The Little Rascals

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Este artigo é sobre um filme. Para a série de curtas que lhe serviu de base, veja Our Gang.
The Little Rascals
Os Batutinhas[1] (BRA)
Cartaz do filme
 Estados Unidos
1994 •  cor •  82 min 
Direção Penelope Spheeris
Produção Bill Oakes
Michael King
Gerald R. Molen
Roteiro Penelope Spheeris
Robert Wolterstorff
Mike Scott
Paul Guay
Stephen Mazur
Baseado em Our Gang
por Hal Roach
Elenco Travis Tedford
Kevin Jamal Woods
Jordan Warkol
Zachary Mabry
Ross Elliot Bagley
Courtland Mead
Sam Saletta
Blake Jeremy Collins
Blake McIver Ewing
Juliette Brewer
Heather Karasek
Brittany Ashton Holmes
Bug Hall
Elmer
Petey (o cão)
Gênero comédia
Música William Ross
Cinematografia Richard Bowen
Edição Ross Albert
Peter Teschner
Companhia(s) produtora(s) Amblin Entertainment
KingWorld Filmed Entertainment
Distribuição Universal Pictures
Lançamento Estados Unidos 5 de agosto de 1994
Brasil 7 de dezembro de 1994
Portugal 18 de agosto de 1995
Idioma inglês
Receita US$ 67 milhões
Cronologia
The Little Rascals Save the Day
Página no IMDb (em inglês)

The Little Rascals (br: Os Batutinhas) é uma comédia estadunidense de 1994, dirigida por Penelope Spheeris, produzida pela Amblin Entertainment e distribuída pela Universal Pictures, com roteiro de Paul Guay, Stephen Mazur e da própria diretora. O filme é baseado na cinessérie de curtas-metragens Our Gang, de Hal Roach, produzida dos anos 1920 aos anos 1940, sobre as aventuras de uma turma de crianças do bairro. Em 2014, foi lançada uma continuação diretamente em vídeo intitulada The Little Rascals Save the Day.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Spanky ("Batatinha" no Brasil) é o presidente do Clube dos Machos que Detestam as Mulheres ("mulher" em inglês é "woman", mas foi gravado pelo clube como "womun"). O clube possui muitos meninos em idade escolar de todo o bairro como membros. Seu melhor amigo, Alfalfa, foi escolhido como o piloto do carro do clube: "The Blur", na corrida anual Soap Box Derby. No entanto, quando o anúncio é feito, ninguém encontra Alfalfa.

Os meninos pegam Alfalfa na companhia de Darla. Os membros do clube tentam fazer o possível para separá-los, eventualmente causando um incêndio em seu clube. Darla é erroneamente levada a crer que Alfalfa sente vergonha dela, então ela se vira suas atenções para Waldo, o novo garoto cujo pai (interpretado por Donald Trump) é um magnata do petróleo. Spanky, Stymie e amigos julgam e punem Alfalfa, deixando-o como guarda do kart dia e noite até o dia da corrida. Até esse dia chegar, Alfalfa faz muitas tentativas para atrair de volta Darla, incluindo uma visita ao seu ensaio de balé, uma carta de amor não entregue e uma serenata.

A fim de reconstruir o seu clube, os meninos tentam financiar para cobrir o custo da madeira: US$450. Mas os mais jovens, Porky e Buckwheat, conseguem US$500. Sua professora descobre sobre o esquema, mas Spanky convence-a a usar os fundos como prêmio em dinheiro para a corrida.

"The Blur" é roubado pelos valentões locais: Butch e Woim. Além de terem que reconstruir o clube, os meninos agora precisam de um novo conjunto de rodas. Eles se unem para construir "Blur 2: A Sequência". Antes do dia da corrida, Spanky e Alfalfa se reconciliam e decidem andar juntos nos dois lugares do carro. Eles esperam ganhar o prêmio em dinheiro e o troféu, que será apresentado aos vencedores pelo maior piloto de todos: "A.J. Ferguson".

Butch e Woim fazer várias tentativas sorrateiras de impedir Alfalfa e Spanky de vencer a corrida. Waldo, que (aparentemente) expulsa Darla de seu carro de corrida, também utiliza alguns truques. É uma corrida selvagem até o fim, mas o "Blur 2" cruza a linha de chegada à frente da corrida (e resultando em uma foto final entre "The Blur" e "The Blur 2" literalmente "por um fio de cabelo", devido ao pontudo penteado de Alfalfa), apesar dos muitos arranhões e acidentes em todo o derby. Quando Butch e Woim tentam bater em Alfalfa, ele atira Butch em uma poça de porcos e Woim joga-se dentro.

Junto com o primeiro prêmio, Alfalfa também ganha de volta o coração de Darla após ser revelado que Darla chutou Waldo para fora do carro, e não o oposto. Spanky, entretanto, está chocado com a apresentação do troféu, quando ele finalmente encontra o seu piloto favorito, A.J. Ferguson. O piloto é, na realidade, uma mulher. Assim que a sede do clube é reconstruída, os meninos têm coletivamente uma mudança de coração em direção a adesão e aceitam Darla e suas amigas para o clube, com a expressão "Mulheres bem-vindas" acrescentada ao lema.

Gtk-paste.svg Aviso: Terminam aqui as revelações sobre o enredo.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Crianças
Adultos
Animais

Lançamento[editar | editar código-fonte]

Recepção da crítica[editar | editar código-fonte]

The Little Rascals tem recepção geralmente desfavorável por parte da crítica especializada. Possui Tomatometer de 27% em base de 11 críticas no Rotten Tomatoes. Por parte da audiência do site tem 70% de aprovação.[3]

Bilheteria[editar | editar código-fonte]

Conseguiu 10 milhões de dólares na América do Norte durante a sua semana de estréia, ficando em quarto lugar.[4][5] O filme arrecadou um total de 67,308,282 de dólares mundialmente, sendo um sucesso.[carece de fontes?]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Os Batutinhas». Brasil: CinePlayers. Consultado em 28 de janeiro de 2019 
  2. «American Bulldog Movies». Reel Dogs (em inglês). 20 de abril de 2015. Consultado em 14 de julho de 2019 
  3. «The Little Rascals» (em inglês). Rotten Tomatoes. Consultado em 1 de fevereiro de 2014 
  4. Fox, David J. (8 de agosto de 1994). «A 'Clear' Triumph at Box Office : Movies: The Harrison Ford thriller seizes the No. 1 spot with estimated ticket receipts of more than $20 million.». The Los Angeles Times. Consultado em 6 de janeiro de 2011 
  5. Welkos, Robert W. (16 de agosto de 1994). «Weekend Box Office». The Los Angeles Times. Consultado em 11 de janeiro de 2011 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]