The Machinist

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
The Machinist
O Maquinista (PT)
O Operário (BR)
Flag of Spain.svg Espanha
2004 •  cor •  102 min 
Direção Brad Anderson
Roteiro Scott Kosar
Elenco Christian Bale
Jennifer Jason Leigh
John Sharian
Aitana Sánchez-Gijón
Michael Ironside
Género Filme de suspense
Idioma inglês
Site oficial
Página no IMDb (em inglês)

The Machinist (O Operário (título no Brasil) ou O Maquinista (título em Portugal)) é um longa psicológico lançado em 2004. O filme foi escrito por Scott Kosar, dirigido por Brad Anderson e estrelado por Christian Bale.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Trevor Reznik (Christian Bale) sofre de insônia há 1 ano e isso se reflete nitidamente em sua saúde física e mental. Por esse motivo, nos últimos tempos se tornou um homem bastante solitário. Suas únicas ligações emocionais, aparentemente, são com uma prostituta chamada Stevie (Jennifer Jason Leigh) e Maria (Aitana Sánchez-Gijón), uma garçonete que trabalha em uma cafeteria de um aeroporto. Reznik é Operário em uma fábrica e durante um dia normal no trabalho, Miller (Michael Ironside), colega de Reznik, pede seu auxílio para executar uma função na máquina que opera, mas Reznik é distraído por algo e Miller sofre um grave acidente. Logo após ao ocorrido, Reznik começa a pensar que está sendo perseguido pelos seus colegas de trabalho e fica paranóico com a ideia de que o culpam pelo que aconteceu. Outras situações suspeitas ocorrem em seu cotidiano, fazendo com que Reznik fique ainda mais desconfiado e mais do que nunca, busque lutar para manter sua sanidade e seu emprego.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Produção[editar | editar código-fonte]

Apesar do filme se passar em uma cidade da Califórnia, ele foi gravado quase inteiramente em Barcelona, Espanha.

Christian Bale fez uma dieta rigorosa de quatro meses antes de começarem as gravações, pois seu personagem precisava parecer drasticamente magro e doente. Sua dieta consistia em apenas uma xícara de café preto, uma maçã e uma lata de atum por dia, oque dava aproximadamente de 55 a 260 calorias diárias.[1] De acordo com o comentário do DVD, Bale perdeu 29 kg, ficando com um peso de 54 kg. Bale queria chegar até os 45 kg, mas foi impedido pelos produtores do filme por preocupações com sua saúde. Ele mais tarde retornou a seu peso antigo e ganhou mais 27 kg para o seu papel no filme Batman Begins.

O diretor Brad Anderson machucou suas costas durante a filmagem, e na maior parte da produção dirigiu o filme deitado em uma maca.[2]

Influências de Dostoiévski[editar | editar código-fonte]

É clara a influência da obra de Dostoiévski neste filme, assim como as inúmeras referências aos seus livros. Crime e Castigo aparece como uma placa durante a visita de Reznik ao brinquedo do trem fantasma, e o tema da culpa é abordado extensivamente durante o filme. Podemos ver o protagonista lendo O Idiota durante seus surtos de insônia. A criança epiléptica é uma referência também ao protagonista de O Idiota, assim como ao próprio Dostoiévski. Referências a Irmãos Karamazov também aparecem, como Ivan, personagem que lembra muito Ivan Karamazov na conversa com o diabo durante seu sonho.

Alguns desses detalhes aparecem na entrevista com o diretor que acompanha o DVD.

Referências

  1. Bracchi, Paul (22 July 2008). «Christian Bale Boy circus star 13». The Daily Mail (London [s.n.]). 
  2. Fischer, Russ (2004-10-13). «Interview: Brad Anderson». Chud. Consultado em 13 October 2006. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]