Transporter 3

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de The Transporter 3)
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Transporter 3
Correio de Risco 3 (PT)
Carga Explosiva 3 (BR)
 França
2008 •  Cor •  104 min 
Direção Olivier Megaton
Produção Luc Besson
Steven Chasman
Roteiro Luc Besson
Robert Mark Kamen
Elenco Jason Statham
Natalya Rudakova
Género Ação
Música Alexandre Azaria
Direção de fotografia Giovanni Fiore Colellacci
Figurino Olivier Beriot
Edição Camille Delamarre
Carlo Rizzo
Companhia(s) produtora(s) EuropaCorp
TF1 films
Grive Productions
Apipoulai Prod
Lançamento 26 de novembro de 2008
Idioma Inglês
Cronologia
The Transporter 2 (2005)
Le Transporteur: Héritage (2015)
Página no IMDb (em inglês)

Transporter 3 (Carga Explosiva 3 BRA ou Correio de Risco 3 POR[1]) é um filme francês de 2008 dirigido por Olivier Megaton, terceiro filme da franquia Transporter.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

O ministro Leonid Vasilev (Jeroen Krabbé), da agência de proteção ambiental na Ucrânia, é forçado a aceitar o desembarque em seu país de navios contendo lixo tóxico. O meio utilizado por Johnson (Robert Knepper), negociador do remetente do lixo, foi sequestrar a filha do ministro, Valentina (Natalya Rudakova), e envia-la até a Ucrânia. O transportador contratado é convencido por ela a não seguir o plano, porém são perseguidos, e ele, já em Marselha, chega ferido até Frank Martin (Jason Statham), seu conhecido mas morre.

Martin é levado até Johnson que o obriga a transportar Valentina por meio de braceletes interligados a uma bomba no seu carro. No trajeto, controlado por Johnson por GPS, passam por Budapeste até chegarem em Odessa. Com a ajuda do Inspetor Tarconi (François Berléand), Frank enfrentará os homens que o contrataram.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Recepção da crítica[editar | editar código-fonte]

Transporter 3 teve recepção mista por parte da crítica especializada. Em base de 26 avaliações profissionais, alcançou uma pontuação de 51% no Metacritic. Por votos dos usuários do site, atinge uma nota de 5.7%, usada para avaliar a recepção do público.[2]

Produção[editar | editar código-fonte]

Assim como nos filmes anteriores da franquia, Corey Yuen comandou a coreografia das lutas.[3] Frank Martin utiliza novamente um Audi A8.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Título em Portugal
  2. «Transporter 3» (em inglês). Metacritic. Consultado em 15 de junho de 2014. 
  3. Variety Film Reviews

Ligações externas[editar | editar código-fonte]