The Founder

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
The Founder
O Fundador (PT)
Fome de Poder (BR)
Cartaz teatral de lançamento
 Estados Unidos
2016 •  cor •  115 minutes[1] min 
Direção John Lee Hancock
Produção
Roteiro Robert D. Siegel
Elenco
Gênero Filme biográfico
Música Carter Burwell
Cinematografia John Schwartzman
Edição Robert Frazen
Companhia(s) produtora(s)
Distribuição Estados Unidos The Weinstein Company
Brasil Diamond Films
Portugal PRIS Audiovisuais
Lançamento Estados Unidos 7 de dezembro de 2016 (Arclight Hollywood)
Estados Unidos 20 de janeiro de 2017 (Estados Unidos)
Brasil 9 de março de 2017
Portugal 16 de março de 2017
Idioma Inglês
Orçamento US$25 milhões[2][3]
Receita US$23.1 milhões[4]
Site oficial
Página no IMDb (em inglês)

The Founder (no Brasil, Fome de Poder; em Portugal, O Fundador) é um filme biográfico de drama de 2016 dirigido por John Lee Hancock e escrito por Robert Siegel. O filme é estrelado por Michael Keaton como o empresário Ray Kroc, e retrata a história da sua criação da rede de fast food McDonald's. Nick Offerman e John Carroll Lynch são co-estrelas como os fundadores do McDonald's, Richard e Maurice McDonald.

O filme estreou no Arclight Hollywood em 7 de dezembro de 2016 e foi lançado nos Estados Unidos em 20 de janeiro de 2017, pela Weinstein Company. O filme arrecadou US$23 milhões em todo o mundo e recebeu geralmente críticas positivas dos críticos, com elogios pela atuação de Keaton.

Enredo[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Esta seção contém revelações sobre o enredo.

Ray Kroc (Michael Keaton) é um vendedor ambulante de um fabricante de milkshake da marca Prince Castle em 1954. Embora tenha uma esposa que o apoia, Ethel (Laura Dern), poupa o suficiente para ter uma vida simples e cômoda em Arlington Heights, Illinois, porém ele sempre anceia por mais. Depois de saber que um drive-in em San Bernardino está pedindo um número invulgarmente elevado de milkshakes, Ray vai até California para vê-lo. Lá ele encontra um McDonald's—um restaurante muito popular com um serviço rápido, comida de alta qualidade, recipientes descartáveis e uma clientela familiar.

Ray se reúne com os irmãos McDonald, Maurice "Mac" McDonald (John Carroll Lynch) e Richard "Dick" McDonald (Nick Offerman). Ray visita a cozinha e regista a ética de trabalho dos empregados. Dick explica que os alimentos de alta qualidade e o serviço rápido como um raio são a espinha dorsal de sua janta. Ray leva os irmãos para jantar para contar a história de origem do McDonald's. No dia seguinte, Ray sugere para os irmãos franquias de restaurantes e descobre que eles já havia tentado, porém encontraram apenas proprietários ausentes e padrões inconsistentes que eventualmente levaram ao fracasso da empresa. Ray persiste e eventualmente convence os irmãos a permitir dirigir seus esforços na franquia com a condição de que aceite um contrato que exige que todas as mudanças sejam aprovadas pelos irmãos McDonald.

Inicialmente, Ray começa a construir um restaurante do McDonald's em Des Plaines, Illinois, enquanto tenta atrair investidores ricos para abrir franquias, mas encontra a mesma ética de má gestão que condenou os esforços da franquia original. Ray bate na ideia da franquia para os investidores da classe média, que são mais prováveis a ser favoráveis e dispostos a seguir a fórmula de McDonald. Isso prova ser bem sucedido, e começam a se abrir novas franquias no centro-oeste com Ray representando a si mesmo como o criador do McDonald. Durante este tempo, Ray conhece Rollie Smith (Patrick Wilson), proprietário de um restaurante interessado em Minnesota que deseja investir e sua esposa Joan (Linda Cardellini), a quem Ray é imediatamente atraído.

Apesar de seu sucesso, Ray começa a encontrar dificuldades financeiras, uma vez que a sua participação nos benefícios de franchising é limitado por causa de seu contrato, e o fato de que os proprietários estão encontrando custos mais elevados do que o esperado, especialmente para refrigeração grandes quantidades de sorvete para milkshakes. Joan sugere um milkshake em pó a Ray como uma maneira de evitar esses custos, mas os irmãos se recusam a comprometer com a qualidade de seus alimentos. Com suas dívidas crescentes, Ray vai para o seu banco para tentar renegociar o seu empréstimo, mas eles se recusam. Felizmente, Harry Sonneborn (BJ Novak), consultor financeiro da Tastee-Freez, o ouve, que concorda em revisar os livros de Ray. Ele percebe que a oportunidade de lucro real é fornecer imobiliário para os franqueados, que não só irá proporcionar um fluxo de renda, mas irá proporcionará influencia sobre seus franqueados e sobre os irmãos McDonald. Ray incorpora uma nova empresa, a Franchise Realty Corporation e atrai novos investidores para a empresa imobiliária.

Encorajado, Ray começa a desafiar cada vez mais os irmãos McDonald e iludir sua autoridade, incluindo o fornecimento de milkshakes em pó todos os franqueados. Finalmente, Ray renomeia sua empresa para The McDonald's Corporation e exige ser liberado de seu contrato e comprar a parte dos irmãos, a notícia de que envia Mac dá a ele um choque diabético. Ray o visita no hospital e o oferece um cheque em branco para resolver o seu negócio. Os irmãos aceitam um pagamento de 2,7 milhões e uma taxa anual de 1%, mas quando chega a hora finalizar o negócio, Ray se recusa a incluir os direitos do contrato e, em vez disso oferece um acordo de aperto de mãos. Então Dick pergunta Ray porque ele quis assumir o seu negócio, quando ele poderia facilmente ter roubado sua ideia e a ter recriado. Ray revela que o verdadeiro valor do McDonald é o próprio nome, que expressa todos os atributos de Americana.

Os irmãos McDonald são forçados a sacar o seu nome do restaurante original e Ray abre uma nova franquia McDonald do outro lado da rua do restaurante original para colocar, finalmente, os irmãos McDonald fora do negócio. O filme termina em 1970 a preparar com um discurso no qual ele elogia pelo seu sucesso em sua mansão elaborada com sua nova esposa, Joan. Um epílogo revela que os irmãos McDonald nunca foram pagos pelos royalties.

Gtk-paste.svg Aviso: Terminam aqui as revelações sobre o enredo.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Produção[editar | editar código-fonte]

O roteiro para The Founder foi escrito por Robert Siegel, com base na autobiografia de Ray Kroc, e em uma biografia não-autorizada.[5] De acordo com os primeiros relatos, o filme era para ser desenvolvido na mesma veia de There Will Be Blood e A Rede Social. De acordo com a Deadline.com, ele ficou com o 13º melhor script não-produzido de 2014.[6][7] Em dezembro de 2014, John Lee Hancock assinou a direção do filme.[8]

Elenco[editar | editar código-fonte]

Em fevereiro de 2015, Michael Keaton assinou para o papel de Ray Kroc.[9] Laura Dern participou do filme em 11 de maio de 2015, para ser a mulher de Kroc, Ethel Fleming, com quem Kroc se divorciou em 1961.[10] No dia seguinte, foi anunciado que Nick Offerman, participou do filme para ser Richard "Dick" McDonald.[11] Em 28 de maio de 2015, foi anunciado que B. J. Novak participou do filme como consultor financeiro de Kroc, Harry J. Sonneborn.[12] Em 9 de junho de 2015, foi relatado que participou do filme Linda Cardellini,[13] e em 26 de junho de 2015, foi anunciado que John Carroll Lynch e Patrick Wilson também havia sido adicionados.[14]

Filmagens[editar | editar código-fonte]

fotografia principal do filme começou em Newnan, Geórgia, em 1 de junho de 2015.[15][16] Em um estilo antigo do McDonald's , com os "arcos dourados", que foi construído no centro de Douglasville, Geórgia, em junho de 2015, para as filmagens.[17] A J. Mack Robinson College of Business Administration Building no Centro de Atlanta, que abriga um Banco da América, serviu como o primeiro edifício da Illinois First Federal Savings & Loan para o filme.

Lançamento[editar | editar código-fonte]

Em 2 de março de 2015, a The Weinstein Company pagou US$7 milhões para o direito de distribuição do filme.[18] Em 26 de março de 2015, o estúdio do filme marcou o dia 25 de novembro de 2016 como data de lançamento.[19] Em março de 2016, o filme foi movido para o dia 5 de agosto de 2016.[20] No dia 13 de julho de 2016, a data de lançamento do filme foi adiada até uma data limitada de 16 de dezembro de 2016, seguida de um amplo lançamento em 20 de janeiro de 2017.[21] O filme finalmente foi lançado nos Estados Unidos, no Arclight Hollywood, em 7 de dezembro de 2016, a fim de se qualificar para o Oscar 2017,[22] antes de se expandir em 20 de janeiro.

Em fevereiro de 2017, a FilmNation Entertainment, uma das empresas de produção do filme, processou a Weinstein Company em US$15 milhões. A Weinstein Company divulgou Gold em 27 de janeiro de 2017, uma semana depois de The Founder, que a FilmNation alegou que era uma quebra de contrato, dizendo que as duas empresas concordaram que nenhum filme da Weinstein Company seria divulgado dentro de uma semana antes ou depois de The Founder.

Referências

  1. «The Founder (12A)». British Board of Film Classification. 13 de setembro de 2016. Consultado em 14 de setembro de 2016 
  2. «The Weinstein Co. Sued Over Distribution Of 'The Founder' By FilmNation And Its Subsidiary». Deadline.com. Consultado em 20 de fevereiro de 2017 
  3. «Weinstein Co. sued over release dates for 'The Founder' and 'Gold'». Los Angeles Times. Consultado em 20 de fevereiro de 2017 
  4. «The Founder (2016)». Box Office Mojo. Consultado em 11 de maio de 2017 
  5. «'The Founder' Follows Salesman's Genius Idea To Franchise McDonald's». npr. 25 de janeiro de 2017. Consultado em 6 de junho de 2017 
  6. «Weinstein Company Wins Bidding War for Michael Keaton's McDonald's Movie 'The Founder' (Exclusive)» 
  7. «Black List 2014 Gets Star Treatment In 10th Anniversary Announcement Monday» 
  8. «John Lee Hancock Plans McDonald's History Story, The Founder» 
  9. «Burgerman: Michael Keaton Will Star in a McDonald's Biopic». Complex 
  10. «Laura Dern in Talks to Join Michael Keaton in McDonald's Mogul Biopic (Exclusive)». The Hollywood Reporter 
  11. «Nick Offerman Joins Micheal Keaton in McDonald's Mogul Biopic (Exclusive)». The Hollywood Reporter 
  12. «B.J. Novak Joins Michael Keaton in McDonald's Founder Biopic (Exclusive)». The Hollywood Reporter 
  13. «Linda Cardellini Joins Michael Keaton in McDonald's Drama 'The Founder'». Variety 
  14. «John Carroll Lynch On 'The Founder' Menu; Gwendoline Christie Joins 'Swallows & Amazons'». Deadline 
  15. «On the Set for 6/1/15: James Gunn Starts Shooting 'The Belko Experiment', Michael Keaton Begins Mcdonald's Biopic 'The Founder' & More». SSN Insider 
  16. «Movie Shoot in Douglasville Begins Next Week». Patch.com 
  17. «Golden Arches Are Going Up». Douglas County Sentinel 
  18. «Weinstein Co. Buys Michael Keaton's McDonald's Movie 'The Founder'». Variety. 2 de março de 2015. Consultado em 3 de março de 2015 
  19. D'Alessandro, Anthony (26 de março de 2015). «Michael Keaton Starrer 'The Founder' Gets Release Date; Focus World Rounds Out 2015 Slate». Deadline.com. Consultado em 6 de abril de 2015 
  20. D'Alessandro, Anthony (1 de março de 2016). «Weinstein Co.'s 'The Founder' Moves To August; 'Lion' To Roar During Thanksgiving Week». Deadline.com. Consultado em 1 de março de 2016 
  21. Coggan, Devan (13 de julho de 2016). «Michael Keaton's McDonald's movie The Founder gets awards season release date». Entertainment Weekly. Consultado em 13 de julho de 2016 
  22. D'Alessandro, Anthony (6 de dezembro de 2016). «Weinstein Co.'s McDonald's Movie 'The Founder' Will Open Doors Early». Deadline.com. Consultado em 6 de dezembro de 2016 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]