The Price of Salt

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
The Price of Salt
Autor(es) Patricia Highsmith
Idioma Língua inglesa
País  Estados Unidos
Gênero Thriller psicológico
Romance
Editora Coward-McCann
W. W. Norton & Company
Lançamento 1952
Páginas 288
ISBN 978-0-393-32599-7

The Price of Salt, também publicado pelo nome de Carol, é um livro estadunidense escrito por Patricia Highsmith.[1][2][3] Foi lançado originalmente em 1952, segue a mesma sequência de thriller psicológico de Strangers on a Train, obra da mesma escritora feita dois anos antes.[4][5] Citado pelo The New York Times como um "romance moderno de duas mulheres", aborda a lesbianidade, um assunto pouco dialogado na década de 1950.[6][7] A narrativa de Highsmith foi para o rádio e para o cinema, sob o nome Carol, a radionovela foi produzida pela BBC Radio 4[8][9] e o filme, roteirizado por Phyllis Nagy, ganhou prêmios importantes como Globo de Ouro.[10][11]

Referências

  1. Wilson, Andrew (2003). Beautiful Shadow: A Life of Patricia Highsmith. New York: Bloomsbury. p. 441–42. Consultado em 29 de janeiro de 2016. 
  2. Jones, Nick (25 de setembro de 2015). «Carol by Patricia Highsmith (Bloomsbury, 1990); Orig. The Price of Salt by Claire Morgan (Coward-McCann, 1952): Book Review». Existential Ennui. Consultado em 3 de janeiro de 2016. 
  3. Peters, Fiona. Anxiety and Evil in the Writings of Patricia Highsmith. [S.l.]: Ashgate Publishing. pp. 93, 127. ISBN 1409478912 
  4. Dawson, Jill (13 de maio de 2015). «Carol: the women behind Patricia Highsmith's lesbian novel». The Guardian. Consultado em 1 de junho de 2015. 
  5. Talbot, Margaret (30 de novembro de 2015). «Forbidden Love». The New Yorker. Consultado em 2 de janeiro de 2016. 
  6. Castle, Terry (23 de maio de 2006). «Pulp Valentine». Slate. The Slate Group 
  7. Fonseca, Sarah (7 de janeiro de 2015). «Patricia Highsmith's Lesbian Pulp Classic The Price of Salt Is Coming To A Theater Near-ish You In 2015». Autostraddle. The Excitant Group. Consultado em 3 de janeiro de 2016. 
  8. Fleming Jr., Mike (28 de maio de 2013). «The Weinstein Company Acquires U.S. Rights To Todd Haynes-Helmed 'Carol'». Deadline.com. Consultado em 28 de maio de 2013. 
  9. Siegel, Ed (6 de janeiro de 2016). «Todd Haynes' 'Carol' — Somebody Finally Gets Patricia Highsmith Right». The ARTery (WBUR). Boston University. Consultado em 7 de janeiro de 2016. 
  10. Festival de Cannes (15 de abril de 2015). «The 2015 Official Selection». Festival de Cannes 
  11. RFI (24 de maio de 2015). «US film Carol wins Queer Palm at Cannes». RFI 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]