The Farmer Takes a Wife

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
The Farmer Takes a Wife
A Vida É uma Canção (BR)
 Estados Unidos
1953 •  cor •  81 min 
Direção Henry Levin
Produção Frank P. Rosenberg
Roteiro Roteiro:
Walter Bullock
Sally Benson
Joseph Fields
Roteiro original:
Frank B. Elser
Marc Connelly
Romance:
Walter D. Edmonds
Género Comédia musical
Música Cyril J. Mockridge
Cinematografia Arthur E. Arling
Companhia(s) produtora(s) 20th Century Fox
Lançamento Estados Unidos 12 de junho de 1953
Idioma Inglês
Página no IMDb (em inglês)

The Farmer Takes a Wife (A Vida É uma Canção (título no Brasil) ) é um filme estadunidense de 1953 dirigido por Henry Levin estrelado por Betty Grable. O musical é uma refilmagem do filme de 1935 de mesmo nome estrelado por Janet Gaynor e Henry Fonda.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

No século 19, Molly Larkins (Betty Grable), a namorada do capitão Jotham Klore (John Carroll) se apaixona por Dan Harrow (Dale Robertson).[1]

Produção[editar | editar código-fonte]

A Twentieth Century-Fox considerou refazer uma refilmagem de Amor Singelo (1935) dirigido por Victor Fleming e estrelado por Janet Gaynor e Henry Fonda, em 1944, em uma versão que seria produzida por Robert Bassler com Lon McCallister e Jeanne Crain nos papéis principais, mas o projeto foi engavetado. Em agosto de 1951, foi anunciado que Mitzi Gaynor protagonizaria uma refilmagem musical da história. Em novembro de 1951, o Los Angeles Times informou que Victor Mature estrelaria o filme, mas em 28 de abril de 1952, Matures encabeçou o elenco principal de Falsa Verdade o que impediu sua aparição em The Farmer Takes a Wife. A mesma nota anunciava que James Arness estava sendo considerado para um papel, mas ele não apareceu no filme.

De acordo com o Pressbook, um número de dança apresentado por Betty Grable em uma sequência de sonho, que consistia em "um carretel inteiro em comprimento," foi filmado ao longo de uma semana, depois um mês de ensaios. O número no entanto foi cortado na edição final do filme. A cena que termina, com a cerimônia de casamento do casal, foi concebido pelo diretor de arte Addison Hehr para assemelhar-se a pintura de Grant Wood "Farm House."[2]

Elenco[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]