The Children's Hour (filme)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
The Children's Hour
A Infame Mentira[1] (PRT)
Infâmia[2] (BRA)
 Estados Unidos
1961 •  p&b •  107 min 
Direção William Wyler
Produção William Wyler
Roteiro John Michael Hayes
Baseado em The Children's Hour
de Lillian Hellman
Elenco Audrey Hepburn
Shirley MacLaine
James Garner
Género drama
Música Alex North
Cinematografia Franz Planer
Edição Robert Swink
Companhia(s) produtora(s) United Artists
Distribuição United Artists
Lançamento 19 de dezembro de 1961
Idioma inglês
Orçamento US$ 3.6 milhões[3]
Receita US$ 3 milhões[3]
Página no IMDb (em inglês)

The Children's Hour é um filme estadunidense de 1961, dirigido por William Wyler e baseado na peça teatral homônima de Lillian Hellman, que roteirizou sua obra para o cinema. Uma aluna problemática de uma escola particular para meninas acusa duas professoras por lesbianismo. As consequências desse ato são trágicas.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Em uma escola particular para meninas da Nova Inglaterra, uma aluna rica, mimada e despeitada, Mary Tilford (Balkin), é castigada após ter sido pega em uma mentira. Pressionada pela avó, uma das matriarcas da cidade, ela acusa as duas professoras que dirigem a instituição, Karen Wright (Hepburn) e Martha Dobie (MacLaine), de manterem um relacionamento lésbico. Segundo ela, Martha estaria com ciúmes do relacionamento de Karen com o Dr. Joe Cardin (Garner), médico da cidade. A avó acredita na menina e tira-a da escola.

A notícia espalha-se como rastilho de pólvora e, em poucos dias, a escola fica às moscas. O médico é despedido do hospital por apoiar as professoras. As duas decidem então abrir um processo por calúnia que chega às primeiras páginas dos jornais de todo o país e transforma a vida das professoras em um inferno.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Nomeações[editar | editar código-fonte]

34ª cerimônia do Oscar
Categoria Recipiente Resultado
Melhor Atriz Coadjuvante Fay Bainter Indicado
Melhor Cinematografia Franz Planer
Melhor Figurino Dorothy Jeakins
Melhor Direção de Arte Fernando Carrere e Edward G. Boyle
Melhor Mixagem de Som Gordon E. Sawyer
19ª cerimônia do Globo de Ouro
Melhor Atriz em Filme Dramático Shirley MacLaine Indicado
Melhor Atriz Coadjuvante em Cinema Fay Bainter
Melhor Diretor William Wyler
14ª cerimônia do Directors Guild of America
Melhor Diretor de Filme William Wyler Indicado

Referências

  1. «A Infame Mentira, 1961». A janela encantada. 18 de janeiro de 2016. Consultado em 23 de abril de 2019 
  2. Infâmia no CinePlayers (Brasil)
  3. a b Balio 1987, p. 171.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Commons Imagens e media no Commons