The Games Factory

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ambox warning pn.svg
Este artigo foi proposto para eliminação semirrápida por um ou mais editores. A(s) justificativas apresentada(s) para eliminação foram:
  • Sem fontes fiáveis independentes, conforme admitido pelo próprio referenciador nesta edição.
  • Último editor: Duarte Vader

Por favor, melhore o artigo se possível e procure enquadrá-lo dentro das regras do projeto.
Caso não haja oposição à eliminação desta página, ela será suprimida a partir de 28 de abril. Para mais informações, veja Política de eliminação e Eliminação semirrápida.


Encontre referências para o artigo: Google (notícias, livros e acadêmico)


Usuário: Se esta página possui arquivos de mídia que não são utilizáveis em outras páginas, adicione uma nota em WP:PER, para que um administrador lusófono do Wikimedia Commons verifique se ela se encontra no escopo do projeto.

Aviso ao criador: Os principais editores da página podem ser avisados (recomendável) e seu criador (se registrado) deve ser notificado com
{{subst:Aviso-ESR|1=The Games Factory}} ~~~~
Aviso ao criador com nota de boas-vindas:
{{subst:Av-bv-ESR|1=The Games Factory|2=~~~~}}

Ambox question.svg
Esta página ou seção carece de contexto (desde dezembro de 2009).

Este artigo (ou seção) não possui um contexto definido, ou seja, não explica de forma clara e direta o tema que aborda. Se souber algo sobre o assunto edite a página/seção e explique de forma mais clara e objetiva o tema abordado.

O aplicativo The Games Factory foi desenvolvido pela empresa Clickteam e possuiu diversas versões e hoje é bem conhecido entre os "pré-programadores" jovens por ser um console com sua própria linguagem de plataforma. Este software fornece tudo para a criação de jogos de Arcade, plataforma e aventura. [1]

Versões[editar | editar código-fonte]

A primeira versão conhecida do The Games Factory foi a 1.06, que foi desenvolvida para ser executada em ambiente do Ms-Dos e em ambiente Windows. Esta versão possuía três licenças: a Shareware, a Home e a Professional. Exceto pela licença Shareware, as outras licenças eram pagas, e ambas deviam ser compradas e registradas no site da Clickteam.

Referências

  1. «Clickteam - The Games Factory 2». www.clickteam.com. Consultado em 7 de abril de 2018