The Killing of Sister George

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
The Killing of Sister George
Estados Unidos
Direção Robert Aldrich
Produção Robert Aldrich
Roteiro Lukas Heller
Elenco Cyril Delevanti
Ronald Fraser
Sivi Aberg
Beryl Reid
Coral Browne
Patricia Medina
Susannah York
Gênero drama • cinema LGBT
Música Gerald Fried
Cinematografia Joseph Biroc
Distribuição Cinerama Releasing Corporation
Lançamento 15 de dezembro de 1968, 16 de dezembro de 1968, março de 1969, 12 de setembro de 1969, 3 de novembro de 1969, 20 de março de 1970, 25 de junho de 1970, 29 de janeiro de 1971, 26 de fevereiro de 1971, 8 de setembro de 1971
Duração 138 minuto

The Killing of Sister George (bra: Triângulo Feminino[1]) é um filme estadunidense de 1968, um drama dirigido por Robert Aldrich, com roteiro de Lukas Heller baseado na peça teatral homônima de Frank Marcus e estrelado por Beryl Reid, Susannah York e Coral Browne.[2] Este foi um dos primeiros filmes comerciais a ter como tema a homossexualidade feminina.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

June Duckbridge é uma atriz de meia-idade em decadência. A personagem que ela interpreta numa telenovela morrerá, e a única oferta de emprego disponível é ser a voz da vaca Clarabela. Não bastasse isso, ela suspeita que sua jovem namorada está tendo um caso com outra mulher.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Golden Globes 1969

Referências

  1. «Triângulo Feminino». Brasil: CinePlayers. Consultado em 31 de julho de 2019 
  2. MEL GUSSOW (9 de agosto de 1996). «Frank Marcus, 68, Who Wrote 'The Killing of Sister George'» (em inglês). The New York Times. Consultado em 2 de julho de 2019 
  3. «WINNERS & NOMINEES: Killing of Sister George, The» (em inglês). Golden Globes. Consultado em 31 de julho de 2019 
Ícone de esboço Este artigo sobre um filme estadunidense é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.