The Godfather (série de filmes)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
The Godfather
O Padrinho (PT)
O Poderoso Chefão (BR)
Logotipo da série The Godfather
 Estados Unidos
1972-1990 •  
Direção Francis Ford Coppola
Produção Veja Abaixo
Produção executiva Francis Ford Coppola
Roteiro Francis Ford Coppola
Baseado em The Godfather, por Mario Puzo
Elenco Veja Abaixo
Gênero Suspense policial
Música Nino Rota
Carmine Coppola
Cinematografia Gordon Willis
Edição Veja Abaixo
Companhia(s) produtora(s) Alfran Productions
American Zoetrope
Distribuição Paramount Pictures
Idioma Inglês
Italiano
Espanhol
Orçamento US$73,5 milhões
Receita US$574,8 milhões[1]

A série de filmes The Godfather consiste em três filmes de drama e suspense policial dirigidos por Francis Ford Coppola com base no romance homônimo do ítalo-americano Mario Puzo.[2][3][4] A trilogia narra as tramas envolvendo a Família Corleone, umas das mais poderosas famílias da Máfia italiana nos Estados Unidos. O fundador do clã, Don Vito Corleone, imigrou da Itália no início do século XX, após a morte de seu pai, buscando um novo futuro na América. Eventualmente, Corleone torna-se um poderoso mafioso em Nova Iorque, tendo de dividir seu tempo entre as questões de sua complexa família e os lucrativos negócios.

Todos os três filmes foram dirigidos por Coppola e distribuídos pela Paramount Pictures em 1972, 1974 e 1990, respectivamente. A trilogia alcançou um grande sucesso comercial, sem precedentes para produções do gênero, rendendo mais de 550 milhões de dólares em bilheterias ao redor do mundo.[1] Os dois primeiros filmes foram muito bem recebidos pela crítica e pelo público, sendo que o primeiro deles é considerado em vários meios como um dos maiores de todos os tempos.[5][6][7][8] Já a sequência, The Godfather Part II, é considerada como uma das melhores sequências cinematográficas de Hollywood.[9] A trilogia é multipremiada, tendo vencido 9 das 29 indicações aos Prêmios da Academia.[10]

Série de filmes[editar | editar código-fonte]

The Godfather (1972)[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: The Godfather

The Godfather, o primeiro filmes da franquia, foi lançado em 15 de março de 1972. O longa-metragem foi dirigido por Francis Ford Coppola e baseado no romance homônimo de Mario Puzo.

A trama se inicia com a recusa de Don Vito Corleone em unir-se ao traficante de drogas Virgil Sollozzo, levando a um atentado contra ele. Enquanto Don Corleone se recupera do atentado, seu filho mais velho, Sonny, assume os negócios da família, e Michael Corleone se vinga matanda Sollozzo e um policial corrupto envolvido no esquema. Logo após, Michael foge para a Sicília, onde conhece e se casa com uma bela jovem. Michael regressa aos Estados Unidos com a morte de seu irmão e recebe de Don Vito a permissão para seguir com os negócios. O mais novo mafioso decide mover os investimentos da família para Las Vegas, mas somente após matar cada um dos chefes das Cinco Famílias.

Outras subtramas do filme incluem os abusos sofridos por Conny Corleone em seu turbulento casamento, o sucesso do astro Johnny Fontaine em Los Angeles e os desafios enfrentados por Fredo Corleone em Las Vegas.

The Godfather Part II (1974)[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: The Godfather Part II

O segundo filme da franquia, The Godfather Part II, foi lançado em 20 de dezembro de 1974. O longa-metragem foi dirigido por Francis Ford Coppola e retira elementos do romance homônimo de Mario Puzo.

No enredo da franquia, o filme serve tanto como uma sequência quanto como uma prequela dos eventos de The Godfather. A trama principal se desenrola com Michael Corleone como o novo Don da Família Corleone e o mais poderoso mafioso de Nova Iorque. Enquanto Michael tenta conduzir seus investimentos em Las Vegas e resistir à pressão dos rivais, é contada também a história de seu pai desde quando chegou no país vindo da Itália, passando por sua juventude conturbada e como se estabeleceu na máfia.

The Godfather Part III (1990)[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: The Godfather Part III

O terceiro filme da franquia, The Godfather Part III, foi lançado em 25 de dezembro de 1990. Francis Ford Coppola assumiu novamente a direção do filme, mas desta vez atuando também como roteirista ao lado de Mario Puzo.

O filme narra os últimos acontecimentos da vida de Michael Corleone, agora um maduro mafioso que tenta mascarar suas ações obscuras da sociedade. O enredo também traça paralelos com eventos reais da época, como a morte do Papa João Paulo I em 1978 e o escândalo do Banco do Vaticano entre 1981 e 1983.

Futuro[editar | editar código-fonte]

Coppola afirmou que, devido ao estrondoso sucesso de The Godfather Part III, houve a ideia de produzir um quarto filme para a franquia, o que eventualmente não chegou a ser concretizado por conta da morte de Puzo. O diretor também afirmou que Puzo havia escrito parte de um possível roteiro para o quarto filme, no qual Robert De Niro reprisaria seu papel como o jovem Vito Corleone na Nova Iorque da década de 1930 e contaria ainda com Andy García como Vincent Corleone atormentado pela morte de Mary.[11] Certa vez, García afirmou que tal roteiro estaria sendo escrito.[12] O texto deixado por Puzo, no entanto, foi adaptado e expandido para dar origem ao romance The Family Corleone, escrito por Ed Falco e publicado em 2012.[13] Durante muito tempo após a morte do autor, os herdeiros impediram que a Paramount realizasse outro filme com base em suas obras,[14] o que eventualmente foi deixado de lado.[15]

Produção e desenvolvimento[editar | editar código-fonte]

The Godfather[editar | editar código-fonte]

O desenvolvimento da franquia The Godfather teve início com o próprio Francis Ford Coppola, que desejava realizar uma adaptação cinematográfica da obra de Mario Puzo. Em pouco tempo, ambos juntaram-se para escrever o roteiro. Coppola inspirou-se no romance de Puzo por conta de seu grande sucesso comercial, chegando a atingir mais de 1 milhão de cópias vendidas em sua semana de lançamento. Desde o início do projeto, o jovem diretor tinha em mente unir alguns atores de grande potencial do cinema estadunidense, como Al Pacino (que não foi muito bem aceito pelos produtores à princípio)[16][17], James Caan e Robert Duvall; além do já consagrado Marlon Brando.[18] A Paramount Pictures interessou-se pelo projeto e adquiriu os direitos de produção da obra de Puzo e encarregou Coppola da direção do longa-metragem.

Já com todos os recursos dispostos, Coppola deu início às filmagens do primeiro filme, que seriam concluídas em 62 dias, contando também com as inúmeras viagens entre a Sicília, Nova Iorque e Las Vegas, locações principais. Coppola realizou um grande encargo ao conduzir todo o processo de filmagem de The Godfather e ainda em tempo estipulado pela companhia produtora.[19]

O primeiro filme foi produzido a custo de dois milhões de dólares, um orçamento relativamente alto para os padrões da época. Um dos maiores desafios da produção foi, no entanto, adaptar o roteiro para a década de 1940, chegando a ser discutida a probabilidade de rodar o filme na própria década de 1970 para redução dos custos.

O primeiro filme foi lançado em 1972, alcançando um estrondoso sucesso comercial e de crítica e pavimentando o caminho para mais duas sequências. O filme foi indicado a 11 categorias do Óscar, das quais venceu 3 categorias, incluindo o prêmio de Melhor Ator para Marlon Brando.

The Godfather Part II[editar | editar código-fonte]

Jogos eletrônicos[editar | editar código-fonte]

A série The Godfather recebeu três jogos eletrônicos: The Godfather, The Godfather: The Game e The Godfather II.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Personagem Filme
The Godfather[20] The Godfather Part II[21] The Godfather Part III[22]
Michael Corleone Al Pacino
Vito Corleone Marlon Brando Robert De Niro
Oreste Baldini
 
Tom Hagen Robert Duvall  
Sonny Corleone James Caan  
Peter Clemenza Richard S. Castellano Bruno Kirby  
Capitão McCluskey Sterling Hayden  
Jack Woltz John Marley  
Emilio Barzini Richard Conte  
Kay Adams-Corleone Diane Keaton
Apollonia Vitelli-Corleone Simonetta Stefanelli   Simonetta Stefanelli
Virgil Sollozzo Al Lettieri  
Salvatore Tessio Abe Vigoda Abe Vigoda
John Aprea
 
Connie Corleone Talia Shire
Carlo Rizzi Gianni Russo  
Fredo Corleone John Cazale
Carmine Cuneo Rudy Bond  
Johnny Fontane Al Martino   Al Martino
Carmela Corleone Morgana King Morgana King
Francesca De Sapio
 
Luca Brasi Lenny Montana  
Al Neri Richard Bright
Bruno Tattaglia Tony Giorgio  
Lucy Mancini Jeannie Linero   Jeannie Linero
Vincent Mancini   Andy García
Osvaldo Altobello   Eli Wallach
Joey Zasa   Joe Mantegna
B J Harrison   George Hamilton
Mary Corleone   Sofia Coppola
Cardeal Lamberto   Raf Vallone
Anthony Corleone   Franc D'Ambrosio
Arcebispo Gilday   Donal Donnelly
Don Tommasino Corrado Gaipa Mario Cotone Vittorio Duse
Licio Lucchesi   Enzo Robutti
Francesca Corleone Jeanne Savarino Pesch
Kathryn Corleone Janet Savarino Smith
Albert Volpe   Carmine Caridi

Equipe[editar | editar código-fonte]

Personagem Filme
The Godfather The Godfather Part II The Godfather Part III
Direção Francis Ford Coppola
Produção Albert S. Ruddy Fred Roos
Francis Ford Coppola
Fred Fuchs
Francis Ford Coppola
Roteiro Robert Towne Mario Puzo
Francis Ford Coppola
Música Nino Rota
Carmine Coppola
Edição Peter Zinner
William H. Reynolds
Peter Zinner
Barry Malkin
Richard Marks
Barry Malkin
Lisa Fruchtman
Walter Murch
Cinematografia Gordon Willis

Recepção[editar | editar código-fonte]

Prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Prêmios da Academia

Os três filmes juntos receberam 29 indicações aos Prêmios da Academia, das quais venceram nove. Para a categoria de Melhor Ator Coadjuvante, The Godfather e The Godfather Part II tiveram três atores indicados (James Caan, Robert Duvall e Al Pacino, em 1972; Robert De Niro, Michael V. Gazzo e Lee Strasberg, em 1978), algo raramente alcançado por outro filme. Os dois primeiros filmes da franquia também venceram o prêmio de Melhor Filme em 1973 e 1979, respectivamente.

Um fato curioso se deu na cerimônia de 1973, quando Marlon Brando, já com uma imagem desgastada no cinema, recusou publicamente seu prêmio.[23] O ator enviou uma mensagem escrita aos espectadores da cerimônia, na qual expunha seus motivos.[24]

Categoria Prêmios da Academia para The Godfather[25][26][27]
The Godfather The Godfather Part II The Godfather Part III
Melhor Filme Venceu Venceu Indicado
Melhor Diretor Indicado Venceu Indicado
Melhor Ator Venceu (Marlon Brando) Indicado (Al Pacino)
Melhor Ator Coadjuvante Indicado Venceu (Robert De Niro) Indicado (Andy García)
Melhor Atriz Coadjuvante Indicado (Talia Shire)
Melhor Direção de Arte Venceu Indicado
Melhor Cinematografia Indicado
Melhor Figurino Indicado Indicado
Melhor Edição Indicado Indicado
Melhor Som Indicado
Melhor Roteiro Adaptado Venceu Venceu

Referências

  1. a b «The Godfather». Box Office Mojo 
  2. «40 Best Film Adaptations». ShortList 
  3. «Mario Puzo, author who made 'The Godfather' a world addiction is dead at 78». The New York Times. 3 de julho de 1999 
  4. «Mario Puzo Biography». The Famous People 
  5. «100 Greates Films of All Time». The Hollywood Reporter 
  6. «50 Greates Movies from TV Guide». 10awesome.com 
  7. «Empire's Greates Movies of All Time». Empire 
  8. «What is the Godfather effect». Smithsonian 
  9. Jagernauth, Kevin (9 de abril de 2012). «5 Things Yo May Not Know About 'The Godfather Part II». IndieWire 
  10. «The Godfather - Awards». IMDb 
  11. «The Godfather Part IV». GQ Magazine. 8 de março de 2012 
  12. «Andy García: "'Godfther 4 is in Francis' hands». ShowBizCafe. 1 de maio de 2012 
  13. «The Family Corleone». USA Today. 7 de maio de 2012 
  14. «Ed Falco's prequel to 'The Godfather'». CNN. 4 de setembro de 2012 
  15. «Paramount & Puzo Estate settle Godfather Suit». Dealine.com. Dezembro de 2012 
  16. «'Godfather' role defines Pacino». Kentucky New Era. 18 de abril de 1997 
  17. Farr, John (26 de abril de 2016). «'The Godfather' and the making of Al Pacino». Best Movies By Farr 
  18. «'The Godfather': A Historical Curiosity That Proved Instrumental For Our Filmmaking Education and Appreciation». Cinephilia & Beyond 
  19. «Proceso de rodaje de 'El Padrino'» 
  20. «The Godfather (1972) - Cast & Crew». Yahoo! Movies 
  21. «The Godfather Part II (1974) - Cast & Crew». Yahoo! Movies 
  22. «The Godfather Part III (1990) - Cast & Crew». Yahoo! Movies 
  23. «That Unfinished Oscar Speech». The New York Times. 30 de março de 1973 
  24. Robinson, Melia (27 de fevereiro de 2014). «Marlon Brando rejected Oscar for 'The Godfather'». Business Insider 
  25. «1972 Academy Awards - Winners and History». FilmSite 
  26. «1974 Academy Awards - Winners and History». FilmSite 
  27. «1990 Academy Awards - Winners and History». FilmSite