A Espada Era a Lei

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de The Sword in the Stone)
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
The Sword in the Stone
A Espada Era a Lei (PT/BR)
Pôster original do filme.
 Estados Unidos
1963 •  cor •  79 min 
Direção Wolfgang Reitherman
Produção Walt Disney
Roteiro Bill Peet
Baseado em The Sword in the Stone,
de T. H. White
Elenco Rickie Sorensen
Karl Swenson
Junius Matthews
Sebastian Cabot
Norman Alden
Martha Wentworth
Gênero filme de animação
filme de fantasia
filme de aventura
Música Richard M. Sherman
Robert B. Sherman
George Bruns
Edição Donald Halliday
Companhia(s) produtora(s) Walt Disney Pictures
Distribuição Buena Vista International
Idioma inglês
Página no IMDb (em inglês)

A Espada Era a Lei[1][2] (em inglês: The Sword in the Stone) é um filme norte-americano do gênero animação produzido pela Disney em 1963, baseado no livro de 1938 de mesmo nome do autor inglês T.H. White.

É o 18º longa-metragem de animação dos estúdios Disney e foi lançado nos cinemas em 25 de dezembro de 1963. Foi dirigido por Wolfgang Reitherman e produzido por Walt Disney.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Quem conseguisse tirar uma espada mágica encravada em uma pedra, seria coroado rei da Inglaterra. O esperto garoto Arthur, que desconhece a lenda, trabalha como cavalariço em um castelo e sonha em se tornar um cavaleiro. Todavia, o Mago Merlin que vive na floresta, conhece o futuro e sabe que Arthur será rei. Dessa forma, ele se muda para uma torre do castelo juntamente com seu fiel assistente, a coruja Arquimedes, e atribui para si a missão de dar uma formação escolar ao jovem. Muito confuso, Merlin começa a falar de coisas e pessoas que ainda não existem. As suas melhores aulas são quando transforma Arthur em diferentes animais, como um esquilo ou um peixe. Durante essas aulas na floresta, acabam chamando a atenção de uma bruxa, a Madame Min. Buscando impressionar Arthur e humilhar Merlin, ela o desafia para um duelo de magia. Merlin vence e Madame Mim fica doente.

Arthur se torna escudeiro de seu meio irmão Ken, mas Merlin irrita-se e viaja para as Bermudas no século XX. No torneio de justa em qual Arthur era escudeiro ele retira a Espada da Pedra, tornando-se rei, fazendo Merlin voltar para seu aprendiz.

Elenco[editar | editar código-fonte]

  • Rickie Sorensen como Arthur/Wart
  • Karl Swenson como Merlin
  • Junius Matthews como Arquimedes
  • Martha Wentworth como Madame Min
  • Alan Napier como Sir Pelinore
  • Sebastian Cabot como Sir Ector e o narrador
  • Norman Alden como Sir Kay

Produção[editar | editar código-fonte]

O diretor Wolfgang Reitherman já tinha dirigido e trabalhado de animador em outros filmes da Disney antes de A Espada Era a Lei.

Prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Oscar (EUA) 1963

Bilheteria[editar | editar código-fonte]

Segundo o site Box Office Mojo, A Espada Era a Lei arrecadou um total de $12,000,000 nos cinemas.[4]

Portal A Wikipédia tem os portais:

Referências

  1. «A Espada Era a Lei». Brasil: CinePlayers. Consultado em 2 de novembro de 2018 
  2. «A Espada Era a Lei». Portugal: SapoMag. Consultado em 2 de novembro de 2018 
  3. «1963 (36th)». Motion Picture Association of America. Consultado em 24 de junho de 2011 [ligação inativa]
  4. «The Sword in the Stone - Box Office Mojo». Consultado em 1 de julho de 2011 
Ícone de esboço Este artigo sobre personagens, revistas ou outros assuntos da Disney é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Precedido por
One Hundred and One Dalmatians
Lista de filmes de animação da Disney
1963
Sucedido por
The Jungle Book