The Ren & Stimpy Show

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
The Ren & Stimpy Show
Ren & Stimpy (PT/BR)
Informação geral
Formato série de desenho animado
Duração Aprox. 22 minutos
Criador(es) John Kricfalusi
País de origem  Estados Unidos
 Canadá
Idioma original inglês
Produção
Elenco Billy West
John Kricfalusi
Exibição
Emissora original Televisão:

Estados Unidos Nickelodeon
Estados Unidos Nicktoons
Brasil Nickelodeon
Portugal SIC
Portugal FX

Internet:

Estados Unidos Dailymotion
Portugal Vimeo

Transmissão original 11 de agosto de 199114 de novembro de 1995
Temporadas 5
Episódios 53

The Ren & Stimpy Show, popularmente chamado de Ren & Stimpy, foi uma controversa série animada de televisão estadunidense-canadense criada por John Kricfalusi para a Nickelodeon.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

A série segue as aventuras de Ren, um emocionalmente instável chihuahua, e Stimpy, um gato meigo.

Produção[editar | editar código-fonte]

Ren & Stimpy estreou no dia 11 de Agosto de 1991 como um dos três Nicktoons originais, juntamente com Rugrats e Doug.

Ao longo de sua transmissão, a série gerou muitas controvérsias pelo seu humor vulgar adulto, como insinuações sexuais, humor negro,ofensas religiosas e violência bruta, que eram muito raras nas séries de animação infantil da época. O cartoon terminou no dia 16 de dezembro de 1995, com um total de cinco temporadas e 52 episódios.

Personagens[editar | editar código-fonte]

Principais[editar | editar código-fonte]

  • Renwick "Ren" Hoek: O protagonista da série. É um chihuahua neurótico e nervoso. É o "amigo" de Stimpy, apesar de descontar sua fúria nele. Seus hobbies são ler o jornal e observar garotas. Ele adora fumar.
  • Stimpson "Stimpy" J. Gato: É o melhor amigo de Ren, embora esconda uma possível homossexualidade dele. Possui um grande nariz azul e um cérebro do tamanho de uma noz. Ele é desajeitado, faz coisas estranhas e adora desenhos animados, mesmo já sendo velho para eles.

Secundários e recorrentes[editar | editar código-fonte]

  • George Liquor: É o dono do Ren e do Stimpy. Ele tem uma personalidade meio infantil e comporta-se como um fanfarrão, embora também seja sincero e generoso. Ele é meio estranho e possui os caracteres dos protagonistas, sendo que, certas vezes, enerva-se como Ren e outras faz parvoíces como Stimpy. Ele confunde Stimpy (gato) com um cão. Kricfalusi retratou o personagem como um fanfarrão patriótico, sincero e conservador. Tem um sobrinho chamado Jimmy.
  • Sr. Cavalo: É um cavalo que aparece em alguns episódios, interpretando um papel diferente em cada aparição. Kricfalusi teria tido como inspiração o personagem QuickDraw McGraw (Pepe Legal) da Hanna-Barbera para o criar.
  • Escocês: Um escocês muito rico que mora num castelo na Escócia.
  • Mr. e Mrs. Pipe: São um casal que Ren e Stimpy tentam tirar proveito. A intenção de John K. em esconder os rostos era parodiar o estilo antigo das personagens racistas. No episódio "Rubber Nipple Salesman" eles conseguem vender-lhes bicos. Em "The Big Baby Scam" eles tentam se disfarçar de bebés para conseguirem ter uma melhor vida.

Dubladores[editar | editar código-fonte]

Dublagem
Personagens Países
 Estados Unidos  Brasil Portugal Portugal *
Ren Billy West (1993-1995) Marco Ribeiro André Maia
John Kricfalusi (1991-1992)
Stimpy Billy West Marco Antônio Costa Rui de Sá
George Liquor Harris Peet Jorge Sequerra
Sr. Cavalo John Kricfalusi (1991-1993)

Billy West (1993-1995)

Guilherme Briggs
Homem-Torrada em Pó Gary Owens
Mr. Pipe Billy West Darcy Pedrosa (1ª voz)/ Alfredo Martins (2ª voz)
Mrs. Pipe Cheryl Chase Melise Maia Ermelinda Duarte
Narrador(es) John Kricfalusi Márcio Seixas Rui de Sá
André Maia
Jorge Sequerra
Estúdio de Dublagem Audio News Nacional Filmes

História[editar | editar código-fonte]

Popularidade[editar | editar código-fonte]

Apesar de ser um produto do canal pago infantil Nickelodeon, The Ren & Stimpy Show (série que no Brasil e em Portugal ficou conhecida simplesmente como Ren & Stimpy) teve uma reputação de mensagens e insinuações subversivas (como o cancelado Invasor Zim).

De fato, o programa rompeu os limites do bom gosto mais do que qualquer outro desenho havia feito antes: seu nível de humor escatológico, particularmente fixado em flatulências e ranho, só foi ultrapassado talvez por Beavis and Butt-Head ou The Brothers Grunt. Apesar de algumas vezes parecer apenas uma série escatológica e visualmente repulsiva, a série satirizava vários aspectos da cultura norte-americana da maneira mais ofensiva possível e causou desconforto em muitos telespectadores e executivos do estúdio.

Quadrinhos[editar | editar código-fonte]

Foi lançada uma série de histórias em quadradinhos de Ren & Stimpy, produzida pela Marvel Comics e pela Marvel Absurd, responsável pelos quadradinhos de Beavis and Butt-Head.

Edição[editar | editar código-fonte]

Depois que John Kricfalusi foi demitido, a Nickelodeon contratou uma nova equipe de animação para dirigir a continuação dos episódios de um modo mais educativo.

Músicas[editar | editar código-fonte]

The Ren and Stimpy Show e The Ren and Stimpy Adult Party Cartoon apresentaram uma grande variedade de músicas, que vão desde a folk pop ao jazz.

A abertura e os temas de encerramento foram compostas por um grupo de empregados Spümcø sob o nome de Die gritar Lederhosen, como uma banda desenhada de reconstrução, a banda alemã Die Toten Hosen.

Ren e Stimpy, também lançaram três álbuns: Crock O 'Natal, Você Eediot!, Rádio e Daze.

O personagem do inflamador ficar feliz hino intitulado Feliz, feliz, alegria, foi escrito por Charlie Brissette, John Kricfalusi, e Christopher Reccardi.

A capa desta canção, realizado por cera, é incluída no álbum tributo 1995 sábado Manhã: Cartoons' Greatest Hits, produzida por Ralph Sall para a MCA Records. Também são usadas músicas produzidas pela APM Music.

DVD e Internet[editar | editar código-fonte]

Vários episódios de Ren & Stimpy foram lançados pela Time-Life como o "Melhor de", em Setembro de 2003. Este conjunto está agora fora de impressão.

Em 12 de outubro de 2004, Paramount Home Entertainment lançou a primeira completa duas temporadas em uma caixa de três discos set.

Embora a imprensa cobrir arte e materiais alegaram os episódios foram lançados "sem cortes", um punhado de episódios eram, na realidade, editados devido ao uso das fitas que a Spike TV utilizava.

Um dos episódios da segunda temporada, "Sven Hoek", não têm reinseridas filmagens de uma fita VHS, mas com um relógio exibido na tela. A cena foi mais tarde restaurada por fãs.

Um conjunto de dvds chamados "Três Temporada e Meia", contendo toda a temporada três e na primeira metade da temporada quatro (até "It's A Dog's Life / Egg Yolkeo"), seguido em 28 de junho de 2005, com "Quinta Temporada e Mais um pouco da Quarta", completando a série para a Nickelodeon, em 20 de Julho.

Em 17 de julho de 2006, um conjunto de DVD duplo chamados "The Lost Episodes" foi lançada.

O conjunto "The Lost Episodes" mostram tanto os episódios exibidos e os episódios não exibidos de Ren e Stimpy Adult Party Cartoon, bem como clipes de episódios inacabados.

Ren & Stimpy também foi exibida no bloco Nick @t Nite da Nickelodeon às 00:00 aos sábados e domingos.

Os episódios foram postados em alguns países e podem ser achados e assistidos na Internet.

Nos Estados Unidos, alguns estadunidenses lançaram vídeos na Dailymotion. Já em Portugal, alguns portugueses lançaram os episódios na Vimeo, com a dobragem portuguesa da SIC.

Críticas, controvérsias e cancelamento[editar | editar código-fonte]

Abuso de violência[editar | editar código-fonte]

Muitos pais de crianças criticavam o fato do idiota mas bem educado e gentil Stimpy ser alvo de violência e ameaça constante por parte do seu suposto "amigo" Ren, geralmente na forma de um potente tapa na cara ou um chute. Há ainda vários momentos em que Ren (ou algum coadjuvante) irrompe em uma fúria psicótica e tenta assassinar Stimpy ( Por exemplo:dizer palavrões,bater,dar murros,beliscar ou assassinar) ou outro personagem submisso (no episódio Man's Best Friend, Ren espanca violentamente George Liquor com um remo). Enquanto a consciência geralmente impede Ren, essas cenas perturbadoras ajudaram a elevar o número de críticas de pais e educadores.

Cenas desse tipo sâo consideradas bullying indicam uma possível tendência de Ren em ser paranoico e esquizofrênico.

Conotação sexual e homossexualidade[editar | editar código-fonte]

Umas das particularidades do show era a presença bizarra de nojeira sexual na animação. No episódio "A hard days luck" há uma cena em o escocês chora e quando chora baixa os braços e quando os baixa é possível observar que o seu design está muito parecido com o de um pénis.

Um outro episódio polémico, este dirigido por Kricfalusi, foi o "The great outdoors" onde Ren e Stimpy deparam-se com um lago e acabam por ir tomar banho completamente pelados e acabam por ser surpreendidos por uma família nudista que toma banho junto com eles. Essa cena foi apontada como "gay" por vários fãs, embora não seja assim tão convincente.

A Nickelodeon censurou um episódio em particular, apenas disponível em VHS e dirigido pelo próprio Kricfalusi, em que sugeria que Ren e Stimpy eram, na verdade, namorados secretos o que revelava que eles eram amantes gays, fazendo com que a reputação da Nickelodeon caísse muito.

Polêmica ao nojo do programa[editar | editar código-fonte]

A Nickelodeon recebeu diversas críticas ao conteúdo do show entre elas uma censura sobre o show ser muito asco, o fato de que o conteúdo asco do show seria não adequado para crianças como em vários episódios.

A polémica sobre o show ser muito asco é uma das 4 polémicas que o show recebeu excluindo a polémica do episódio em VHS que foi uma crítica feita pela própria Nickelodeon o que fez que metade das pessoas não veeem. No total foram 50 censuras editadas e censuradas que teve.

Cancelamento e Reprises[editar | editar código-fonte]

A série não foi cancelada, e sim banida da Nickelodeon Studios em 1996. Os executivos da Nickelodeon resolveram cancelar o programa em todas as redes de televisão , porque não era adequado para ao público da Nickelodeon e aos padrões dos Nicktoons. Posteriormente, voltou à Nickelodeon dos Estados Unidos para ser transmitida no Nick @t Nite, depois da 00h.

Ao longo dos anos 2000, Ren & Stimpy Show foi reprisado no Brasil várias vezes, juntamente com o Ren & Stimpy Adult Party Cartoon. Em Portugal e no Brasil, Ren & Stimpy, junto com as sagas de anime de Dragon Ball e Os Cavaleiros do Zodiaco foram três casos controversos entre pais e educadores de crianças na década de 90.

Em Portugal, The Ren & Stimpy Show teve uma reprise no FX (atual Fox Comedy) em Setembro de 2009, com uma nova dobragem portuguesa. Foi emitido às 18h45 da tarde.

Retorno[editar | editar código-fonte]

The Ren & Stimpy Adult Party Cartoon[editar | editar código-fonte]

Foi lançada uma versão mais direcionada ao público adulto, chamada The Ren and Stimpy Adult Party Cartoon, apresentando episódios feitos sob a tutela de Kricfalusi, exibidos no canal Spike TV. Em 2004, Ren & Stimpy recebeu a posição número 18 da lista da emissora Channel 4 de 100 Melhores Desenhos. Atualmente, o desenho é transmitido pelo canal pago VH1. Alguns Episódios tinham pornografia e violência inadequada. Por isso que é chamado de The Ren and Stimpy Adult Party Cartoon ou Ren & Stimpy Adult Party Cartoon.

Canais e anos em que séries do Ren & Stimpy foram exibidas no Brasil[editar | editar código-fonte]

Brasil[editar | editar código-fonte]

No Brasil, o primeiro canal que transmitiu a série foi o Multishow, estreando em 1994 (juntamente com Os Cavaleiros do Zodiaco, na Rede Manchete), na sua versão original legendada, permanecendo na programação até 1997. Em 1998, e embalando a chegada do canal Nickelodeon ao Brasil, foi iniciada a transmissão de uma versão dublada do Brasil, permanecendo até 2003 no canal. Em 2002, 2003 e 2004, foi transmitida pela Locomotion. Entre 2009 e 2010, foi transmitido de forma fugaz no Nick Hits. E em 2010 e 2011 foi transmitido no Nick at Nite, tendo sido essa a sua última transmissão.

  • 1994-1997 Multishow legendado 1ª,2ª e 3ª temporada;
  • 1998-2003 Nickelodeon dublado todas as temporadas;
  • 2002-2004 Locomotion dublado todas as temporadas (incluindo episódios banidos);
  • 2009-2010 Nick Hits dublado 3ª,4ª,5ª temporada;
  • 2010-2011 Nick at Nite dublado 3ª e 5ª temporada.

Ren & Stimpy Adult Party Cartoon[editar | editar código-fonte]

Canais e anos em que séries do Ren & Stimpy foram exibidas em Portugal[editar | editar código-fonte]

Em Portugal, The Ren & Stimpy Show foi transmitido pela SIC de 1993 a 2001. Começou SIC no Buèrèré da Ana Malhoa, provocando grande impacto no país e ganhando fãs. Porém, a sua exibição no programa foi interrompida pelo próprio canal, devido a queixas e acusações ligadas ao conteúdo adulto, passando a ser transmitido em horário nobre, ao domingo de manhã, dando as temporadas todas, e sempre com bons níveis de audiência. Em 2002, foi transmitido pela SIC Radical, junto com o Dragon Ball. Aproveitando o sucesso de The Simpsons, a FOX iniciou em 2009, a transmissão de uma nova versão dobrada em português da série. Mais tarde o FX transmite a série na sua versão original e legendada, e os três episódios de Ren & Stimpy Adult Party Cartoon, até ao momento inéditos no país.

The Ren & Stimpy Show[editar | editar código-fonte]

Ren & Stimpy Adult Party Cartoon[editar | editar código-fonte]

2011-2012 FX

Canais e anos em que séries do Ren & Stimpy foram exibidas nos Estados Unidos[editar | editar código-fonte]

The Ren & Stimpy Show[editar | editar código-fonte]

Ren & Stimpy Adult Party Cartoon[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre animação é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.