The Runaways (filme)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
The Runaways
As Runaways (PT)
The Runaways - Garotas do Rock (BR)
Pôster promocional
 Estados Unidos
2010 •  cor •  106 min 
Direção Floria Sigismondi
Produção John Linson
Art Linson
Bill Pohlad
Produção executiva Joan Jett
Roteiro Floria Sigismondi
Baseado em Neon Angel: A Memoir of a Runaway de Cherie Currie
Elenco Dakota Fanning
Kristen Stewart
Michael Shannon
Gênero drama biográfico
Música Lillian Berlin
Cinematografia Benoît Debie
Edição Richard Chew
Distribuição Apparition
Lançamento Estados Unidos 24 de janeiro de 2010 (Festival de Sundance)
Brasil 24 de setembro de 2010 (Festival do Rio)
Idioma inglês
Orçamento US$10 milhões
Receita US$4,681,651[1]
Site oficial
Página no IMDb (em inglês)

The Runaways (The Runaways - Garotas do Rock (título no Brasil) ou As Runaways (título em Portugal)) é um filme de drama de 2010 que conta a história da banda de rock da década de 1970 de mesmo nome. O roteiro foi adaptado do livro Neon Angel: A Memoir of a Runaway, escrito pela vocalista original da banda Cherie Currie. OS filme é estrelado por Dakota Fanning como Currie, Kristen Stewart como a guitarrista e vocalista Joan Jett, e Michael Shannon como o produtor Kim Fowley. Dirigido e roteirizado por Floria Sigismondi, o filme foi lançado dia 19 de março de 2010 nos Estados Unidos. No Brasil, foi lançado dia 8 de outubro e distribuido pela Paris Filmes. O filme teve um orçamento de 10 milhões de dólares.[2]

The Runaways descreve a formação da banda em 1975, e centra-se na relação entre a Currie e Jett(Que de fato eram lésbicas) até que a saída de Currie da banda. O filme arrecadou cerca de $4.7 milhões de dólares em todo o mundo e recebeu críticas favoráveis ​​dos críticos.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Cherie Currie (Dakota Fanning) é uma adolescente de Los Angeles, California, que quer desesperadamente ser uma estrela do rock. Ela idolatra David Bowie e corta seu cabelo de forma semelhante a do cantor. Em seu show de talentos do ensino médio, ela usa de sincronia labial para cantar "Lady Grinning Soul" e apesar de algumas provocações da platéia ela acaba ganhado.

Joan Jett (Kristen Stewart) é uma adolescente que sonha com o estrelato. Em um clube noturno, ela conhece o produtor Kim Fowley (Michael Shannon) e fala sobre a sua pretensão de forma uma banda de rock só de garotas. Kim se mostra interessado. Ele apresenta Joan a Sandy West (Stella Maeve), uma baterista. Joan e Sandy se tornam amigas e começam a tocar, Quando Kim sugere que elas coloquem uma loira quente como vocalista.

Kim e Joan passeiam pelos clubes de Los Angeles, para procurarem loiras quentes e conhecem Cherie. Eles a convida para um teste, em um parque de trailers no San Fernando Valley e prepararam uma música com Suzi Quatro, para a garota executar em sua audição. Cherie canta "Fever" de Peggy Lee, na audição, mas a banda fica decepcionada com a escolha da canção. Kim e Joan, em seguida, escrevem "Cherry Bomb" para verem como se sairia na voz de Cherie, após a aprovarem, ela entra pra banda que passa a se chamar The Runaways, com a entrada de Lita Ford (Scout Taylor-Compton) na guitarra e Robin (Alia Shawkat) no baixo. (Robin é um personagem fictício criado para o filme, como um composto das várias baixistas do grupo [5 no total e 3 durante o tempo de Cherie Currie na banda].) Joan e Cherie protagonizam um beijo apaixonado, mas a cena seguinte é deixado para a imaginação do espectador.

The Runaways logo assinam com a Mercury Records e lançam um álbum. Devido ao sucesso do álbum, elas viajam para o Japão, para fazer um show. Depois do seu desempenho, Lita estampa revistas solo, porque ela achava que só tinha fotos de Cherie, em tudo. Cherie fica chateada, porque ela achava que as revistas era para da destaque a todas as integrantes da banda. Como Lita, Cherie e Joan argumentam, Com o sucesso, Os fãs começaram e perseguir as meninas, Quebrar as janelas do prédio, em que elas estavam. Problemas de Cherie com as drogas pioraram. As overdoses no hotel, A queda em um elevador no qual ela é levada para o hospital. Ao chegar nos Estados Unidos, Cherie começa a abusar de medicamentos analgésicos, de seu pai alcoólatra.

No estúdio de gravação de seu próximo álbum, Cherie tem um colapso mental e se recusa a cantar. Lita a insulta e embora Joan defende-se ela, Cherie sai da banda. Joan fica indignada e as Runaways acabam por terminar. Cherie volta para casa, enquanto Joan começa a sua própria banda, Joan Jett e os Blackhearts. Cherie tem um colapso novamente em uma cabine de telefone, em um estacionamento de supermercado. No hospital, sua irmã gêmea Marie Currie a visita e diz a ela para endireitar-se.

Alguns anos mais tarde, Cherie está trabalhando em uma padaria e ouve um cover de "I Love Rock 'n' Roll" no rádio, na voz de Joan e em seguida ela liga para a estação, onde Joan está visitando para entrevistas. Depois de uma conversa estranha entre Joan, Cherie, e o apresentador da rádio, Rodney Bingenheimer (Keir O'Donnell), Cherie diz seu adeus e continua trabalhando, sorrindo, Quando a próxima música de Joan, "Crimson and Clover", começa a tocar no rádio.

Elenco[editar | editar código-fonte]

(Da esquerda para a direita) Floria Sigismondi, Cherie Currie, Dakota Fanning e Kristen Stewart.

Produção[editar | editar código-fonte]

Evan Rachel Wood esteve cotada para interpretar Joan Jett, enquanto Cody Kennedy foi opção para interpretar Cherie Currie e Alessandra Torresani esteve cotada para interpretar Lita Ford.[4]

A integrante da banda, Joan Jett, trabalhou no filme como produtora executiva.[4]

Lita Ford e Jackie Fox, também integrantes do The Runaways, jamais foram contactadas sobre os direitos de uso da história. Fox chegou a abrir um processo contra os produtores por causa disto, mas Jett declarou que nenhuma personagem vista em cena foi baseada nela.[4] Enquanto que Ford considerou nojenta a oferta da agente de Joan Jett para comprar os direitos sobre sua história de vida.[5]

A baixista Robin é um personagem fictício no filme e não integrou a banda na vida real. Embora apareça tocando baixo na cena do show apresentado no Japão, onde a banda tocou Cherry Bomb, na vida real a baixista era Jackie Fox. Jackie Fox se recusou a ceder os direitos de aparição no filme,[6]

A cena do filme onde mostra Cherie Currie e Joan Jett sendo destratadas por 2 músicos enquanto ensaiavam, segundo Kim Fowley (produtor da banda na época), era a banda Rush.[7]

As filmagens ocorreram entre 21 de junho e 2 de agosto de 2009.[4]

Recepção[editar | editar código-fonte]

Carina Toledo do Omelete comentou "No entanto, a adrenalina causada pelo pioneirismo da banda logo vai se esvaindo, na medida em que fica claro que a estreante Floria Sigismondi, responsável pelo roteiro e direção, apenas repete a fórmula já gasta em outros filmes de rock. Momento "manchetes da imprensa voando pela tela"? Está lá. Excessos das drogas? Idem. Ego e fama subindo à cabeça, causando desentendimentos? Pode apostar."[8]

Trilha sonora[editar | editar código-fonte]

A trilha sonora do filme foi lançada em Março de 2010 e conta com gravações originais da banda e novas versões cantadas pelas protagonistas Dakota Fanning e Kristen Stewart, que precisaram treinar um mês antes das filmagens para que aprendessem as canções do The Runaways.[4] além de David Bowie, Sex Pistols e The Stooges.[9]

Nomeações[editar | editar código-fonte]

  • Teen Choice Awards - Melhor atriz em filme de drama (Kristen Stewart e Dakota Fanning) e Melhor filme de drama. (2010)

Ver também[editar | editar código-fonte]

  • Edgeplay: A film about The Runaways

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «The Runaways (2010)». Box Office Mojo. Consultado em 28 de outubro de 2013 
  2. The Runaways Box Office Mojo
  3. Davis, Rebecca (20 de janeiro de 2010). «The Insider - Alia Shawkat». Nylon. Consultado em 18 de junho de 2010 
  4. a b c d e The Runaways no AdoroCinema
  5. «Lita Ford critica filme sobre The Runaways». Rolling Stone Brasil. UOL. 8 de julho de 2009. Consultado em 28 de outubro de 2013 
  6. Jackie Fox, das Runaways quer barrar lançamento do filme sobre a banda, estrelado por Kristen Stewart e Dakota Fanning Pipoca Blog
  7. The Runaways: destratadas pelo Rush nos anos 70 Site do Whiplash
  8. Carina Toledo (24 de setembro de 2010). «Crítica: The Runaways - Garotas do Rock». Omelete. UOL. Consultado em 28 de outubro de 2013 
  9. The Runaways ganha trilha sonora Rolling Stone Brasil