The Shape of Things to Come

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Se procura filme de 1936, veja Things to Come (filme).

The Shape of Things to Come é um romance de H. G. Wells lançado originalmente em 1933.[1]

Enredo[editar | editar código-fonte]

The Shape of Things to Come é uma obra de ficção científica de H. G. Wells, publicado em 1933, que especula eventos futuros de 1933 até o ano de 2106. O livro retrata a crença de Wells num estado mundial como a solução para os problemas da humanidade.

A obra não se trata de um Romance, mas sim de um livro de história fictício ou crónica, num estilo semelhante a Star Maker e Last and First Men, ambos escritos por Olaf Stapledon.

Inovações Previstas no Filme[editar | editar código-fonte]

A ficção científica contida em Things To Come previu várias inovações tecnológicas que eram impossíveis de serem construídas em 1936. - Helicóptero: as cenas finais mostram pela primeira vez o uso do helicóptero para transporte civil, embora ainda estivesse em estudos na época. - TV HD: há uma cena na qual um avô liga um aparelho de TV HD de tela plana e assiste com sua netinha um documentário sobre a era anterior a Everytown. - Tela de LCD: há um aparelho de comunicação na mesa de Oswald que é filmado por trás, mostrando ser de tela plana do tipo LCD. Noutra cena, aparece um casal assistindo por uma tela plana de LCD o discurso do líder dissidente. - Projeção holográfica: uma das imagens mostra uma projeção holográfica do líder dissidente, enquanto ele incita a multidão a destruir a nave espacial. - Celular de pulso: outra cena mostra Oswald conversando com outro cidadão usando um celular de pulso.

Referências

  1. «The Shape of Things to Come (1933)» (em inglês). Project Gutenberg of Australia. Consultado em 22 de junho de 2012. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre um livro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.