The Kremlin Letter

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book.svg
Este artigo ou secção não cita fontes confiáveis e independentes (desde abril de 2013). Ajude a inserir referências.
O conteúdo não verificável pode ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
The Kremlin Letter
Carta ao Kremlin (BRA)
 Estados Unidos
1970 •  cor •  123 min 
Direção John Huston
Produção Carter DeHaven
Sam Wiesenthal
Roteiro John Huston
Gladys Hill
Género espionagem
Música Robert Jackson Drasnin
Direção de arte Elven Webb
Figurino John Furniss
Cinematografia Edward Scaife
Edição Russell Lloyd
Companhia(s) produtora(s) 20th Century Fox
Lançamento 1º de fevereiro de 1970
Idioma inglês
russo

The Kremlin Letter (Br: Carta ao Kremlin) é um filme produzido nos Estados Unidos em 1970 e dirigido por John Huston. É baseado em livro de mesmo nome de Noel Behn.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Após ser dispensado da Marinha, o tenente Charles Rone é contactado pelo 'Salteador' para uma missão: reunir uma equipe e recuperar uma carta do governo americano ao governo soviético, que poderia causar embaraço diplomático com a China. Essa equipe é enviada à União Soviética e se defrontarão com Alexei Bresnavitch, membro do Comité Central do Partido Comunista da União Soviética e com chefe da contraespionagem soviética o coronel Kosnov. Este último passou a viver com Erika, que fora esposa de Poliakov, que tentara primeiro obter a carta mas fora pego e morto pelo próprio Kosnov.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um filme é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Applications-multimedia.svg A Wikipédia tem o