The Whole Nine Yards

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde abril de 2018). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
The Whole Nine Yards
Meu Vizinho Mafioso[1] (BR)
Pôster original do filme.
 Estados Unidos
2000 •  cor •  98 min 
Direção Jonathan Lynn
Elenco Bruce Willis
Matthew Perry
Rosanna Arquette
Michael Clarke Duncan
Natasha Henstridge
Amanda Peet
Kevin Pollak
Género comédia
Lançamento Estados Unidos 18 de fevereiro de 2000
Brasil 14 de abril de 2000[1]
Idioma inglês
Orçamento US$ 41.3 milhões
Receita US$ 106.371.651
Cronologia
The Whole Ten Yards
(2004)
Página no IMDb (em inglês)

The Whole Nine Yards é um filme estadunidense de 2000, dirigido por Jonathan Lynn e estrelado por Bruce Willis e Matthew Perry. Teve uma sequência lançada em 2004 sob o título de The Whole Ten Yards.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Nicholas "Oz" Oseransky (Matthew Perry) é um dentista que mora num subúrbio de Montreal, com uma vida monótona, e com uma esposa vigarista, interpretada por Rosanna Arquette. Seu tédio é interrompido quando Jimmy "O Tulipa" Tudeski (Bruce Willis), grande golpista que fugiu de Chicago por envolver-se em um crime com uma família perigosa, se muda para a sua rua. O ex-assassino profissional denunciou os crimes de seu antigo padrão às autoridades, e agora precisa escapar da ira de um importante chefão da máfia russa.

Apesar das diferenças de Oz e Jimmy, os dois se envolvem em uma trama complicada, na qual ambos correm o risco de serem assassinados. As coisas se complicam quando entra em cena Michael Clarke Duncan, que interpreta um parceiro de Tudesky, e Nastasha Henstridge, interpretando a ex-esposa do matador.

Enquanto filmava o filme The Whole Nine Yards, Matthew Perry fez uma aposta com Willis que se o filme fosse para abrir em 1º lugar nas bilheterias em sua semana de estreia, ele teria que aparecer em Friends gratuitamente. O filme estreou em 1 º lugar, Bruce Willis estrelou no seriado de graça e doou o dinheiro que ganhou para a caridade.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Portal A Wikipédia tem o portal:

Referências

  1. a b Lúcio Ribeiro (14 de abril de 2000). «A arte de comer pipoca». São Paulo: Folha de S. Paulo, caderno Ilustrada. Consultado em 14 de fevereiro de 2018. 
Ícone de esboço Este artigo sobre um filme estadunidense é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.