The Color Spectrum

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
The Color Spectrum
Capa da Edição Standard
Álbum de estúdio de The Dear Hunter
Lançamento 14 de Junho de 2011
Gravação 2010–2011
Gênero(s) Rock Progressivo, rock experimental, indie rock, pop barroco, eletrônica, pop rock, country alternativo, folk, rock alternativo
Duração 144:21 (edição completa)
41:45 (edição standard)
Gravadora(s) Triple Crown
Produção Casey Crescenzo
Cronologia de The Dear Hunter
The Branches EP
(2010)
Migrant
(2013)
Capa Alternativa
Capa da Edição Completa
Críticas profissionais
Pontuações agregadas
Fonte Avaliação
Metacritic 81/100
Avaliações da crítica
Fonte Avaliação
AbsolutePunk 89%[1]
Allmusic 3.5 de 5 estrelas.[2]
Alternative Press 4 de 5 estrelas.
PopMatters 8 de 10 estrelas.[3]
Ultimate Guitar 9.4 de 10 estrelas.[4]

The Color Spectrum é o título cumulativo do projeto da banda The Dear Hunter que consiste numa série de nove EPs dos quais cada um reflete uma cor individual do espectro visível das cores, preto, vermelho, laranja, amarelo, verde, azul, índigo, violeta e branco (Black, Red, Orange, Yellow, Green, Blue, Indigo, Violet e White em inglês). O projeto foi todo elaborado pelo frontman da banda, Casey Crescenzo como uma forma de interpretar as cores utilizando a música, esse álbum não está relacionado com a série de Atos, que é o projeto principal da banda. O álbum foi lançado em 14 de Junho de 2011.

Gravações[editar | editar código-fonte]

Brendan Brown (ex-membro da banda The Receiving End of Sirens que Casey também participou) tocou baixo no EP Orange. Jessy Ribordy (da banda Falling Up) tocou bandolim no EP Green. A banda Naive Thieves ajudou em algumas músicas dos EPs Yellow e Blue. Andy Hull (da banda Manchester Orchestra) forneceu vocais nas faixas 1 à 3 do EP Red. Tanner Merriitt (da banda O'Brother) cantou na faixa "A Curse Of Cynicism" do EP Red. Mike Watts co-produziu os EPs White e Violet.

Em 7 de Abril de 2011, Casey anunciou via Twitter que as gravações de The Color Spectrum estavam finalizadas.[5]

Divulgação e lançamento[editar | editar código-fonte]

Em 14 de Abril de 2011, a banda lançou um download de MP3 gratuito da faixa "Deny It All" EP Red no seu website. Em 26 de Abril, o site Alternative Press estreou um lyric video da faixa "This Body" do EP Black, criado por Casey.

Conceito[editar | editar código-fonte]

A influência do álbum é a subjetividade da percepção das cores e, em menor medida, a liberdade que ela proporciona ao seu espectador. Crescenzo observa:

Tudo o que pensamos, nós podemos fazer. A ideia de humanidade sobre cores é muito ampla. Isso precisa ser mais pessoal, porque as ideias das cores variam de pessoa para pessoa. Até mesmo pessoas que possuem sinestesia, imagens ou sons que elas veem e escutam quando associadas a uma cor tende a variar de pessoa para pessoa. E isso só reforça o nosso ponto de fazer esse projeto, para produzir a nossa interpretação da cor, a forma como nos sentimos sobre as cores ou nossa inspiração pelas mesmas – como nos as ouvimos ou vemos.[6]


Faixas[editar | editar código-fonte]

Faixas da edição Standard[editar | editar código-fonte]

N.º Título Duração
1. "Filth and Squalor" (Black) 4:01
2. "Deny It All" (Red) 3:34
3. "But There's Wolves?" (Orange) 4:04
4. "She's Always Singing" (Yellow) 2:40
5. "Things That Hide Away" (Green) 3:24
6. "The Canopy" (Green) 3:52
7. "Trapdoor" (Blue) 3:54
8. "What Time Taught Us" (Indigo) 4:07
9. "Lillian" (Violet) 4:07
10. "Home" (White) 3:55
11. "Fall and Flee" (White) 4:07
Duração total:
41:45

Faixas da edição completa[editar | editar código-fonte]

Pessoal[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Adam Pfleider. «The Dear Hunter - The Color Spectrum». AbsolutePunk (em inglês). Consultado em 17 de Novembro de 2016. Arquivado do original em 13 de Junho de 2011 
  2. The Color Spectrum (em inglês) no Allmusic
  3. Kiel Hauck (14 de Setembro de 2011). «The Dear Hunter - The Color Spectrum Review». PopMatters (em inglês). Consultado em 17 de Novembro de 2016 
  4. «The Color Spectrum Review». Ultimate Guitar. Consultado em 18 de Novembro de 2016 
  5. «Casey Crescenzo on Twitter». Twitter. Consultado em 18 de Novembro de 2016 
  6. Summer Block. «The Dear Hunter: Reinventing the Color Wheel». Alarm Magazine. Consultado em 6 de Outubro de 2016 

Links Externos[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre um álbum de The Dear Hunter é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.