The Court-Martial of Billy Mitchell

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes fiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde setembro de 2010). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Searchtool.svg
Esta página ou secção foi marcada para revisão, devido a inconsistências e/ou dados de confiabilidade duvidosa. Se tem algum conhecimento sobre o tema, por favor verifique e melhore a consistência e o rigor deste artigo. Pode encontrar ajuda no WikiProjeto Cinema.

Se existir um WikiProjeto mais adequado, por favor corrija esta predefinição. Este artigo está para revisão desde setembro de 2010.

The Court-Martial of Billy Mitchell
A Corte Marcial de Billy Mitchell[1] (BR)
 Estados Unidos
1955 •  cor •  100 min 
Direção Otto Preminger
Roteiro Emmet Lavery
Milton Sperling
Elenco Gary Cooper
Charles Bickford
Ralph Bellamy
Género drama
biográfico
Idioma inglês
Página no IMDb (em inglês)

The Court-Martial of Billy Mitchell (br: A Corte Marcial de Billy Mitchell) é um filme estadunidense de 1955 do gênero "drama biográfico", dirigido por Otto Preminger.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Sinopse[editar | editar código-fonte]

A verdadeira Corte Marcial (1925), recriada no filme

No início da década de 1920, o general-brigadeiro aviador William Mitchell, herói americano da Primeira Guerra Mundial, tenta fortalecer o Serviço Aéreo do Exército de seu país tornando-o independente com o nome de "Força Aérea". Num teste para provar a eficácia dos aviões em combate, ele afunda um antigo navio de guerra alemão abandonado, o Ostfriesland, tido até então como inafundável, diante de seus superiores do Exército e da Marinha, além da Imprensa. No entanto, ele desobedecera as ordens de seu comandante, o general Guthrie, que determinara um voo de cinco mil pés para o bombardeio, altura que não permitia aos pilotos acertarem o alvo com as bombas e equipamentos disponíveis. Em função disso, Mitchell é rebaixado ao posto de coronel e transferido para uma base no Texas. Dali, ele continua a enviar cartas a várias pessoas, denunciando a falta de investimentos na melhoria das aeronaves e avisando que outros países inimigos já disporiam de equipamentos melhores. Quando vários homens de seu antigo esquadrão morrem em um acidente aéreo e, logo em seguida, seu amigo tenente-comandante Zachary Lansdowne, sofre o mesmo destino com um dirigível militar, Mitchell decide se rebelar e publica na imprensa acusações contra o Exército e a Marinha, afirmando que os equipamentos acidentados eram obsoletos e que isso fora a real causa das fatalidades.

Ele é levado à Corte Marcial e a sua condenação parece certa. Mas o esperto advogado, congressista Frank R. Reid, consegue trazer para depor várias testemunhas que confirmam a precariedade do equipamento e os sucessivos avisos dados aos comandantes militares dos perigos a que os tripulantes e pilotos estavam sujeitos.

Portal A Wikipédia tem os portais:

Referências

  1. EWALD FILHO, Rubens (1975). Os filmes de hoje na TV. São Paulo: Global Editora. p. 56 
Ícone de esboço Este artigo sobre um filme estadunidense é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.