The Jungle

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Capa de The Jungle

The Jungle é um romance de 1906 escrito pelo jornalista e escritor estadunidense Upton Sinclair (1878-1968).[1] Sinclair escreveu o romance para retratar as condições ásperas e as vidas exploradas dos imigrantes nos Estados Unidos em Chicago e em cidades industrializadas similares.[2]

O livro descreve a pobreza da classe trabalhadora, a falta de apoios sociais, além de condições de vida e de trabalho duras e desagradáveis e uma desesperança entre muitos trabalhadores. Estes elementos são contrastados com a corrupção profundamente enraizada das pessoas no poder. Uma crítica do escritor Jack London chamou-a de "Uncle Tom's Cabin da escravidão assalariada".[3]

Referências

  1. Brinkley, Alan (2010). «17: Industrial Supremacy». The Unfinished Nation. [S.l.]: McGrawHill. ISBN 978-0-07-338552-5 
  2. Van Wienen, Mark W. (2012). «American socialist triptych: the literary-political work of Charlotte Perkins Gilman, Upton Sinclair, and W.E.B. Du Bois. n.p.». University of Michigan Press. Book Review Digest Plus (H.W. Wilson) 
  3. «Upton Sinclair», Social History (biography), arquivado do original (blog) em |arquivourl= requer |arquivodata= (ajuda)  Parâmetro desconhecido |dataarquivo= ignorado (ajuda); Parâmetro desconhecido |dataacceso= ignorado (|acessodata=) sugerido (ajuda).

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um livro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.