The Happy Ending

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
The Happy Ending
Amar sem Amor (PT)
Tempo para Amar, Tempo para Esquecer (BR)
Tina Louise em cena do filme
 Estados Unidos
1969 •  Technicolor •  117 min 
Direção Richard Brooks
Produção Richard Brooks
Roteiro Richard Brooks
Elenco Jean Simmons
John Forsythe
Shirley Jones
Gênero Drama
Música Michel Legrand
Direção de fotografia Conrad L. Hall
Efeitos especiais Chuck Gaspar
Figurino Rita Riggs
Edição George Grenville
Companhia(s) produtora(s) Pax Enterprises
Distribuição United Artists
Lançamento Estados Unidos 21 de dezembro de 1969
Idioma Inglês
Página no IMDb (em inglês)

The Happy Ending (Tempo para Amar, Tempo para Esquecer (título no Brasil) ou Amar sem Amor (título em Portugal)) é um filme norte-americano de 1969, do gênero drama, dirigido por Richard Brooks e estrelado por Jean Simmons e John Forsythe.

Notas de produção[editar | editar código-fonte]

Enfadonho,[1] interminável[2], desastroso,[3] The Happy Ending é um dos vários filmes de finais dos anos 1960 e início da década seguinte que tratam da vida das classes superiores, principalmente das mulheres casadas.[4]

Jean Simmons, esposa do diretor Brooks, recebeu sua segunda e última indicação ao Oscar pelo papel de Mary Wilson, que, entediada com o matrimônio, voa para as Bahamas em busca de excitação e autoconhecimento. Para Ken Wlaschin, este é o último de seus dez melhores filmes.[5]

What Are You Doing the Rest of Your Life?, de Michel Legrand, Alan Bergman e Marilyn Bergman concorreu tanto ao Oscar quanto ao Globo de Ouro de Melhor Canção Original.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Dezesseis anos de casamento com Fred levam Mary, frustrada com sua vida, a entreter-se com álcool e tranquilizantes. Não é somente ela: suas amigas também refugiam-se na bebida e nas pílulas para suportar o fastio do dia a dia e a infidelidade dos maridos... Após uma tentativa de suicídio que a faz parar no hospital, Mary resolve respirar novos ares e parte para Nassau. Lá, envolve-se com o latin lover Franco, que está de olho no dinheiro dela. Mas não há dinheiro nenhum e Franco desaparece. Mary, então, faz um levantamento de seu passado e examina suas opções.

Premiações[editar | editar código-fonte]

Patrocinador Prêmio Categoria Situação
Academia de Artes e Ciências Cinematográficas Oscar Melhor Atriz (Jean Simmons)
Melhor Canção Original
Indicado
Indicado
Associação de Correspondentes Estrangeiros de Hollywood Golden Globe Melhor Atriz em Filme Dramático (Jean Simmons)
Trilha Sonora Original
Melhor Canção Original
Indicado
Indicado
Indicado

Elenco[editar | editar código-fonte]

Ator/Atriz Personagem
Jean Simmons Mary Wilson
John Forsythe Fred Wilson
Shirley Jones Flo Harrigan
Lloyd Bridges Sam
Teresa Wright Senhora Spencer
Dick Shawn Harry Bricker
Nanette Fabray Agnes
Bobby Darin Franco
Tina Louise Helen Bricker
Kathy Fields Marge Wilson
Karen Steele Uma divorciada
Gail Hensley Betty
Eve Brent Ethel

Referências

  1. BERGAN, Ronald, The United Artists Story, Londres: Octopus Books, 1986 (em inglês)
  2. MALTIN, Leonard, Leonard Maltin's Movie Guide - 2011 Edition, Nova Iorque: New American Library, 2010 (em inglês)
  3. FINLER, Joel W., Richard Brooks, in The Movie Directors Story, Nova Iorque: Crescent Books, 1985 (em inglês)
  4. BUTLER, Craig. «The Happy Ending». AllMovie. Consultado em 7 de outubro de 2014 
  5. WLASCHIN, Ken, The World's Great Movie Stars and Their Films, Londres: Peerage Books, 1985 (em inglês)

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]