The Vamps

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Se procurar a banda de rock japonesa, veja VAMPS.
The Vamps
The Vamps se apresentando em Londres com sua turnê Wake Up World Tour em abril de 2016. Da esquerda para a direita: James McVey, Tristan Evans, Connor Ball e Brad Simpson.
Informação geral
Origem  Reino Unido
Gênero(s) Pop, pop rock
Período em atividade 2012–presente
Gravadora(s) Mercury, Virgin EMI
Afiliação(ões) Pixie Lott, Demi Lovato, Austin Mahone
Integrantes Connor Ball
Tristan Evans
James McVey
Brad Simpson
Página oficial thevamps.net

The Vamps é uma banda britânica de pop e pop rock consistente em Brad Simpson (vocal principal e guitarra), James McVey (guitarra principal e vocal), Connor Ball (baixo e vocal) e Tristan Evans (bateria e vocal).[1] Eles ganharam fama em 2012 cantando música cover no YouTube, levando comparações com o One Direction e sendo rotulada como boy band.[2][3] Eles assinaram com a Mercury Records, em novembro de 2012.[4]

Os The Vamps deu suporte a banda McFly no seu Memory Lane Tour no início de 2013.[5] Eles também desempenharam em diversos festivais em todo o Reino Unido como ato de suporte para bandas como The Wanted, JLS, Little Mix, e Lawson.[6]

Em 29 de setembro de 2013, o The Vamps lançou seu primeiro single "Can We Dance", que estreou na posição de número dois no UK Singles Chart.[7] Seu segundo single "Wild Heart", foi lançado em 18 de janeiro de 2014 e chegou ao número três na mesma parada. Seu terceiro single "Last Night" foi lançado nas rádios do Reino Unido em 24 de fevereiro de 2014 e estreou em 6 de abril de 2014. O álbum de estreia, Meet the Vamps, foi lançado em 14 de abril de 2014.[8] Em fevereiro de 2014, a banda lançou "Wild Heart", como seu single de estreia nos Estados Unidos e Canadá.

História[editar | editar código-fonte]

2011–12: Formação[editar | editar código-fonte]

Em 2011, James McVey já havia sido gerenciado por Richard Rashman e Joe O'Neill da Prestige Management. Decidido que queria formar uma banda, McVey descobriu posteriormente Brad Simpson através do YouTube.[1] Juntos, o par escreveu canções para os meses posteriores de 2011, com Simpson, tornando-se posteriormente o vocalista.[1] Em 2012, Simpson e McVey conheceram Tristan Evans através do Facebook.[1][9] Em meados de 2012, a banda começou a fazer upload das canções para seu canal no YouTube. Em outubro eles estavam sendo descritos como uma nova boy band, com atenção especial para a performance no YouTube de "Live While We're Young" do One Direction.[2] O suporte dos fãs ajudou a trazê-los a uma ampla atenção.[3]

2013–14: Meet the Vamps, Somebody To You e avanço[editar | editar código-fonte]

Em 22 de julho de 2013, a banda enviou sua primeira canção original, "Wildheart" (mais tarde intitulada de "Wild Heart"), para sua conta no YouTube; o vídeo, recebeu mais de 46.000 visualizações nos dois primeiros dias.[10] Em 6 de agosto de 2013, eles lançaram o videoclipe da música para o seu single de estreia "Can We Dance", que recebeu mais de 1 milhão de visualizações dentro de duas semanas. "Can We Dance" foi lançado em 29 de setembro de 2013 e estreou na posição de número dois na parada UK Singles Chart em 6 de outubro de 2013; batendo a posição de número dois do OneRepublic com a canção "Counting Stars",[7] que vendeu mais de 1.250 cópias.[11] Em 19 de novembro de 2013, a banda anunciou que iria lançar seu álbum de estreia em torno da Páscoa.[12] Em 22 de novembro de 2013, o The Vamps anunciou que seu segundo single seria "Wild Heart".[13] A canção recebeu o sua primeira transmissão três dias depois[14] e foi lançado em 19 de janeiro de 2014, atingindo o pico de número três no UK Singles Chart na semana seguinte.

Em 13 de março de 2014, o The Vamps anunciou que o álbum seria lançado em 14 de abril de 2014. Em 22 de março, foi revelado que o álbum seria intitulado de Meet the Vamps.[8] Em 6 de abril, eles lançaram "Last Night", como o terceiro single do álbum. Ele estreou no número dois no Reino Unido. Em 17 de abril, Meet the Vamps estreou no número dois na Irish Albums Chart, não entrado no topo por Caustic Love de Paolo Nutini. O mesmo álbum derrotou o The Vamps no número um no UK Albums Chart.

Em maio de 2014, foi anunciado que o The Vamps estaria fazendo uma aparição na soap opera, Hollyoaks em 14 de maio de 2014.[15] Foi divulgado um clipe teaser sobre a aparição da banda na série no YouTube. Eles estavam vendo uma foto com Peri Lomax (Ruby O'Donnell) de como ela iria para o seu show com Sienna Blake (Anna Passey).[15][16]

Em agosto de 2014, o The Vamps lançou um EP de estreia na América do Norte intitulado Somebody To You, que incluía seu single de trabalho no momento "Somebody to You" com a participação de Demi Lovato, duas canções originais do álbum Meet The Vamps e dois covers em sua versão digital, tendo variações na lista de faixas em versões físicas exclusivas para as lojas Claire's, Justice, a loja virtual da própria banda e os CDs vendidos nos shows da turnê de Austin Mahone (contendo de quatro a sete faixas).

Em 12 de outubro do mesmo ano, The Vamps lançou "Oh Cecilia (Breaking My Heart)" como o quinto single de seu álbum, numa versão inédita com participação do cantor canadense Shawn Mendes. A faixa atingiu a nona posição no UK Singles Chart, sendo o quinto top 10 consecutivo da banda. O single tinha como B-Side a faixa "Hurricane", canção para o filme Alexandre e o Dia Terrível, Horrível, Espantoso e Horroroso. Os videoclipes para cada uma das duas faixas haviam sido lançados cerca de um mês antes.

Em 4 de novembro, o álbum Meet the Vamps foi oficialmente lançado na América do Norte e em 1 de dezembro, ainda em 2014, foi feito o relançamento do álbum chamado Meet the Vamps (Christmas Edition) contendo 8 faixas bônus de natal e sendo disponibilizado no mundo inteiro com exceção dos Estados Unidos e do México.

2015-2016: Steady Records e Wake Up[editar | editar código-fonte]

Em fevereiro de 2015, o The Vamps anunciou ter fundado sua própria gravadora nos Estados Unidos em parceria com a Universal Music e a EMI Records, tendo entre seus contratados a banda americana The Tide.[17] Somente em outubro do mesmo ano foi revelado que a gravadora se chamaria Steady Records.[18]

No dia 15 de setembro de 2015, a banda anunciou seu mais novo single "Wake Up"[19], lançado em 02 de outubro do mesmo ano, seu segundo álbum também chamado "Wake Up"[19], que foi lançado em 27 de novembro, além de fanfests pela Europa[20] e uma turnê mundial chamada "Wake Up World Tour"[21] que começou em janeiro de 2016. A canção atingiu a 12ª posição do UK Singles Chart e o álbum estreiou na 10ª posição do UK Albums Chart, vendendo mais de 27 mil cópias no país na mesma semana. O segundo single do álbum, "Rest Your Love", foi lançado no mesmo dia que o álbum porém não entrou para nenhum chart.[22][23]

Em dezembro de 2015, The Vamps anunciou ter contratado a banda britânica New Hope Club e que a mesma abriria os shows da turnê no Reino Unido em 2016.[24]

Em 1 de abril de 2016, I Found A Girl foi lançada como terceiro single do álbum, contando com a participação do rapper jamaicano Omi. A canção atingiu a 30ª posição no UK Singles Chart.[25]

2016-presente: The Vamps: Our Story 100% Official e Night & Day[editar | editar código-fonte]

No dia 07 de outubro do mesmo ano, The Vamps anunciou através de uma livestream no Facebook que o primeiro single de seu terceiro álbum de estúdio, ambos na época sem nomes divulgados, seria lançado no dia 14 do mesmo mês, com uma amostra exclusiva indo ao ar na rádio Capital FM no dia anterior.[26] No mesmo dia, começaram a ser postadas dicas sobre o single nas redes sociais e no Spotify da banda, ao mesmo estilo das dicas que foram postadas em outubro de 2015 para o single e álbum "Wake Up". Também foi divulgado que o álbum sairia no verão de 2017. No dia 12 do mesmo mês, a banda anunciou durante uma livestream que o single se chamaria "All Night" e seria uma colaboração com o DJ norueguês Matoma.[27] A canção atingiu a 24ª posição no UK Singles Charts, a 6ª posição no IRMA, 13ª na VG-Lista, 12ª na RMNZ e garantiu a primeira entrada da banda na Canadian Hot 100, atingindo a 72ª posição. Além de ser o single com mais entradas em paradas musicais da banda, também se tornou o que possui mais certificações e atingiu mais de 200 milhões de execuções no spotify, sendo também a canção mais executada deles até o momento.

No dia 20 de outubro, The Vamps lançou sua autobiografia, intitulada The Vamps: Our Story 100% Official, que havia sido anunciada meses antes.[28]

"Middle Of The Night", colaboração com o DJ dinamarquês Martin Jensen foi anunciada como segundo single do terceiro álbum da banda em 21 de abril de 2017 e foi lançada em 28 de abril de 2017,[29] mesmo dia em que a Middle Of The Night Tour começou.

Ainda no dia 28 de abril de 2017, foi anunciado durante o próprio show da banda, que o terceiro álbum de estúdio se chamará Night & Day e será dividido em duas partes. A primeira, Night Edition, será lançada em 14 de julho de 2017[30] e a segunda, Day Edition, em dezembro.

Estilo[editar | editar código-fonte]

Eles foram rotulados uma boy band desde sua primeira aparição no final de 2012,[2][3] o rótulo continuou a ser aplicado em 2014.[31][32] A banda não concorda com os estereótipos, apontando para o fato de que eles formaram por si mesmos—eles não são o produto de um produtor musical—e que eles tocam seus próprios instrumentos.[33][34]

Integrantes[editar | editar código-fonte]

Discografia[editar | editar código-fonte]

Turnês[editar | editar código-fonte]

Principal[editar | editar código-fonte]

Suporte[editar | editar código-fonte]

Prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Notas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c d Vincent, Alice (4 de setembro de 2013). «The Vamps - New Music». The Daily Telegraph (em inglês). Telegraph Media Group. Consultado em 4 de setembro de 2013 
  2. a b c Peel, Sarah (outubro de 2010). «Meet The Vamps – UK's New Upcoming Boy Band». Boomtron LLC (em inglês). BSC Kids. Consultado em 19 de março de 2015. Cópia arquivada em 19 de março de 2015 
  3. a b c Gordon, Jane (17 de novembro de 2013). «Rise of the social superfans: Meet pop's new boy band The Vamps - and the girls propelling them to the top». Associated Newspapers Ltd (em inglês). Daily Mail. Consultado em 19 de março de 2015 
  4. «The Vamps Fansite - Big Announcement» (em inglês). The Vamps Fansite. 28 de novembro de 2012. Consultado em 10 de fevereiro de 2014 
  5. a b White, Claire (5 de março de 2013). «The Vamps to support McFly headline UK 2013 tour» (em inglês). Love Music; Love Life. Consultado em 30 de janeiro de 2014 
  6. «Metro Radio Live with Little Mix, James Arthur and The Vamps» (em inglês). Sky. Consultado em 4 de novembro de 2013 
  7. a b Lloyd, James (7 de outubro de 2013). «Former Stratford busker shoots to number two in the UK singles chart». Stratford Herald (em inglês). Consultado em 4 de novembro de 2013  Erro de citação: Código <ref> inválido; o nome "number_two" é definido mais de uma vez com conteúdos diferentes
  8. a b Lamont (14 de março de 2014). «The Vamps talk about their debut album and FINALLY confirm its release date» (em inglês). Unreality TV. Consultado em 15 de março de 2014 
  9. Dix, Samuel (26 de setembro de 2013). «'We don't mind being chased by girls!' Sutton Coldfield singer of new boy band The Vamps». Birmingham Mail (em inglês). Trinity Mirror. Consultado em 30 de janeiro de 2014 
  10. Dix, James (29 de janeiro de 2014). «Introducing – The Vamps». Vada Magazine (em inglês). Consultado em 30 de janeiro de 2014 
  11. «OneRepublic beat The Vamps to UK number one after heated chart battle» (em inglês). clickmusic.com. 6 de outubro de 2013. Consultado em 30 de janeiro de 2014 
  12. Wood (19 de novembro de 2013). «The Vamps tease exciting debut album news: 'We're releasing it around Easter'» (em inglês). sugarscape.com. Consultado em 5 de fevereiro de 2014 
  13. McGrath (22 de novembro de 2013). «Watch Out One Direction! The Vamps Announce 'Wild Heart' As Second Single» (em inglês). EntertainmentWise. Consultado em 30 de janeiro de 2014 
  14. «The Vamps Fans Hail New Song 'Wild Heart' As "Incredible" After Capital First Play - Listen» (em inglês). Capital FM. 25 de novembro de 2013. Consultado em 30 de janeiro de 2014 
  15. a b Blay, Zeba (7 de maio de 2014). «The Vamps to make Hollyoaks cameo». Digital Spy (em inglês). Hearst Magazines UK. Consultado em 10 de junho de 2014 
  16. Kilkelly, Daniel (7 de maio de 2014). «Hollyoaks: Sienna Blake plans Peri kidnap? - spoiler pictures». Digital Spy (em inglês). Hearst Magazines UK. Consultado em 7 de junho de 2014 
  17. Lamont (12 de junho de 2015). «The Vamps Have Launched Their Own Record Label – And Already Signed Up A Boyband!» (em inglês). Capital FM. Consultado em 27 de fevereiro de 2015 
  18. «The Vamps interview: "This album is completely different"» (em inglês). Official Charts Company. Consultado em 21 de novembro de 2015 
  19. a b Lamont (15 de setembro de 2015). «The Vamps announce new single and album Wake Up» (em inglês). Official Charts. Consultado em 17 de setembro de 2015 
  20. Lamont (15 de setembro de 2015). «Fanfests - The Vamps» (em inglês). The Vamps Website. Consultado em 17 de setembro de 2015 
  21. Lamont (15 de setembro de 2015). «Wake Up World Tour» (em inglês). The Vamps Website. Consultado em 17 de setembro de 2015 
  22. «The Vamps announces new single 'Rest Your Love' out this friday» (em inglês). Get Music Asia. Consultado em 29 de fevereiro de 2016 
  23. «We can now announce that REST YOUR LOVE is our next single and video will be out the same day as the album👨👨👨» (em inglês). Twitter. Consultado em 19 de março de 2016 
  24. «The Vamps have signed new band 'New Hope Club' to their record label» (em inglês). Consultado em 30 de dezembro de 2015 
  25. «I Found A Girl (feat. Omi) - Single by The Vamps». iTunes UK. Consultado em 15 de março de 2016 
  26. «Meet The VampsVamps and hear the BRAND NEW single first» (em inglês). Capital FM. Consultado em 09 de outubro de 2016  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  27. «The Vamps announce their new single is a collaboration with Matoma» (em inglês). Official Charts Company. Consultado em 12 de outubro de 2016 
  28. «The Vamps: Our Story: 100% Official» (em inglês). Amazon. Consultado em 07 de novembro de 2016  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  29. «The Vamps announce Middle Of The Night» (em inglês). CelebMix. Consultado em 23 de abril de 2017 
  30. «3rd album, "Night and Day" out 14th July» (em inglês). Twitter. Consultado em 29 de abril de 2017 
  31. Nessif, Bruna (7 de abril de 2014). «Taylor Swift Invites U.K. Boy Band The Vamps to Her Home for Dinner and Private Concert». NBCUniversal (em inglês). E! Online. Consultado em 19 de março de 2015 
  32. Adejobi, Alica (3 de abril de 2013). «The Vamps Talk Boy Band Competition, Debut Album 'Meet The Vamps & Writing With McFly». Giant Digital (em inglês). Entertainment Wise. Consultado em 19 de março de 2015 
  33. «The Vamps: "We're Not Your Typical Boy Band!"» (em inglês). BOP and Tiger Beat. 22 de agosto de 2014. Consultado em 19 de março de 2015 
  34. Dawson, Amy (11 de abril de 2014). «The Vamps: Being compared to One Direction is no bad thing but we are a completely different band» (em inglês). Metro. Consultado em 19 de março de 2015 
  35. Smith, Carl (17 de setembro de 2013). «The Vamps talk taking a bath with Selena Gomez: 'It was amazing'» (em inglês). sugarscape.com. Consultado em 30 de janeiro de 2014 
  36. Warwick, Charlotte (7 de outubro de 2013). «The Vamps announce they will support Taylor Swift on the UK leg of her Red tour» (em inglês). sugarscape.com. Consultado em 10 de janeiro de 2014 
  37. «The Vamps don't support The Wanted On 2014 UK Arena Tour». Capital FM (em inglês). 9 de outubro de 2013. Consultado em 1 de fevereiro de 2014 
  38. «The Vamps are supporting Little Mix in Europe» (em inglês). CelebMix. Consultado em 6 de março de 2016 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]