The Hunt for Red October

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Este artigo é sobre o filme. Para o livro que o inspirou, veja A Caçada ao Outubro Vermelho.
Translation to english arrow.svg
A tradução deste artigo está abaixo da qualidade média aceitável. É possível que tenha sido feita por um tradutor automático ou por alguém que não conhece bem o português ou a língua original do texto. Caso queira colaborar com a Wikipédia, cine e melhore este verbete conforme o guia de tradução.
The Hunt for Red October
Pôster de divulgação
No Brasil A Caçada ao Outubro Vermelho[1]
Caçada ao Outubro Vermelho[2]
Em Portugal Caça ao Outubro Vermelho[3]
 Estados Unidos
1990 •  cor •  134 min 
Direção John McTiernan
Produção Mace Neufeld
Roteiro Larry Ferguson
Donald Stewart
Baseado em Tom ClancyA Caçada ao Outubro Vermelho
Elenco Sean Connery
Alec Baldwin
Scott Glenn
Sam Neill
Género ação
guerra
drama
Música Basil Poledouris
Cinematografia Jan de Bont
Edição Dennis Virkler
John Wright
Distribuição Paramount Pictures
Idioma inglês
russo
Orçamento US$ 30 milhões[4]
Receita US$ 200 milhões[4]
Página no IMDb (em inglês)

The Hunt for Red October é um filme estadunidense de 1990, do gênero drama de ação e guerra, dirigido por John McTiernan, com roteiro de Larry Ferguson e Donald Stewart baseado no livro A Caçada ao Outubro Vermelho, de Tom Clancy.

A trama se passa nos últimos anos da Guerra Fria e gira em volta do capitão de um submarino russo que pretende desertar para os EUA levando junto seus oficiais e o mais avançado navio da marinha soviética. Um agente da CIA é o único que percebe as suas intenções e luta para provar a sua teoria antes que um confronto entre a marinha russa e americana saia fora de controle.

Caça ao Outubro Vermelho seria o primeiro de uma série de filmes com a personagem Jack Ryan[5], depois interpretada por Harrison Ford, Ben Affleck e Chris Pine.

Enredo[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Novembro de 1984. O capitão de marinha soviética Marko Ramius (Sean Connery) comanda o Outubro Vermelhoum novo submarino da classe Typhoon, munido de uma "lagarta", um revolucionário sistema de propulsão que o torna indetectável ao sonar. O navio dirige-se para o Atlântico Norte, de forma a conduzir exercícios militares com o submarino V. K. Konovalov, comandado pelo antigo aluno de Ramius, o capitão Tupolev (Stellan Skarsgard). Já em alto mar, Ramius mata em segredo o oficial político Ivan Putin (Peter Firth) e comunica falsamente à tripulação que o navio fará testes de mísseis ao largo dos EUA, refugiando-se em seguida em Cuba.

Na manhã seguinte, o analista da CIA e ex-Marine Jack Ryan (Alec Baldwin) reúne-se com o vice-almirante James Greer (James Earl Jones) e informa o departamento de defesa dos EUA acerca do Outubro Vermelho e como este, sendo indetectável, pode atacar os EUA sem qualquer aviso. As altas patentes militares são informadas de que a quase totalidade da frota soviética foi destacada para caçar o Outubro Vermelho, informando que Ramius tenciona lançar os seus mísseis aos Estados Unidos. Ryan, por seu turno, considera que Ramius planeia desertar, não tendo outra opção senão encontrar-se com o submarino USS Dallas para comprovar a sua teoria. Tupolev continua no encalço e apesar de não conseguir perceber ao certo onde se encontra o Outubro Vermelho, adivinha o seu percurso e tenta interceptá-lo.

Enquanto o Outubro Vermelho realiza manobras arriscadas num desfiladeiro submarino, a "lagarta" falha, sabotada por um membro da tripulação. O oficial de comunicações do Dallas, Ronald Jones (Courtney B. Vance), consegue descobrir o Outubro Vermelho através de técnicas de hidroacústica e intercepta o navio soviético. Ryan consegue chegar ao USS Dallas após uma perigosa manobra de embarque, e convence o comandante do submarino americano, Bart Mancuso (Scott Glenn) a contactar o capitão Ramius e perceber as suas intenções. 

O embaixador soviético nos EUA informa o governo americano que Ramius é um renegado e pede ajuda para afundar o seu navio. As ordens são enviadas para toda a frota americana, incluindo o U.S.S. Dallas. Ryan, no entanto, está convencido que Ramius irá desertar e convence o capitão Mancuso a oferecer ajuda. Ramius está surprendido com o facto dos americanos terem adivinhado as suas intenções, e simula uma emergência com um dos reactores para provocar a evacuação do navio. Ao largo, uma fragata dos EUA informa o Outubro Vermelho  que irá abordá-lo, ameaçando disparar. Ramius informa a tripulação em fuga que irá submergir e afundar a fragata americana. Enquanto isso, Ryan, Mancuso e Jones abordam em segredo o navio soviético através de um submarino de resgate. Ramius pede-lhes asilo político para ele e para os seus oficiais.

Subitamente, o Konovalov ataca, tendo descoberto a localização do navio. Enquanto ambos os submarinos manobram, Loginov, um dos cozinheiros da tripulação do Outubro Vermelho e na verdade um agente da GRU disfarçado, abre fogo sobre Ramius e a tripulação, ferindo mortalmente o imediato Vasily Borodin (Sam Neill), antes de se esconder na secção de mísseis nucleares. Após ferir Ramius, Loginov é morto por Ryan enquanto tentava provocar uma detonação.

Konovalov é destruído pelo seu próprio torpedo, após uma série de manobras de diversão com a ajuda do Dallas. Ao verem a explosão, e sem saberem do outro submarino russo, a tripulação do Outubro Vermelho crê que Ramius auto-destruiu o próprio navio para evitar ser abordado.

Tendo conseguido passar despercebidos, Ryan e Ramius direccionam o Outubro Vermelho para o rio Penobscot, no Maine. Ramius admite que decidiu desertar quando viu pela primeira vez os planos do navio - desenhado única e exclusivamente para começar uma guerra - afirmando que seria incapaz de apoiar tal ação. No topo do convés, Ramius cita Cristóvão Colombo. Ryan responde: "Bem-vindo ao novo mundo.".

Gtk-paste.svg Aviso: Terminam aqui as revelações sobre o enredo.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Produção[editar | editar código-fonte]

Desenvolvimento[editar | editar código-fonte]

O produtor Mace Neufeld tencionava adaptar o livro de Tom Clancy ao cinema após ler um esboço do mesmo em Fevereiro de 1985. Apesar do livro se ter tornado um best seller, nenhum estúdio de Hollywood estava interessado em adaptar o mesmo por causa do seu conteúdo. Neufeld disse: "Li relatórios de alguns estúdios e eles achavam que a história era demasiado complicada para ser compreendida". Depois de um ano e meio, conseguiu mostrar o livro a um executivo da Paramount Pictures, que concordou em adaptá-lo ao cinema.

Os argumentistas Larry Ferguson e Donald Stewart começaram a escrever o guião enquanto Neufeld procurou a aprovação da marinha dos Estados Unidos. Esta temia que o filme revelasse informação e tecnologia ultra-secreta em seu poder. No entanto, vários almirantes gostaram do livro de Clancy e perceberam que o filme poderia fazer o mesmo pelos submarinos que Top Gun fez pela força aérea. O Capitão Michael Sherman, director do gabinete de informação regional da marinha em Los Angeles fez várias sugestões para dar uma imagem positiva da instituição.

Foi dado acesso à equipa a vários submarinos da classe Los Angeles, que puderam fotografar várias partes não-confidenciais dos submarinos Chicago e Portsmouth de forma a poderem ser feitas guias para a criação de cenários e adereços. O submarino Louisville foi usado na cena em que Alec Baldwin desce de um helicóptero em direcção ao submarino. Vários membros principais da equipa e do elenco tripularam submarinos, incluindo Baldwin e Scott Glenn, que passaram uma noite no Salt Lake City. Glenn, que fazia o papel do comandante do submarino Dallas, treinou o seu papel assumindo a identidade de capitão do Houston (que serviu de cenário do Dallas em várias cenas). A equipa do Houston recebeu ordens de Glenn, que ecoava ordens do próprio comandante.


Prêmios[editar | editar código-fonte]

Oscar 1991
BAFTA 1991


Referências

  1. «A Caçada ao Outubro Vermelho». Brasil: CinePlayers. Consultado em 22 de janeiro de 2019 
  2. «Caçada ao Outubro Vermelho». Brasil: AdoroCinema. Consultado em 22 de janeiro de 2019 
  3. «Caça ao Outubro Vermelho». Portugal: SapoMag. Consultado em 22 de janeiro de 2019 
  4. a b «The Hunt for Red October». Box Office Mojo 
  5. EWALD FILHO, Rubens (2001). Guia de filmes DVD News. São Paulo (Brasil): NBO Editora. p. 58. ISBN 8588772019 
  6. a b c «63.º Oscar - 1991». CinePlayers. Consultado em 22 de janeiro de 2019 
Ícone de esboço Este artigo sobre um filme estadunidense é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.