The Secrets of Isis

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book.svg
Este artigo ou secção não cita fontes confiáveis e independentes (desde março de 2019). Ajude a inserir referências.
O conteúdo não verificável pode ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

A Poderosa Ísis (título original: The Secrets of Isis) é um seriado de televisão norte-americano dos anos 1975 e 1976 em 22 episódios. É o segundo seriado live-action americano a ter uma super-heroína como personagem título . Antes dele houve Wonder Woman (telessérie) com Lynda Carter em 1975 e um piloto de 1974 com Kate Lee Crosby. A protagonista era Andrea Thomas, interpretada por Joanna Cameron, uma professora de ciências e arqueóloga amadora que encontra um amuleto que teria pertencido a uma rainha egípcia. De posse do amuleto, Andrea pronunciava as palavras "Poderosa Ísis" e se transformava numa superheroína com incríveis poderes.

A série, criada pela empresa Filmation, na mesma época que também produzia a série Shazam!, com as aventuras do Capitão Marvel, exibiu alguns esparsos crossovers entre os dois personagens em cada uma das séries.

Ísis em outras mídias[editar | editar código-fonte]

  • Embora tendo surgido inicialmente na TV, Ísis também contracenou com Capitão Marvel nos quadrinhos, e teve seu próprio título pela DC Comics, que durou 8 números. Esta versão da personagem parece ter sido posta fora de existência com a Crise nas Infinitas Terras.
  • Na série animada da Filmation, Tarzan and the Super 7, Ísis também apareceu como membro da Freedom Force, grupo que continha ainda Merlin, Sinbad, Super Samurai e Hércules.
  • Recentemente, Ísis apareceu novamente em quadrinhos da DC Comics, e descobriu ser encarnação da esposa de Adão Negro, quando este ainda era um príncipe egípcio.

Poderes e habilidades[editar | editar código-fonte]

De posse do amuleto, Andrea pronunciava as palavras "Poderosa Ísis" e se transformava numa superheroína com incríveis poderes: força, resistência e reflexos sobre-humanos. Seu maior poder, entretanto, era o de invocar "feitiços". Seu feitiço mais recorrente era o de voar (por recitar "Ó Zéfir, tu que comandas o ar, erga-me para que eu possa voar"). Outros feitiços demonstrados na série incluíam a habilidade de ver eventos em outros locais, fazer objetos intangíveis, de parar o tempo numa área, e até revertê-lo.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

|below =Portal DC Comics }}