The Spider's Web

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
The Spider's Web
A Teia da Aranha (PT)
A Aranha Negra[1] (BR)
 Estados Unidos
1938 •  P&B •  15 capítulos, 300 min 
Direção James W. Horne
Ray Taylor
Produção Irving Briskin
Jack Fier
Roteiro Robert E. Kent
George H. Plympton
Basil Dickey
Mart Ramson
Norvell Page (pulp)
Elenco Warren Hull
Iris Meredith
Richard Fiske
Kenne Duncan
Forbes Murray
Don Douglas
Marc Lawrence
Gênero Ação
Policial
Música Mischa Bakaleinikoff
Sidney Cutner
Cinematografia Allen G. Siegler
Edição Richard Fantl
Companhia(s) produtora(s) Columbia Pictures
Distribuição Columbia Pictures
Lançamento Estados Unidos 10 de outubro de 1938 (première)
Estados Unidos 22 de outubro de 1938
Turquia 9 de março de 1939
Países Baixos 23 de junho de 1939
Portugal 30 de outubro de 1939
Idioma inglês
Cronologia
The Great Adventures of Wild Bill Hickok (1938)
Flying G-Men (1939)
Página no IMDb (em inglês)
Warren Hull, ator que personifica The Spider.

The Spider's Web é um seriado estadunidense de 1938, gênero ação e policial, dirigido por James W. Horne e Ray Taylor, em 15 capítulos, estrelado por Warren Hull, Iris Meredith, Richard Fiske e Kenne Duncan. O seriado foi produzido e distribuído pela Columbia Pictures, veiculando nos cinemas estadunidenses a partir de 10 de outubro de 1938. O seriado foi o 5º entre os 57 distribuídos pela Columbia Pictures, alguns deles realizados por produtoras independentes.

A história foi baseada no personagem The Spider, das revistas pulp. Uma sequência, o seriado The Spider Returns, foi lançada em 1941, e os dois atores principais, Warren Hull e Kenne Duncan retornaram em seus papeis originais.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

The Octopus, um senhor do crime mascarado, assusta a nação através de uma onda de terror. Ele começa ameaçando o sistema de transporte e, em seguida, dirige sua atenção para a indústria, exigindo o tributo de magnatas ferroviários e outros capitães da indústria. Richard Wentworth (Warren Hull), um criminologista amador que é amigável com a polícia, é secretamente The Spider, um vigilante mascarado igualmente determinado a vencer Octopus e sua gangue. Agradável e sorridente na vida civil, Wentworth é muitas vezes cruel como Spider, usando suas armas contra os inimigos públicos que tentam atacá-lo.

Wentworth também se disfarça como um personagem do submundo, o afável Blinky McQuade. Disfarçado como McQuade, Wentworth pode se infiltrar e ficar informado sobre os planos das gangues. As únicas pessoas que conhecem a identidade de Wentworth são seus assistentes Jackson (Richard Fiske) e Ram Singh (Kenne Duncan), seu mordomo Jenkins (Don Douglas), e sua noiva Nita (Iris Meredith).

Octopus foi um vilão que se acredita ter sido escrito por Norvell Page, que escreveu a maioria das histórias pulp do Spider. Ele se veste completamente de branco e só é visto sentado em uma cadeira. Ao contrário do que acontece nas revistas, The Spider é vestido com um traje comprido e leve com marcações de teia que lembram o traje de Spider-Man.

O seriado segue a fórmula padrão, com brigas, tiroteios, e os amigos de Wentworths são seqüestrados e resgatados diversas vezes. Cada capítulo termina com Spider ou seus amigos em apuros, muitas vezes a ponto de serem mortos, mas o efeito é estragado por um trailer para o próximo episódio que os mostra em plena saúde e lutando contra os vilões. A identidade de The Octopus só é descoberta por The Spider no último episódio.

Elenco[editar | editar código-fonte]

  • Warren HullThe Spider, identidade secreta de Richard Wentworth, junto com Blinky McQuade
  • Iris Meredith … Nita Van Sloan, noiva de Richard Wentworth
  • Richard Fiske … Jackson, motorista de Richard Wentworth
  • Kenne Duncan … Ram Singh, guarda-costas de Richard Wentworth
  • Forbes Murray … Comissário de Polícia Stanley Kirk
  • Don Douglas … Jenkins, mordomo de Richard Wentworth
  • Marc Lawrence … Steve Harmon
  • Charles C. Wilson … Chase
  • John Tyrrell … Grafton, um dos capangas de Octopus
  • Eugene Anderson Jr. … Johnnie Sands
  • Ann Doran … Secretária de Mason
  • Paul Whitney … Gray
  • Beatrice Curtis … Kate Sands
  • Gordon Hart ... J. Mason
  • Byron Foulger ... Allen Roberts
  • Tom London ... Policial no Banco (não-creditado)
  • Edmund Cobb (não-creditado)
  • Jack Perrin (não-creditado)
  • Lane Chandler … Trigger (não-creditado)
  • Al Ferguson … Mecânico (não-creditado)
  • Harry Myers … Detetive (não-creditado)
  • Ernest Shields (não-creditado)
  • Edward Hearn ... Sargento na mesa da polícia (não-creditado)

Produção[editar | editar código-fonte]

A revista pulpThe Spider” (na ilustração, a capa de outubro de 1933), que apresenta o personagem The Spider, uma criação questionada entre Henry "Harry" Steeger, Reginald Thomas Maitland Scott (conforme ilustração), e Norvell Page. Algumas fontes citam Norwell Page como criador do personagem, porém há um amplo questionamento sobre tal criação.[2]

The Spider's Web foi o primeiro seriado a ser adaptado diretamente de uma revista pulp.[3] A história original da revista era demasiado violenta para o código de produção cinematográfica, mas The Spider's Web "conseguiu sugerir seu ritmo frenético".[4] Algumas trocas foram feitas, para abrandar a violência original. O traje de Spider foi muito extravagante e não corresponde à descrição ou às ilustrações da revista. O Comissário Kirkpatrick foi ligeiramente alterado para Comissário Kirk, sem qualquer motivo aparente.[4] O lançamento do seriado coincidiu com o Superman (revista) e Green Hornet (rádio), através de todo o país.[3]

Foram usadas cenas de arquivo de outras produções. Um exemplo é o “raio da morte”, nos capítulos 11 e 12, para o qual foram utilizadas cenas do filme de 1935 Air Hawks, também da Columbia Pictures.[5]

Stan Lee cita o seriado como uma inspiração para a criação de seu personagem Spider-Man (especialmente no referente à capa formada de teias que Spider usa neste filme). Décadas mais tarde, a Columbia lançou o filme Spider-Man, e, em seguida, uma sequência para o filme, onde, mais uma vez, o protagonista lutou contra um adversário chamado Octopus (em uma das histórias de Spider, ele lutou contra um adversário chamado Iron Man, e Stan Lee criou também o Iron Man).[6]

Dublês[editar | editar código-fonte]

  • Dave O'Brien
  • George DeNormand
  • Bud Geary
  • Tom Steele
  • Francis Walker
  • Duke York

Capítulos[editar | editar código-fonte]

  1. Night of Terror
  2. Death Below
  3. High Voltage
  4. Surrender or Die
  5. Shoot to Kill
  6. Sealed Lips
  7. Shadows of the Night
  8. While the City Sleeps
  9. Doomed
  10. Flaming Danger
  11. The Road to Peril
  12. The Spider Falls
  13. The Manhunt
  14. The Double Cross
  15. The Octopus Unmasked

Fonte:[7]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Mattos, A. C. Gomes de (1984). «Os Grandes Seriados do Cinema 4: Os Policiais». Rio de Janeiro: EBAL. Cinemin (11): 53-54 
  2. Who Wrote The Spider
  3. a b Stedman, Raymond William. «5. Shazam and Good-by». Serials: Suspense and Drama By Installment. [S.l.]: University of Oklahoma Press. pp. 122–123. ISBN 978-0-8061-0927-5 
  4. a b Harmon, Jim; Donald F. Glut. «8. The Detectives "Gangbusters!"». The Great Movie Serials: Their Sound and Fury. [S.l.]: Routledge. 200 páginas. ISBN 978-0-7130-0097-9 
  5. O Raio Mortífero no IMDB
  6. Erro de citação: Código <ref> inválido; não foi fornecido texto para as refs de nome imdbsw
  7. Cline, William C. «Filmography». In the Nick of Time. [S.l.]: McFarland & Company, Inc. pp. 222–223. ISBN 0-7864-0471-X 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]