 1.º Itália Gianluigi Buffon Itália Juventus
2.º Alemanha Manuel Neuer Alemanha Bayern de Munique
3.º Costa Rica Keylor Navas Espanha Real Madrid
2018 1.º Bélgica Thibaut Courtois Inglaterra Chelsea
2.º França Hugo Lloris Inglaterra Tottenham
3.º Dinamarca Kasper Schmeichel Inglaterra Leicester
2019 1.º Brasil Alisson Becker Inglaterra Liverpool
2.º Alemanha Marc-André ter Stegen Espanha Barcelona
3.º Brasil Ederson Moraes Inglaterra Manchester City
2020 1.º Alemanha Manuel Neuer Alemanha Bayern de Munique
2.º Brasil Alisson Becker Inglaterra Liverpool
3.º Eslovénia Jan Oblak Espanha Atlético de Madrid
2021 1.º Senegal Édouard Mendy Inglaterra Chelsea
2.º Itália Gianluigi Donnarumma Itália Milan
3.º Alemanha Manuel Neuer Alemanha Bayern de Munique
2022 1.º Argentina Emiliano Martínez Inglaterra Aston Villa
2.º Bélgica Thibaut Courtois Espanha Real Madrid
3.º Marrocos Yassine Bounou Espanha Sevilla
2023 1.º Brasil Ederson Inglaterra Manchester City
2.º Bélgica Thibaut Courtois Espanha Real Madrid
3.º Marrocos Yassine Bounou Espanha Sevilla

Melhor treinador(a) de futebol masculino da FIFA[editar | editar código-fonte]

Ano Pos. Treinador Equipe
2016 1.º Itália Claudio Ranieri Inglaterra Leicester
2.º França Zinédine Zidane Espanha Real Madrid
3.º Portugal Fernando Santos Portugal Portugal
2017 1.º França Zinédine Zidane Espanha Real Madrid
2.º Itália Massimiliano Allegri Itália Juventus
3.º Itália Antonio Conte Inglaterra Chelsea
2018 1.º França Didier Deschamps França França
2.º França Zinédine Zidane Espanha Real Madrid
3.º Croácia Zlatko Dalić Croácia Croácia
2019 1.º Alemanha Jürgen Klopp Inglaterra Liverpool
2.º Espanha Josep Guardiola Inglaterra Manchester City
3.º Argentina Mauricio Pochettino Inglaterra Tottenham
2020 1.º Alemanha Jürgen Klopp Inglaterra Liverpool
2.º Alemanha Hans-Dieter Flick Alemanha Bayern de Munique
3.º Argentina Marcelo Bielsa Inglaterra Leeds United
2021 1.º Alemanha Thomas Tuchel Inglaterra Chelsea
2.º Itália Roberto Mancini Itália Itália
3.º Espanha Josep Guardiola Inglaterra Manchester City
2022 1.º Argentina Lionel Scaloni Argentina Argentina
2.º Itália Carlo Ancelotti Espanha Real Madrid
3.º Espanha Pep Guardiola Inglaterra Manchester City
2023 1.º Espanha Pep Guardiola Inglaterra Manchester City
2.º Itália Luciano Spalletti Itália Napoli
3.º Itália Simone Inzaghi Itália Internazionale

FIFA FIFPro World 11 (masculino)[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: FIFPro#FIFA FIFPro World XI
Ano Goleiro Defensores Meio-campistas Atacantes
2016 Alemanha Manuel Neuer (Bayern de Munique) Brasil Marcelo (Real Madrid)
Espanha Sergio Ramos (Real Madrid)
Espanha Gerard Piqué (Barcelona)
Brasil Daniel Alves (Barcelona / Juventus)
Espanha Andrés Iniesta (Barcelona)
Croácia Luka Modrić (Real Madrid)
Alemanha Toni Kroos (Real Madrid)
Portugal Cristiano Ronaldo (Real Madrid)
Uruguai Luis Suárez (Barcelona)
Argentina Lionel Messi (Barcelona)
2017 Itália Gianluigi Buffon (Juventus) Brasil Marcelo (Real Madrid)
Espanha Sergio Ramos (Real Madrid)
Itália Leonardo Bonucci (Juventus / Milan)
Brasil Daniel Alves (Juventus / Paris Saint-Germain)
Espanha Andrés Iniesta (Barcelona)
Croácia Luka Modrić (Real Madrid)
Alemanha Toni Kroos (Real Madrid)
Brasil Neymar (Barcelona / Paris Saint-Germain)
Portugal Cristiano Ronaldo (Real Madrid)
Argentina Lionel Messi (Barcelona)
2018[5] Espanha David de Gea (Manchester United) Brasil Marcelo (Real Madrid)
Espanha Sergio Ramos (Real Madrid)
França Raphaël Varane (Real Madrid)
Brasil Daniel Alves (Paris Saint-Germain)
França N'Golo Kanté (Chelsea)
Croácia Luka Modrić (Real Madrid)
Bélgica Eden Hazard (Chelsea)
Portugal Cristiano Ronaldo (Real Madrid / Juventus)
França Kylian Mbappé (Paris Saint-Germain)
Argentina Lionel Messi (Barcelona)
2019 Brasil Alisson Becker (Liverpool) Brasil Marcelo (Real Madrid)
Países Baixos Virgil van Dijk (Liverpool)
Países Baixos Matthijs de Ligt (Ajax / Juventus)
Espanha Sergio Ramos (Real Madrid)
Países Baixos Frenkie de Jong (Ajax / Barcelona)
Croácia Luka Modrić (Real Madrid)
Bélgica Eden Hazard (Chelsea / Real Madrid)
Portugal Cristiano Ronaldo (Real Madrid/Juventus)
França Kylian Mbappé (Paris Saint-Germain)
Argentina Lionel Messi (Barcelona)
2020 Brasil Alisson Becker (Liverpool) Canadá Alphonso Davies (Bayern de Munique)
Países Baixos Virgil van Dijk (Liverpool)
Espanha Sergio Ramos (Real Madrid)

Inglaterra Alexander-Arnold (Liverpool)

Alemanha Joshua Kimmich (Bayern de Munique)
Bélgica Kevin De Bruyne (Manchester City)
Espanha Thiago Alcântara (Bayern de Munique / Liverpool)
Portugal Cristiano Ronaldo (Juventus)
Polónia Robert Lewandowski (Bayern de Munique)
Argentina Lionel Messi (Barcelona)
2021 Itália Gianluigi Donnarumma (Milan) Áustria David Alaba (Bayern de Munique)
Itália Leonardo Bonucci (Juventus)
Portugal Rúben Dias (Manchester City)
França N'Golo Kanté (Chelsea)
Itália Jorginho (Chelsea)
Bélgica Kevin De Bruyne (Manchester City)
Portugal Cristiano Ronaldo (Juventus)
Noruega Erling Haaland (Borussia Dortmund)
Polónia Robert Lewandowski (Bayern de Munique)
Argentina Lionel Messi (Barcelona)
2022 Bélgica Thibaut Courtois (Real Madrid) Portugal João Cancelo (Manchester City / Bayern de Munique)
Países Baixos Virgil van Dijk (Liverpool)
Marrocos Achraf Hakimi (Paris Saint-Germain)
Brasil Casemiro (Real Madrid / Manchester United)
Bélgica Kevin De Bruyne (Manchester City)
Croácia Luka Modrić (Real Madrid)
França Kylian Mbappé (Paris Saint-Germain)
França Karim Benzema (Real Madrid)
Noruega Erling Haaland (Borussia Dortmund / Manchester City)
Argentina Lionel Messi (Paris Saint-Germain)
2023 Bélgica Thibaut Courtois (Real Madrid) Inglaterra Kyle Walker (Manchester City)
Inglaterra John Stones (Manchester City)
Portugal Rúben Dias (Manchester City)
Portugal Bernardo Silva (Manchester City)
Bélgica Kevin De Bruyne (Manchester City)
Inglaterra Jude Bellingham (Borussia Dortmund / Real Madrid)
Argentina Lionel Messi (Paris Saint-Germain / Inter Miami)
Noruega Erling Haaland (Manchester City)
França Kylian Mbappé (Paris Saint-Germain)
Brasil Vinícius Júnior (Real Madrid)

Prêmios femininos[editar | editar código-fonte]

Melhor jogadora de futebol feminino da FIFA[editar | editar código-fonte]

Ano Pos. Jogadora Equipe
2016 1.º Estados Unidos Carli Lloyd Estados Unidos Houston Dash
2.º Brasil Marta Suécia Rosengård
3.º Alemanha Melanie Behringer Alemanha Bayern de Munique
2017 1.º Países Baixos Lieke Martens Espanha Barcelona
2.º Estados Unidos Carli Lloyd Inglaterra Manchester United
3.º Venezuela Deyna Castellanos Estados Unidos Santa Clarita Blue Heat
2018 Brasil Marta Estados Unidos Orlando Pride
2.º Noruega Ada Hegerberg França Lyon
3.º Alemanha Dzsenifer Marozsán França Lyon
2019 1.º Estados Unidos Megan Rapinoe Estados Unidos Reign FC
2.º Estados Unidos Alex Morgan Estados Unidos Orlando Pride
3.º Inglaterra Lucy Bronze França Lyon
2020 1.º Inglaterra Lucy Bronze França Lyon
Inglaterra Manchester City
2.º Dinamarca Pernille Harder Alemanha Wolfsburg
Inglaterra Chelsea
3.º França Wendie Renard França Lyon
2021 1.º Espanha Alexia Putellas Espanha Barcelona
2.º Austrália Sam Kerr Inglaterra Chelsea
3.º Espanha Jennifer Hermoso Espanha Barcelona
2022 1.º Espanha Alexia Putellas Espanha Barcelona
2.º Inglaterra Beth Mead Inglaterra Arsenal
3.º Estados Unidos Alex Morgan Estados Unidos San Diego Wave FC
2023 1.º Espanha Aitana Bonmatí Espanha Barcelona
2.º Colômbia Linda Caicedo Espanha Real Madrid
3.º Espanha Jennifer Hermoso México Pachuca

Melhor goleira de futebol feminino da FIFA[editar | editar código-fonte]

Ano Pos. Jogadora Equipe
2016 Não entregue
2017
2018
2019 1.º Países Baixos Sari van Veenendaal Inglaterra Arsenal
Espanha Atlético de Madrid
2.º Chile Christiane Endler França Paris Saint-Germain
3.º  Suécia Hedvig Lindahl Inglaterra Chelsea
Alemanha Wolfsburg
2020 1.º França Sarah Bouhaddi França Lyon
2.º Chile Christiane Endler França Paris Saint-Germain
3.º Estados Unidos Alyssa Naeher Estados Unidos Chicago Red Stars
2021 1.º Chile Christiane Endler França Paris Saint-Germain
2.º Alemanha Ann-Katrin Berger Inglaterra Chelsea
3.º Canadá Stephanie Labbé Suécia Rosengård
2022 1.º Inglaterra Mary Earps Inglaterra Manchester United
2.º Chile Christiane Endler França Lyon
3.º Alemanha Ann-Katrin Berger Inglaterra Chelsea
2023 1.º Inglaterra Mary Earps Inglaterra Manchester United
2.º Espanha Catalina Coll Espanha Barcelona
3.º Austrália Mackenzie Arnold Inglaterra West Ham

Melhor treinador(a) de futebol feminino da FIFA[editar | editar código-fonte]

Ano Pos. Treinadora Equipe
2016 1.º Alemanha Silvia Neid  Alemanha
2.º Inglaterra Jill Ellis Estados Unidos Estados Unidos
3.º Suécia Pia Sundhage Suécia Suécia
2017 1.º Países Baixos Sarina Wiegman  Países Baixos
2.º Dinamarca Nils Nielsen Dinamarca
3.º França Gérard Prêcheur França Lyon
2018 1.º França Reynald Pedros França Lyon
2.º Países Baixos Sarina Wiegman  Países Baixos
3.º Japão Asako Takakura  Japão
2019 1.º Inglaterra Jill Ellis Estados Unidos Estados Unidos
2.º Países Baixos Sarina Wiegman  Países Baixos
3.º Itália Milena Bertolini  Itália
2020 1.º Países Baixos Sarina Wiegman  Países Baixos
2.º França Jean-Luc Vasseur França Lyon
3.º Inglaterra Emma Hayes Inglaterra Chelsea
2021 1.º Inglaterra Emma Hayes Inglaterra Chelsea
2.º Espanha Lluís Cortés Espanha Barcelona
3.º Países Baixos Sarina Wiegman  Países Baixos
2022 1.º Países Baixos Sarina Wiegman  Inglaterra
2.º França Sonia Bompastor França Lyon
3.º Suécia Pia Sundhage Brasil
2023 1.º Países Baixos Sarina Wiegman  Inglaterra
2.º Inglaterra Emma Hayes Inglaterra Chelsea
3.º Espanha Jonatan Giráldez Espanha Barcelona

FIFA FIFPro World 11 (feminino)[editar | editar código-fonte]

Ano Goleiro Defensores Meio-campistas Atacantes
2019 Países Baixos Sari van Veenendaal (Arsenal / Atlético de Madrid) Inglaterra Lucy Bronze (Lyon)
Suécia Nilla Fischer (Wolfsburg / Linköpings)
Estados Unidos Kelley O'Hara (Utah Royals)
França Wendie Renard (Lyon)
Estados Unidos Julie Ertz (Chicago Red Stars)
França Amandine Henry (Lyon)
Estados Unidos Rose Lavelle (Washington Spirit)
Brasil Marta (Orlando Pride)
Estados Unidos Alex Morgan (Orlando Pride)
Estados Unidos Megan Rapinoe (Reign FC)
2020 Chile Christiane Endler (Paris Saint-Germain) Inglaterra Millie Bright (Chelsea)
Inglaterra Lucy Bronze (Lyon / Manchester City)
França Wendie Renard (Lyon)
Itália Barbara Bonansea (Juventus)
Espanha Verónica Boquete (Utah Royals / Milan)
França Delphine Cascarino (Lyon)
Dinamarca Pernille Harder (Wolfsburg / Chelsea)
Estados Unidos Tobin Heath (Portland Thorns / Manchester United)
Países Baixos Vivianne Miedema (Arsenal)
Estados Unidos Megan Rapinoe (OL Reign)
2021 Chile Christiane Endler (Paris Saint-Germain) Inglaterra Millie Bright (Chelsea)
Inglaterra Lucy Bronze (Manchester City)
Suécia Magdalena Eriksson (Chelsea)
França Wendie Renard (Lyon)
Argentina Estefanía Banini (Levante / Atlético de Madrid)
Itália Barbara Bonansea (Juventus)
Estados Unidos Carli Lloyd (Sky Blue)
Brasil Marta (Orlando Pride)
Países Baixos Vivianne Miedema (Arsenal)
Estados Unidos Alex Morgan (Orlando Pride)
2022 Chile Christiane Endler (Lyon) Inglaterra Lucy Bronze (Manchester United / Barcelona)
Espanha Mapi León (Barcelona)
França Wendie Renard (Lyon)
Inglaterra Leah Williamson (Arsenal)
Alemanha Lena Oberdorf (Wolfsburg)
Espanha Alexia Putellas (Barcelona)
Inglaterra Keira Walsh (Manchester City / Barcelona)
Austrália Sam Kerr (Chelsea)
Inglaterra Beth Mead (Arsenal)
Estados Unidos Alex Morgan (Orlando Pride / San Diego Wave FC)
2023 Inglaterra Mary Earps (Manchester United) Inglaterra Alex Greenwood (Manchester City)
Inglaterra Lucy Bronze (Barcelona)
Espanha Olga Carmona (Real Madrid)
Espanha Aitana Bonmatí (Barcelona)
Inglaterra Ella Toone (Manchester United)
Inglaterra Keira Walsh (Barcelona)
Estados Unidos Alex Morgan (San Diego Wave FC)
Inglaterra Alessia Russo (Manchester United / Arsenal)
Inglaterra Lauren James (Chelsea)
Austrália Samantha Kerr (Chelsea)

Prêmios mistos[editar | editar código-fonte]

Prêmio fair play da FIFA[editar | editar código-fonte]

Ano Vencedor
2016 Colômbia Atlético Nacional
2017 Togo Francis Koné
2018 Alemanha Lennart Thy
2019 Argentina Marcelo Bielsa
Inglaterra Leeds United
2020 Itália Mattia Agnese
2021 Dinamarca Corpo médico da Seleção Dinamarquesa
2022 Geórgia Luka Lochoshvili
2023 Brasil Seleção Brasileira

Prêmio especial por uma realização extraordinária na carreira[editar | editar código-fonte]

Ano Vencedor Notas
2016 Brasil Falcão Por sua incrível contribuição ao Futsal
2021 Canadá Christine Sinclair Por quebrar o recorde de mais gols marcados por uma jogadora atuando por uma seleção nacional
Portugal Cristiano Ronaldo Por quebrar o recorde de mais gols marcados por um jogador atuando por uma seleção nacional
2023 Brasil Marta Por sua incrível contribuição ao Futebol feminino

Prêmio Ferenc Puskás[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Prémio FIFA Ferenc Puskás
Ano Pos. Jogador Time Adversário
2016 1.º Malásia Mohd Faiz Subri Malásia Penang Malásia Pahang
2.º Brasil Marlone Brasil Corinthians Chile Cobresal
3.º Venezuela Daniuska Rodríguez Venezuela Venezuela Colômbia Colômbia
2017 1.º França Olivier Giroud Inglaterra Arsenal Inglaterra Crystal Palace
2.º África do Sul Oscarine Masuluke África do Sul Baroka África do Sul Orlando Pirates
3.º Venezuela Deyna Castellanos Venezuela Venezuela Camarões Camarões
2018 1.º Egito Mohamed Salah Inglaterra Liverpool Inglaterra Everton
2.º Portugal Cristiano Ronaldo Espanha Real Madrid Itália Juventus
3.º Uruguai De Arrascaeta Brasil Cruzeiro Brasil América Mineiro
2019 1.º Romênia Dániel Zsóri Hungria Debreceni Hungria Ferencvárosi
2.º Argentina Lionel Messi Espanha Barcelona Espanha Betis
3.º Colômbia Juan Quintero Argentina River Plate Argentina Racing
2020 1.º Coreia do Sul Son Heung-min Inglaterra Tottenham Inglaterra Burnley
2.º Uruguai De Arrascaeta Brasil Flamengo Brasil Ceará
3.º Uruguai Luis Suárez Espanha Barcelona Espanha Mallorca
2021 1.º Argentina Erik Lamela Inglaterra Tottenham Inglaterra Arsenal
2.º Irã Mehdi Taremi Portugal Porto Inglaterra Chelsea
3.º Tchecoslováquia Patrik Schick Tchecoslováquia Tchecoslováquia Escócia Escócia
2022 1.º Polónia Marcin Oleksy Polónia Warta Poznań Polónia Stal Rzeszów
2.º França Dimitri Payet França Marseille Grécia PAOK
3.º Brasil Richarlison Brasil Brasil Sérvia Sérvia
2023 1.º Brasil Guilherme Madruga Brasil Botafogo-SP Brasil Novorizontino
2.º Portugal Nuno Santos Portugal Sporting Portugal Boavista
3.º Paraguai Julio Enciso Inglaterra Brighton & Hove Albion Inglaterra Manchester City

Prêmio de melhor torcida da FIFA[editar | editar código-fonte]

Ano Vencedores
2016 Torcedores de Alemanha Borussia Dortmund e Inglaterra Liverpool
2017 Torcedores do Escócia Celtic
2018 Torcedores do Peru Peru
2019 Brasil Silvia Grecco, torcedora do Palmeiras
2020 Brasil Marivaldo Francisco da Silva, torcedor do Sport
2021 Torcedores de Dinamarca Dinamarca e Finlândia Finlândia
2022 Torcedores da Argentina Argentina
2023 Argentina Hugo Daniel "Toto" Iniguez, torcedor do Colón

Referências

  1. The Best FIFA Football Awards
  2. «Ballon d'Or vs Best FIFA Men's Player Award». Dailymail. 12 de dezembro de 2016. Consultado em 2 de janeiro de 2016 
  3. «Ballon d'Or and Best FIFA Men's Player awards explained». Sky Sports. 12 de dezembro de 2016. Consultado em 2 de janeiro de 2016 
  4. «Circular no. 1560» (PDF). FIFA.com. 21 de outubro de 2016. Consultado em 24 de outubro de 2016. Arquivado do original (pdf) em 25 de outubro de 2016 
  5. «DE GEA, KANTE AND MBAPPE IN WORLD 11». FIFPro World Players' Union. 24 de setembro de 2018 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]