The Settlers

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Se procura a série de jogos, veja Série The Settlers.
The Settlers
Produtora(s) Blue Byte
Editora(s) Blue Byte
Plataforma(s)
Data(s) de lançamento 1993
Gênero(s) Estratégia em tempo real lento.
Modos de jogo Single Player.
Média CD-ROM
Controles mouse, Teclado.

The Settlers é o primeiro jogo da série de estratégia em tempo real lenta, onde o jogador comanda uma civilização, porém as coisas se movem um pouco mais lento que o normal para facilitar a administração.

Jogabilidade[editar | editar código-fonte]

O jogo, na maior parte do tempo é controlado pelo mouse, onde ele ordena construções, controla as opções de edifícios e coopera com os ataques. Porém o jogador só pode dar ordens, pois depois de recebidas as unidades já fazem as coisas automaticamente.

Começando um império[editar | editar código-fonte]

A cada partida os jogadores começam apenas com um castelo, e a partir dele eles começam a fazer ordens e distribuir os habitantes para seus devidos locais de trabalho.

Movimento[editar | editar código-fonte]

As unidades se movem de maneira lenta, porém precisa, e fazem de tudo pra cumprir o objetivo dado pelo jogador, tais como construir ou atacar. Assim os trabalhadores ficam nas estradas pra carregar tudo até o local de destino, ou então para passar a outro trabalhador. Já os soldados têm um sistema de defesa automático, apesar dos ataques precisarem de ordens. Então é possível notar que em grandes impérios o movimento das coisas perto do castelo central é muito grande por causa do transporte de recursos, e isso então esconde a lentidão do jogo, pois o jogador passa a notar mais a administração.

Necessidades[editar | editar código-fonte]

Todas as construções tem um morador e os moradores tem suas necessidades para trabalhar, então caso as necessidades sejam cumpridas o trabalhador poderá fazer o que lhe foi ordenado. Mas isso se torna quase automático em uma administração bem sucedida.

Diplomacia[editar | editar código-fonte]

Depois de um tempo as fronteiras dos impérios começam a se encontrar e então poderão haver batalhas, e tais batalhas são pela tomada de centros de comando, que são os elementos mais importantes de forma militar. Quando o jogador toma todos os centros militares inimigos (incluindo o castelo) o jogador não pode fazer mais nada e então estará derrotado.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]