The Stage (álbum)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
The Stage (álbum)
Álbum de estúdio de Avenged Sevenfold
Lançamento 28 de Outubro de 2016
Gravação 2016
Estúdio(s) United Recording Studios, Serenity West Recording, Capitol Studios e Joe's House of Compression
Gênero(s) Heavy metal, thrash metal, metal progressivo
Duração 73:42
Gravadora(s) Capitol Records
Produção Avenged Sevenfold
Joe Barresi
Cronologia de Avenged Sevenfold
Hail to the King
(2013)
The Best of 2005-2013
(2016)
Singles de The Stage
  1. "The Stage"
    Lançamento: 13 de Outubro de 2016
  2. "God Damn"

The Stage[1] é o sétimo álbum de estúdio da banda estadunidense de heavy metal Avenged Sevenfold. É um álbum conceitual sobre inteligência artificial e autodestruição da sociedade. Foi lançado em 28 de outubro de 2016 após um evento ao vivo na página do Facebook da banda. The Stage é o primeiro álbum de Avenged Sevenfold a apresentar Brooks Wackerman na bateria, que entrou para a banda no final de 2014, mas não foi revelado como substituto oficial de Arin Ilejay até a saída de Ilejay em 2015, porque a banda queria encontrar um baterista que estivesse "dentro". The Stage é também o primeiro álbum da banda a ser lançado pela Capitol Records. É também o álbum de estúdio mais longo da banda, com 73 minutos e 35 segundos, superando assim, City of Evil por quase um minuto. O álbum também apresenta a sua canção mais longa até à data, "Exist", com um tempo de execução de 15 minutos e 41 segundos.

Faixas[editar | editar código-fonte]

Todas as músicas são de composição do Avenged Sevenfold.

N.º Título Duração
1. "The Stage"   8:32
2. "Paradigm"   4:18
3. "Sunny Disposition"   6:41
4. "God Damn"   3:41
5. "Creating God"   5:34
6. "Angels"   5:40
7. "Simulation"   5:30
8. "Higher"   6:28
9. "Roman Sky"   5:00
10. "Fermi Paradox"   6:30
11. "Exist"   15:41
Duração total:
73:42

Videografia[editar | editar código-fonte]

Um vídeo foi realizado para a faixa "The Stage"[2], lançada em 13 de Outubro de 2016. Foi um clipe composto por uma apresentação teatral de fantoches, em animação, assistidos por uma plateia anônima. O single marca o fim do contrato com a antiga gravadora, Warner Bros. Records, selando uma parceria, desta vez com a Capitol Records.

Desempenho comercial[editar | editar código-fonte]

O álbum em sua semana de estreia vendeu 76 mil cópias, um pouco abaixo em comparação com o antecessor Hail to the King, que vendeu 153 mil cópias, mas mesmo assim entrou em algumas listas da Billboard.

  • 3º lugar no Top Billboard 200[3][4]
  • 4ª lugar no Top Digital Albums Billboard[5]
  • 1º lugar no Top Tastemaker Album Billboard[6]
  • 1º lugar no Top Rock Albums Billboard[7]
  • 1º lugar no Top Alternative Albums Billboard[8]
  • 1º lugar no Top Hard Rock Albums Billboard[9]

Créditos[editar | editar código-fonte]

Banda[editar | editar código-fonte]

Adicional
  • Brian Haner Sr: Solo de guitarra em "Angels"
  • Matthew Baker: Arranjos de cordas em "Roman Sky". Arranjo de trompas em "Sunny Disposition". Cordas e trompas em "Exist"
  • Jason Freese: Teclados em "Paradigm", "The Stage", "Fermi Paradox" e "Higher"
  • Neil Degrasse Tyson: Discurso em "Exist"
  • Valary Sanders: Simulation
  • Tennesse James Baker e River James Sanders: Backing Vocals em "Simulation"

Referências

  1. «Avenged Sevenfold: novo álbum, "The Stage", sai nesta sexta» 
  2. Moia, Marina (13 de outubro de 2016). «"The Stage": Avenged Sevenfold conta história com marionetes em novo clipe». Nação da Música 
  3. «The Stage | Billboard». Billboard. Consultado em 8 de novembro de 2016 
  4. «Top Album Sales : Page 1 | Billboard». Billboard. Consultado em 8 de novembro de 2016 
  5. «Digital Albums Chart | Billboard». Billboard. Consultado em 8 de novembro de 2016 
  6. «Tastemaker Albums | Billboard». Billboard. Consultado em 8 de novembro de 2016 
  7. «Rock Albums | Billboard». Billboard. Consultado em 8 de novembro de 2016 
  8. «Alternative Music: Top Alternative Albums Chart | Billboard». Billboard. Consultado em 8 de novembro de 2016 
  9. «Hard Rock Music: Top Hard Rock Albums | Billboard». Billboard. Consultado em 8 de novembro de 2016