The Twilight Saga (série de filmes)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
The Twilight Saga
 Estados Unidos
2008-2012 •  cor •  607 minutos min 
Direção Catherine Hardwicke (1)
Chris Weitz (2)
David Slade (3)
Bill Condon (4-5)
Produção Wyck Godfrey
Mark Moran (1)
Greg Mooradian (1)
Karen Rosenfelt (2-5)
Stephenie Meyer (4-5)
Roteiro Melissa Rosenberg
Baseado em Twilight de Stephenie Meyer
Elenco Kristen Stewart
Robert Pattinson
Taylor Lautner
Ashley Greene
Rachelle Lefevre
Billy Burke
Peter Facinelli
Elizabeth Reaser
Nikki Reed
Kellan Lutz
Jackson Rathbone
Anna Kendrick
Bryce Dallas Howard
Michael Sheen
Dakota Fanning
Mackenzie Foy
Bronson Pelletier
Cameron Bright
Gênero fantasia, romance
Música Carter Burwell (1, 4-5)
Alexandre Desplat (2)
Howard Shore (3)
Cinematografia Elliot Davis (1)
Javier Aguirresarobe (2-3)
Guillermo Navarro (4-5)
Edição Nancy Richardson (1, 3)
Peter Lambert (2)
Art Jones (3)
Virginia Katz (4-5)
Ian Slater (5)
Companhia(s) produtora(s) Temple Hill Entertainment
Maverick Films (1, 3)
Imprint Entertainment
(1-3)
Sunswept Entertainment (2-5)
Distribuição Estados Unidos Summit Entertainment
Brasil Paris Filmes
Lançamento 2008-2012
Idioma inglês
Orçamento US$ 385 milhões
Receita US$ 3.346.157.056

The Twilight Saga é uma série de cinco filmes, dos gêneros fantasia e romance, lançados entre 2008 e 2012, pela Summit Entertainment, baseados nos quatro romances da série Twilight (2005-2008), da autora norte-americana Stephenie Meyer.

Os filmes estrelam Kristen Stewart, Robert Pattinson e Taylor Lautner. A série arrecadou mais de US$ 3,3 bilhões em todo o mundo. O primeiro filme, Crepúsculo, foi lançado em 21 de novembro de 2008.[1] O segundo, Lua Nova, seguiu em 20 de novembro de 2009, quebrando recordes de bilheteria, como a maior exibição à meia-noite, e dia de estreia, arrecadando cerca de 72.7 milhões dólares.[2] O terceiro filme, Eclipse, foi lançado em 30 de junho de 2010,[3] e foi o primeiro filme da série Twilight a ser lançado em IMAX.[4]

A série estava em desenvolvimento desde 2004 na Paramount Pictures, período em que foi escrita uma adaptação cinematográfica de Crepúsculo, que diferia significativamente do romance.[5][6] Três anos depois, a Summit Entertainment adquiriu os direitos do filme.

Após Crepúsculo arrecadar US$ 35.7 milhões em seu dia de estréia,[7] a Summit Entertainment anunciou que começariam a produção de Lua Nova; e que haviam adquirido os direitos dos romances remanescentes, no inicio daquele mesmo mês.[8] Uma adaptação em duas partes do romance Amanhecer começou a ser filmada em novembro de 2010, com datas de lançamento em 18 de novembro de 2011 e 16 de novembro de 2012, respectivamente.[9][10]

Filmes[editar | editar código-fonte]

Crepúsculo (2008)[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Crepúsculo

Crepúsculo foi dirigido por Catherine Hardwicke, com roteiro escrito por Melissa Rosenberg. O filme gira em torno do relacionamento amoroso entre a adolescente humana Bella Swan (Kristen Stewart) e o vampiro Edward Cullen (Robert Pattinson), e os esforços de Edward e sua família para manter Bella a salvo de um grupo de vampiros hostis. Edward se recusa a conceder o pedido de Bella para que ele a transforme em vampira, para que eles possam ficar juntos para sempre; seu argumento é que ela deve ter uma vida humana normal.

O filme foi lançado nos cinemas em de 21 de novembro de 2008, arrecadando US$ 35.7 milhões no dia da estreia,[11] e totalizando US$ 408.9 milhões em todo o mundo. O DVD foi lançado em 21 de março de 2009, e arrecadou mais de US$ 238 milhões em vendas.[12] O Blu-ray foi lançado em 21 de março de 2009, em locais selecionados, e mundialmente em 5 de maio de 2009, arrecadando mais de US$ 26 milhões;[13] totalizando assim mais de US$ 264 milhões em vendas de mídia.[14]

Lua Nova (2009)[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Lua Nova

Lua Nova foi dirigido por Chris Weitz, com roteiro escrito por Melissa Rosenberg. O filme mostra os Cullen deixando a cidade de Forks, e Bella Swan caindo em depressão profunda, até que ela desenvolve uma forte amizade com Jacob Black (Taylor Lautner). Ela descobre que Jacob se tornara um lobisomem. Jacob e sua tribo tentam proteger Bella da vampira Victoria e de um grupo de vampiros hostis. Edward concorda em transformar Bella em vampira se ela aceitar se casar com ele.

O filme foi lançado nos cinemas em 20 de novembro de 2009, e quebrou vários recordes. Atualmente ainda é o filme com maior pré-venda de ingressos no site de vendas online Fandango,[15] e na época tornou-se a maior estreia à meia-noite na história da bilheteria norte-americana (Estados Unidos e Canadá), arrecadando cerca de US$ 26,3 milhões.[16] Este recorde foi quebrado pela sua seqüência, Eclipse, em junho de 2010, com o filme arrecadando US$ 72,7 milhões em seu dia de estreia na América do Norte, tornando-se assim a maior estreia na história daquela região.[2] Lua Nova é o décimo terceiro filme de maior maior bilheteria em seu fim de semana de estreia na história da América do Norte, com US$142.839.137.[14]

Eclipse (2010)[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Eclipse

Eclipse foi dirigido por David Slade, com roteiro escrito por Melissa Rosenberg. O filme foca na personagem humana Bella Swan, enquanto ela pondera as complicações de se casar com o vampiro Edward Cullen. Jacob Black e o resto dos lobos formam uma aliança temporária com os Cullens para combater Victoria e seu exército de vampiros recém-nascidos, a fim de manter Bella segura. Jacob, sem sucesso, tenta convencer Bella a se casar com ele, em vez de com Edward. Edward pede Bella em casamento e ela aceita.

O filme foi lançado nos cinemas em 30 de junho de 2010,[3] sendo o primeiro da saga Twilight a ser lançado em IMAX.[4] A produção estabeleceu um novo recorde como maior estreia à meia-noite nas bilheterias norte-americanas (Estados Unidos e Canadá), arrecadando cerca de US$ 30 milhões, em mais de 4.000 cinemas.[17] O recordista anterior era o filme antecedente da série, Lua Nova, com US$ 26,3 milhões em 3.514 cinemas.[17] O filme, em seguida, marcou a maior estreia de quarta-feira na América do Norte, com US$68,533,840, ultrapassando Transformers: Revenge of the Fallen, com US$ 62 milhões.[18] Eclipse também se tornou o filme com o maior lançamento de todos os tempos, sendo exibido em mais de 4.416 cinemas.[19]

Amanhecer - Parte 1 (2011)[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Amanhecer - Parte 1

Amanhecer - Parte 1 foi dirigido por Bill Condon, e a autora da série de romances Twilight (2005-2008), Stephenie Meyer, co-produziu o filme junto com Karen Rosenfelt e Wyck Godfrey, com Melissa Rosenberg escrevendo o roteiro. O enredo do livro foi dividido em dois filmes, o primeiro dos quais foi lançado em 18 de novembro de 2011. As filmagens de Amanhecer tiveram inicio em novembro de 2010.

O filme mostra Bella e Edward se casando, e a luta, e quase morte, de Bella por estar grávida de uma criança meio humana e meio vampira.

Amanhecer - Parte 2 (2012)[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Amanhecer - Parte 2

Amanhecer - Parte 2, assim como ocorreu com Amanhecer - Parte 1, foi dirigido por Bill Condon, e a autora da série de romances Twilight (2005-2008), Stephenie Meyer, co-produziu o filme junto com Karen Rosenfelt e Wyck Godfrey, com Melissa Rosenberg escrevendo o roteiro. O enredo do livro foi dividido em dois filmes, o primeiro, Amanhecer - Parte 1, foi lançado em 18 de novembro de 2011. O segundo, Amanhecer - Parte 2, foi lançado em 16 de novembro de 2012.

A segunda parte de Amanhecer mostra o clímax do relacionamento de Bella e Edward. Bella deve aprender, como uma vampira recém-transformada, a usar seus poderes especiais de proteção, bem como proteger sua filha, meio humana meio vampira, Renesmee. O filme mostra ainda a batalha final entre Os Cullen, juntamente com os vampiros do Clã Denali, e outros amigos vampiros, e ainda os lobos da Tribo Quileute, contra Os Volturi.

Trilhas sonoras[editar | editar código-fonte]

Crepúsculo[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Crepúsculo

A trilha sonora do filme, Twilight: Original Motion Picture Soundtrack, foi escolhida pela supervisora musical do filme Alexandra Patsavas. O álbum foi lançado em 4 de novembro de 2008, pela gravadora de Patsavas, Chop Shop, em conjunto com a Atlantic Records. O álbum estreou em #1 na parada Billboard 200, tendo vendido cerca de 165.000 cópias em sua primeira semana de lançamento, 29% dos quais foram downloads digitais. Crepúsculo é a trilha sonora de filme mais vendida nos Estados Unidos desde Chicago (2002).

A trilha sonora orquestrada, Twilight: The Score, foi composta e orquestrada por Carter Burwell durante um período de 9 a 10 semanas, e foi gravada e mixada em cerca de 2 semanas, no final de setembro de 2008. Burwell começou a trilha com um tema romântico para Bella e Edward, o qual viria a tornar-se a canção "Bella's Lullaby", que Robert Pattinson toca no filme, e que está inclusa em Crepúsculo: Trilha Sonora Original. O tema original é tocado em diversas partes o filme, e serve para "ilustrar o romance que impulsiona a história". Outro tema que Burwell compôs foi o "Tema do Predador", que abre o filme, e tem a intenção de ilustrar a natureza vampírica de Edward. Outros temas incluem um som de baixo, uma batida de bateria e som distorcido de guitarra, para os vampiros nômades, e uma melodia para a família Cullen. O álbum Crepúsculo: Trilha Sonora Original foi lançado digitalmente em 25 de novembro de 2008, e nas lojas físicas em 9 de dezembro daquele mesmo ano.

Lua Nova[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Lua Nova

A trilha sonora do filme, The Twilight Saga: New Moon (Original Motion Picture Soundtrack), teve novamente Alexandra Patsavas como supervisora musical, enquanto a trilha sonora orquestrada, The Twilight Saga: New Moon (The Score) foi composta, como no primeiro filme da série, por Alexandre Desplat. O diretor do filme, Chris Weitz, já havia trabalhado anteriormente com Desplat, o qual compôs a trilha sonora de um de seus filmes, The Golden Compass (2007). The Twilight Saga: New Moon: Original Motion Picture Soundtrack foi lançada em 16 de outubro de 2009, pela gravadora de Patsavas, Chop Shop, em conjunto com a Atlantic Records. O álbum estreou em #2 na parada Billboard 200, posteriormente chegando ao #1, com 153.000 cópias vendidas. The Twilight Saga: New Moon (The Score) foi lançada em 24 de novembro de 2009.

Eclipse[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Eclipse

A trilha sonora do filme, The Twilight Saga: Eclipse: Original Motion Picture Soundtrack, teve novamente Alexandra Patsavas como supervisora musical. O álbum foi lançado em 8 de junho de 2010, pela gravadora de Patsavas, Chop Shop, em conjunto com a Atlantic Records. O primeiro single da trilha sonora, "Neutron Star Collision (Love Is Forever)", da banda britânica Muse, foi lançado em 17 de maio de 2010. A trilha sonora estreou na segunda posição na parada americana de álbuns Billboard 200, com vendas estimadas de 144.000 cópias.

A trilha sonora orquestrada, The Twilight Saga: Eclipse (The Score), foi composta por Howard Shore, que compusera a trilha sonora da trilogia O Senhor dos Anéis (2001-2003).

Referências

  1. Anne Thompson (15 de agosto de 2008). «'Twilight' moves into 'Potter's' place». Penske Media Corporation. Variety (em inglês). Consultado em 15 de janeiro de 2019 
  2. a b Anthony D'Alessandro (21 de novembro de 2009). «'New Moon' takes opening day record». Penske Media Corporation. Variety (em inglês). Consultado em 15 de janeiro de 2019 
  3. a b Joshua Rich (20 de fevereiro de 2009). «'Twilight': Third film in series, 'Eclipse,' set for June 2010». Meredith Corporation. Entertainment Weekly (em inglês). Consultado em 15 de janeiro de 2019 
  4. a b Dave McNary e Pamela McClintock (9 de dezembro de 2009). «'Eclipse' sets Imax release». Penske Media Corporation. Variety (em inglês). Consultado em 15 de janeiro de 2019 
  5. Nicole Sperling (16 de julho de 2008). «'Twilight' hits Hollywood». Meredith Corporation. Entertainment Weekly (em inglês). Consultado em 15 de janeiro de 2019 
  6. Christina Radish (17 de setembro de 2008). «Twilight's Author and Director Talk About Bringing The Film To Life». Media Blvd Magazine (em inglês). Consultado em 15 de janeiro de 2019 
  7. Joshua Rich (22 de novembro de 2008). «'Twilight' grosses $35.7 mil on Friday». Entertainment Weekly (em inglês). Meredith Corporation. Consultado em 15 de janeiro de 2019 
  8. Steven Zeitchik (14 de novembro de 2008). «Twilight' film franchise looks ahead». The Hollywood Reporter (em inglês). Nielsen Business Media. Consultado em 15 de janeiro de 2019 
  9. Matthew Belloni (10 de maio de 2010). «Salary dispute holding up 'Twilight 5' announcement». The Hollywood Reporter (em inglês). Nielsen Business Media. Consultado em 15 de janeiro de 2019 
  10. Lindsay Soll (30 de agosto de 2010). «'Breaking Dawn' Part 2 Will Be Released On November 16, 2012». MTV News (em inglês). MTV. Consultado em 15 de janeiro de 2019 
  11. «Opening Day Records at the Box Office». Box Office Mojo (em inglês). IMDb. Consultado em 15 de janeiro de 2019 
  12. «Twilight (2008): Home Market Performance - Est. Domestic DVD Sales». The Numbers (em inglês). Nash Information Services. Consultado em 15 de janeiro de 2019 
  13. «Twilight (2008): Home Market Performance - Est. Domestic Blu-ray Sales». The Numbers (em inglês). Nash Information Services. Consultado em 15 de janeiro de 2019 
  14. a b «Twilight (2008): Home Market Performance - Total Est. Domestic Video Sales». The Numbers (em inglês). Nash Information Services. Consultado em 15 de janeiro de 2019 
  15. «New Moon Becomes Top Advance Ticket-Seller in Fandango History». ComingSoon.net (em inglês). CraveOnline. 16 de novembro de 2009. Consultado em 15 de janeiro de 2019 
  16. Pamela McClintock (22 de novembro de 2009). «'New Moon' shines at box office». Variety (em inglês). Penske Media Corporation. Consultado em 16 de janeiro de 2019 
  17. a b Christine Kearney (30 de junho de 2010). «"Eclipse" takes $30 million bite from midnight box office». Reuters (em inglês). Thomson Reuters. Consultado em 16 de janeiro de 2019 
  18. Dan Bradley (1 de julho de 2010). «Twilight Eclipse $68 Million Opening Day is Second Best All-Time». thehdroom.com (em inglês). Consultado em 16 de janeiro de 2019 
  19. «Widest Independent Releases at the Box Office». Box Office Mojo (em inglês). IMDb. Consultado em 16 de janeiro de 2019