The Danish Girl

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
The Danish Girl
A Rapariga Dinamarquesa[1] (PT)
A Garota Dinamarquesa (BR)
Pôster de divulgação do filme.
 Reino Unido
 Estados Unidos

2015 •  cor •  119 min 
Direção Tom Hooper
Produção Tim Bevan
Eric Fellner
Anne Harrison
Tom Hooper
Gail Mutrux
Linda Reisman
Roteiro Lucinda Coxon
História David Ebershoff
Baseado em The Danish Girl 
de David Ebershoff
Elenco Eddie Redmayne
Alicia Vikander
Matthias Schoenaerts
Gênero Drama
Biografia
Companhia(s) produtora(s) Working Title Films
Pretty Pictures
Revision Pictures
Senator Global Productions
Distribuição Estados Unidos Focus Features
Portugal NOS Lusomundo Audiovisuais
Brasil Universal Pictures
Lançamento Estados Unidos 27 de novembro de 2015
Portugal 31 de dezembro de 2015
Brasil 25 de fevereiro de 2016[2]
Idioma Inglês
Página no IMDb (em inglês)

The Danish Girl (A Garota Dinamarquesa BRA ou A Rapariga Dinamarquesa POR)[3][4] é um filme britânico-americano de drama-pseudo-biográfico,[5] dirigido por Tom Hooper, baseado no romance homônimo de David Ebershoff[6] e inspirado na vida das pintoras dinamarquesas Lili Elbe e Gerda Wegener[7][8]

O filme é protagonizado por Eddie Redmayne como Lili Elbe, uma das primeiras transexuais a se submeter a uma cirurgia de redesignação sexual[9] e Alicia Vikander como Gerda Wegener.[10]

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Cinebiografia de Lili Elbe (Eddie Redmayne), que nasceu Einar Mogens Wegener na década de 20 e foi uma das primeiras pessoas a se submeter a uma cirurgia de redesignação sexual. Em foco o seu relacionamento amoroso com a pintora dinamarquesa Gerda (Alicia Vikander) e sua descoberta como mulher quando sua esposa pede para que ela pose para retratos femininos quando uma modelo falta.[11] Sua esposa aceita a cirurgia mas percebe que perdeu a pessoa com quem se casou e Hans Axgil (Matthias Schoenaerts), vem formar um triângulo amoroso.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Oscar 2016[editar | editar código-fonte]

Ano Categoria Indicado Resultado
2016 Melhor Ator Eddie Redmayne Indicado
Melhor Atriz Coadjuvante Alicia Vikander Venceu
Melhor Direção de Arte Eve Stewart e Michae Standishl Indicado
Melhor Figurino Paco Delgado Indicado

Golden Globe Awards[editar | editar código-fonte]

Ano Categoria Indicado Resultado
2016 Melhor Ator - Drama Eddie Redmayne Indicado
Melhor Atriz - Drama Alicia Vikander Indicado
Melhor Trilha Sonora Alexandre Desplat Indicado

Críticas[editar | editar código-fonte]

O filme recebeu críticas pela escolha de um homem Cisgénero para interpretar uma mulher transexual.[12] Ele também foi criticado por ser escrito de maneira semelhante a feminização forçada erótica, obscurecendo a verdadeira história de uma figura transexual histórica[13] e por ser baseado num livro fictício que não conta a verdadeira história de Einar/Lili e Gerda Wegener.[14] Tópicos incluindo a sexualidade de Gerda,[15] como era evidenciada por suas pinturas eróticas envolvendo mulheres - Gerda era provavelmente lésbica ou no mínimo bissexual, ela e Lili eram mais irmãs do que amantes,[16] e a desintegração do relacionamento de Gerda e Lili depois do anulamento de seu casamento foram omitidos no livro e no filme.[17] As famosas pinturas de Arte Erótica Lésbica de Gerda Wegener não são mencionadas no filme.[18] A causa da morte de Lili também foi deixada de fora de filme, em nenhum momento é mencionada que ela morreu de infecção causada por rejeição ao útero que lhe fora transplantado.[19]

Mesmo com tantos erros históricos e fatos inventados para comover o público, o filme ainda está sendo vendido como "uma história real" e "uma história de amor real".[20]

Referências

  1. «A Rapariga Dinamarquesa (2015)». FilmSPOT. Consultado em 14 de setembro de 2015. 
  2. http://www.papelpop.com/2015/10/saiu-um-novo-trailer-de-a-garota-dinamarquesa-com-eddie-redmayne-no-papel-da-trans-lili-elbe/
  3. Ramírez, Noelia (1 de setembro de 2015). «Eddie Redmayne no corpo de Lili Elbe, a primeira trans da história». El País Brasil. El País. Consultado em 2 de setembro de 2015. 
  4. «A Garota Dinamarquesa». AdoroCinema. AlloCiné. Consultado em 2 de agosto de 2015. 
  5. Sneider, Jeff (4 de março de 2015). «Eddie Redmayne's Transgender Drama 'The Danish Girl' Gets Awards Season Release Date» (em inglês). TheWrap 
  6. «BOOKS OF THE TIMES; Radical Change and Enduring Love». The New York Times. 14 de fevereiro de 2000. Consultado em 11 de dezembro de 2015. 
  7. «Tomas Alfredson hoppar av filmen med Nicole Kidman» (em sueco). Dagens Nyheter. 7 de dezembro de 2009 
  8. «Alfredson vill ännu göra Kidman-film» (em sueco). Svenska Dagbladet. 13 de dezembro de 2009 
  9. Fleming, Michael (8 de novembro de 2009). «Paltrow joins Kidman in 'Girl'» (em inglês). Variety 
  10. «Hallström gör film med Kidman – efter Alfredsons avhopp» (em sueco). Aftonbladet. 12 de janeiro de 2010 
  11. Câmara, Vasco (5 de setembro de 2015). «E Eddie Redmayne destapou a mulher». Público 
  12. Denham, Jess (1 de setembro de 2015). «The real reason Eddie Redmayne was cast as a trans woman in The Danish Girl». independent.co.uk. Consultado em 2 de setembro de 2015. 
  13. «"The Danish Girl" Stretches Frilly Forced-Femme Fantasy Over Actual Trans History». HARLOT Magazine. 23 de novembro de 2015. Consultado em 25 de novembro de 2015. 
  14. «The tragic true story behind The Danish Girl». The Telegraph. 8 de dezembro de 2015. Consultado em 10 de dezembro de 2015. 
  15. «Review: The Danish Girl». cinedork.com. 14 de dezembro de 2015. Consultado em 27 de dezembro de 2015. 
  16. «The Incredibly True Adventures of Gerda Wegener and Lili Elbe». coilhouse.net. 3 de agosto de 2012. Consultado em 10 de dezembro de 2015. 
  17. «Reading Group Notes The Danish Girl». allenandunwin.com. Consultado em 10 de dezembro de 2015. 
  18. «The Danish Girl vs the True Story of Lili Elbe, Gerda Wegener». historyvshollywood.com. Consultado em 10 de dezembro de 2015. 
  19. «Is 'The Danish Girl' A True Story? Lili Elbe's Journey Was Incredible». bustle.com. 25 de novembro de 2015. Consultado em 27 de dezembro de 2015. 
  20. «Film review: 'The Danish Girl,' dir. Tom Hooper». dailyuw.com. 18 de dezembro de 2015. Consultado em 27 de dezembro de 2015. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Portal A Wikipédia tem os portais:
Ícone de esboço Este artigo sobre um filme estadunidense é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.