The Other Boleyn Girl

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
The Other Boleyn Girl
Duas Irmãs, um Rei (PT)
A Outra (BR)
 Reino Unido
2008 •  cor •  114 min 
Direção Justin Chadwick
Roteiro Peter Morgan
Elenco Natalie Portman
Scarlett Johansson
Eric Bana
Género drama
Idioma inglês
Página no IMDb (em inglês)

The Other Boleyn Girl (A Outra (título no Brasil) ou Duas Irmãs, um Rei (título em Portugal)) é filme de 2008, adaptado do livro A Irmã de Ana Bolena, escrito por Philippa Gregory. Tem no seu elenco Natalie Portman, Scarlett Johansson e Eric Bana. O filme foi dirigido por Justin Chadwick.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Baseado em uma história real, o filme mostra duas irmãs, Ana (Natalie Portman) e Maria (Scarlett Johansson) Bolena que, conduzidas pela ambição da família e na busca pelo poder e status, se envolvem em um jogo, onde o amor e a atenção do Rei da Inglaterra são o objetivo. Jogadas na perigosa vida da corte, o que era para ser uma tentativa de ajuda à família, transforma-se em cruel rivalidade entre irmãs. A primeira que consegue a atenção do rei Henrique VIII, (Maria), engravida, todavia o filho não é do rei Henrique VIII (o filme optou por omitir esta informação). Tempos depois,a família Bolena traz de volta Ana, que estava na França como dama de companhia da Rainha e ela conquista o rei, até o seu final trágico.

Elenco principal[editar | editar código-fonte]

Precisão histórica[editar | editar código-fonte]

  • María era mais velha do que Ana, enquanto no livro e no filme ela é mostrada como se ela fosse a filha mais nova.
  • Na verdade, Ana não foi enviada a França como conseqüência de uma punição, mas morou lá durante parte de sua infância para aprender os costumes do [Tribunal] Assim como a irmã Maria fez.
  • Antes de ser um amante de Henrique VIII da Inglaterra, Maria supostamente também tinha sido a concubina do rei Francisco I da França, além de manter vários outros assuntos amorosos.
  • Maria era a filha favorita de seus pais e não Ana, como está implícita no livro e no filme. Na verdade, Thomas Boleyn tinha pensado em mandar Ana para um [convento] de freiras porque não sabia o que fazer com ela.
  • Maria teve dois filhos, Catherine e Henry Carey, Catherine sendo o mais velho. O filme só mostra o nascimento de Henry, embora no final do filme você também pode ver uma menina brincando com ele e Isabel I de Inglaterra Isabel.
  • Muito provavelmente, Maria não estava na corte no dia em que Ana morreu e, claro, não falou com Henrique VIII para implorar o perdão de sua irmã.
  • No filme, o casamento de Anne com Henry Percy é mantido em segredo. No entanto, historicamente, era o rei e Cardeal Wolsey quem conhecia e separava o casal. Ana e Henry nunca se casaram, embora eles alegadamente tenham feito um contrato pré-nupcial.
  • Maria Bolena não cuidou de [[Isabel I de Inglaterra] Isabel] após a morte de Ana. Na verdade, Isabel não estava no tribunal quando a mãe morreu. Ela ficou com o cuidado de Lady Margaret Bryan até o nascimento de seu irmão e mais tarde educado por Katherine Ashley.
  • Ana foi julgada por ter cometido adultério com seu irmão e também com outros quatro homens. Hoje, a maioria dos historiadores considera falsas todas as acusações.
Ícone de esboço Este artigo sobre um filme é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.