Thiago Alcântara

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Thiago Alcântara
Thiago Alcântara
Thiago Alcântara em 2019.
Informações pessoais
Nome completo Thiago Alcântara do Nascimento
Data de nascimento 11 de abril de 1991 (32 anos)
Local de nascimento San Pietro Vernotico, Itália
Nacionalidade italiano
espanhol
brasileiro
Altura 1,74 m
ambidestro
Informações profissionais
Clube atual Liverpool
Número 6
Posição meio-campista
Clubes de juventude
1997-2000
2000-2001
2001–2005
2005–2008 [2]
Priegue CF
FC Kelme
Flamengo[1]
Barcelona [2]
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
2008–2011
2009–2013
2013–2020
2020–
Barcelona B
Barcelona
Bayern de Munique
Liverpool
0059 0000(3)
0101 000(11)
0235 000(31)
0097 0000(3)
Seleção nacional3
2007
2007–2008
2009
2009–2010
2010–2013
2011–
Espanha Sub-16
Espanha Sub-17
Espanha Sub-18
Espanha Sub-19
Espanha Sub-21
Espanha
0001 0000(0)
0008 0000(5)
0001 0000(1)
0011 0000(4)
0021 0000(6)
0046 0000(2)


2 Partidas e gols totais pelos
clubes, atualizadas até 26 de abril de 2023.
3 Partidas e gols pela seleção nacional estão atualizadas
até 4 de julho de 2022.

Thiago Alcântara do Nascimento (San Pietro Vernotico, 11 de abril de 1991) é um futebolista hispano-brasileiro nascido na Itália e que atua como meio-campista. Atualmente joga no Liverpool.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Infância[editar | editar código-fonte]

Filho de Valéria Alcântara, ex-voleibolista brasileira e do ex-futebolista brasileiro Mazinho (paraibano, da Copa do Mundo de 1994), Thiago nasceu em San Pietro Vernotico, na Itália, na época em que seu pai atuava pelo Lecce.[3]

Por ter pai e mãe brasileiros, possui cidadania brasileira, além da espanhola, que adquiriu após ter passado boa parte da infância na Espanha. Chegou a atuar em clubes brasileiros ainda na infância, passando pelo infantil do Flamengo entre os anos de 1995 e 1996 e CFZ,[4] quando tinha cinco anos de idade. Mudou-se para a Espanha com seu pai, jogando na equipe infanto-juvenil do Ureca, em Nigrán, região da Galiza. Ele retornou ao Flamengo aos dez anos e, em 2005, aos quatorze anos, mudou-se de vez para a Espanha para jogar pelas categorias de base do Barcelona.[3]

Barcelona[editar | editar código-fonte]

Thiago com o Barcelona em 2012

No dia 17 de maio de 2009, aos dezoito anos de idade, Thiago recebeu sua primeira chance pelo time principal do Barça, substituindo Eiður Guðjohnsen no segundo tempo de uma partida contra o Mallorca.

Na temporada 2010–11, passou a ter ainda mais chances na equipe, sendo inserido definitivamente no time principal do Barcelona. Em 20 de fevereiro de 2010, marcou seu primeiro gol na carreira, numa vitória por 4 a 0 contra o Racing Santander no Camp Nou. Marcou gols também contra o Almería e contra a Real Sociedad. Terminou sua primeira temporada inteira como profissional com um total de 17 jogos, três gols e três assistências. Ao fim da temporada, no dia 29 de junho de 2011 o Barcelona renovou o seu contrato até 30 de junho de 2015, tendo agora uma cláusula de rescisão de 90 milhões de euros.

Nos dias 26 e 27 de julho de 2011, disputou pelo Barcelona um torneio amistoso, de pré-temporada, a Copa Audi. O Barcelona sagrou-se campeão e Thiago foi o artilheiro com três gols marcados, dois deles na final. Ao fim do torneio, foi premiado como melhor jogador do mesmo.

Na temporada 2011–12, ganhou muito mais chances na equipe titular com as lesões de seus compatriotas Cesc Fàbregas e Iniesta, porém ainda foi reserva da estrelada equipe catalã.

No dia 26 de maio de 2013, Thiago completou 100 jogos pelo Barça na vitória por 2-0, fora de casa no clássico da Catalunha frente ao Espanyol.[5]

Deixou o Barça após 6 épocas e 104 jogos e 11 golos.[6]

Bayern Munique[editar | editar código-fonte]

Thiago e Wout Weghorst.

No dia 14 de julho de 2013 foi contratado pelo Bayern de Munique por 25 milhões de euros (73,8 milhões de reais), com vínculo até 2017.[7] Recebeu a camisa de número seis.[8] Sua contratação veio após pedido de Pep Guardiola, que já havia sido seu comandante no clube anterior.[9]

Sua estadia na Baviera foi longeva e recheada de títulos.[10] O meio-campista, apesar de diversas lesões, consolidou-se como um dos melhores meio-campistas do mundo[11] e garantiu convocações pela Seleção Espanhola, incluindo uma participação em Copas do Mundo na época que defendia as cores do Bayern.[12]

Thiago (com James Rodriguez ao fundo) disputando uma bola com William, pela Bundesliga.

Pelo clube alemão, ele conseguiu vencer sete títulos de Bundesliga em sequência[10] comandando aquele meio de campo com craques mundiais como Philippe Coutinho,[13] Joshua Kimmich, James Rodríguez, Philipp Lahm, Bastian Schweinsteiger e Toni Kroos.[14] O jogador naturalizado espanhol pôde desempenhar um papel ofensivo, na Liga, com mais eficiente durante a época 2016–17, quando fizera 6 tentos em 27 partidas – seu recorde de gols em uma temporada de Campeonato Alemão.[15]

Pela Taça da Alemanha, o jogador levou o troféu em quatro oportunidades. Curiosamente, a temporada que o jogador mais fizera gols durante a Copa (2017–18) foi a única que Thiago perdeu a final enquanto esteve em campo.[16] Nas outras oportunidades, o time conquistou o troféu, ainda que com ele lesionado.[10]

Pela Supercopa da Alemanha, o jogador conseguiu vencê-la 3 vezes[10]. Mas a única fez que fez gol, foi justamente contra o adversário que o derrotara na final da Copa da Alemanha da época aneterior. Em uma goleada por 5 a 0 diante o Eintracht Frankfurt, Thiago fechou o placar com um chute de pé direito após assistência de Kingsley Coman em 2018.[17]

Thiago em 2019.

A exemplo de sua passagem pela Catalunha, Thiago venceu a Liga dos Campeões, a Supercopa da UEFA e o Mundial de Clubes uma vez cada.[10] Durante a campanha vitoriosa de sua equipe na Champions de 2019–20, que foi uma edição extraordinária por conta da Pandemia de COVID-19 na Europa, o atleta, pela primeira vez desde sua chegada ao time de Munique, conseguiu estar disponível para todos os jogos sem ser acometido por lesões. Ele só deixou de entrar uma vez, ainda na Fase de Grupos, e depois conseguiu ser agraciado com o título na grande final diante o PSG de Neymar, Mbappé e Ángel Di María.[18]

Algo que sempre foi um empecilho na vida profissional de Thiago foram as várias lesões em sua carreira.[19] Em 2014, o jogador sofreu uma grave lesão em seu joelho. Ele só voltou a campo em abril de 2015, após um ano parado. [20]Tal ato, o deixou de fora da Copa do Mundo FIFA de 2014.[21]

Alcântara pelo Bayern.

Seu joelho foi a região que mais vezes foi afetada em sua carreira, tendo sentido algum dano nessa área desde o ano de 2012, quando ainda defendia o Barcelona.[19][22]

Sua despedida com o clube da Baviera aconteceu logo após vencer a Liga dos Campeões. Sua saída, no entanto, não foi aprovada pelo treinador da equipe naquele momento, o alemão Hans-Dieter Flick. Para ele, o jogador devia permanecer com o clube e estava fazendo "todo o possível para garantir que o Thiago fique".[23] Mas, ainda que tivesse tentado "convencê-lo a ficar"[23], Alcântara optou por assinar com uma nova equipe.[24]

Thiago deixou o Bayern após sete temporadas, onde ganhou 16 títulos.[25] Ele jogou 231 jogos, fizera 31 gols e distribuiu 37 assistências.[23]

Liverpool[editar | editar código-fonte]

Em 17 de setembro de 2020, Thiago foi contratado pelo Liverpool da Inglaterra por 30 milhões de euros, para as próximas 4 temporadas. Ele irá vestir a camisa 6 dos Reds.[24]

Thiago jogando pelo Liverpool em um jogo de pré-temporada antes da temporada 2022–23.

Antes de assinar com o clube vermelho, o jogador revelou ter tido conversas com ex-jogadores da equipe para saber como era a cidade e outros aspectos da vida na Inglaterra:[13]

Thiago fez sua estreia em 20 de setembro de 2020, entrando no intervalo da partida contra o Chelsea no Stamford Bridge, onde o Liverpool venceu por 2-0.[26] Nesta partida, Thiago completou 75 passes bem sucedidos, o maior número de passes realizados por um jogador em apenas 45 minutos na Premier League.[27]

Thiago, Roberto Firmino e Harvey Elliott comemorando os dois títulos do Liverpool na temporada 2021–22.

Suas duas primeiras temporadas com o elenco comandado por Jürgen Klopp foram bem sucedidas. O jogador conseguiu participar de duas conquistas coletivas, e atuou por 69 jogos nesse tempo.[28] Contudo, a partir da temporada 2022–23, seus números diminuiriam. Ele começou a época vencendo a Supercopa, mas terminou ela em baixa, pois realizou somente 28 partidas em todas as competições. Seus números baixos são reflexos das lesões que sofrera em solo inglês.[29]

Durante a temporada de 2023–24, o jogador teve um momento ainda mais delicado. Ele começou a época lesionado, e teve de ficar de maio de 2023 até fevereiro de 2024 recuperando-se uma cirurgia no quadril.[30][31][32] No entanto, quando retornou aos gramados na 23ª rodada da Premier League, o jogador lesionou-se novamente. Dessa vez, o problema foi muscular.[30]

Seu contrato com a equipe estava no fim nessa mesma época. Com isso, clubes ao redor da Europa e América buscaram a contratação do atleta em fim de contrato.[33][34][35]

Seleção Espanhola[editar | editar código-fonte]

Categorias de base[editar | editar código-fonte]

Apesar de ter nascido na Itália e ter pais brasileiros, Thiago identificou-se com a Espanha, muito pelo fato de atuar desde os 14 anos no Barcelona. Em 2008, ele foi campeão da Euro Sub-17 pela Seleção Espanhola. Em 2010, fez também parte do grupo finalista da Euro Sub-19, vencida pela França.

Foi um dos principais jogadores do grupo campeão da Euro Sub-21 de 2011, marcando o segundo gol da vitória sobre a Suíça na final, num belo chute de longa distância.[36] Devido a sua boa atuação na partida, faturou ainda o prêmio de "Homem do Jogo", entregue pela UEFA.[36]

Principal[editar | editar código-fonte]

Thiago Alcântara pela Seleção Espanhola de Futebol, em 2011.

Estreou pela Seleção Espanhola no dia 10 de agosto de 2011, em um amistoso contra a Itália.

Integrante da lista inicial de trinta jogadores para a Copa do Mundo de 2014, foi cortado devido a lesão sofrida em 29 de março de 2014 que ocasionou em intervenção cirúrgica no joelho direito.[37]

No dia 31 de maio de 2016, foi convocado para a disputa da Eurocopa de 2016.[38]

Em 21 de maio de 2018 foi convocado para a Copa do Mundo FIFA de 2018.[39]

Para a surpresa de muitas pessoas ele não foi convocado para a Copa do Mundo FIFA 2022

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Mazinho, pai de Thiago.

É filho do ex-jogador brasileiro Mazinho, que jogava na Itália à época do nascimento do filho. Apesar de Thiago já ter atuado pelas seleções juvenis da Espanha, o pai declarou:

Curiosamente, Rafinha usou a camisa 12 no Barcelona. Esse era o dobro da numeração de Thiago na época que ele estava em solo Catalão.

Seu irmão mais novo, Rafael Alcântara, também atuou pelas categorias de base do Barcelona e da seleção brasileira, onde conseguiu se sagrar campeão Olímpico em 2016.[41]

Thiago nasceu na Itália, mas optou por jogar pela Seleção Espanhola. No entanto, ainda que possua pais brasileiros, ele nega que se sente mais espanhol do que brasileiro. O jogador chegou a se definir como "um cidadão do mundo". Todavia, Alcântara admitiu que seu irmão mais novo, o Rafinha, escolheu o Brasil para defender por se sentir mais ligado ao país.[42]

Enquanto ambos atuavam na Europa, Rafinha e Thiago se enfrentaram somente uma vez. Os dois já havia jogado pela mesma equipe quando atuavam pela principal equipe da Catalunha,[43] e foi justamente em um confronto de Bayern e Barcelona que os dois tiveram um embate eliminatório na semifinal Liga dos Campeões de 2014–15.[44] Ao fim da partida, o clube do caçula venceu o jogo por 3-0.[45]

A relação de ambos é muito amistosa. O jogador mais velho já foi visto torcendo para seu parente na época que ele jogava no Barça,[46] e também se solidarizou com ele em setembro de 2015, quando Rafinha lesionou-se no joelho.[47]

Em 2015, Thiago casou-se com a espanhola Julia Vigas. Os dois já eram um casal desde quando Alcântara atuava pelo Barcelona.[48]

Títulos[editar | editar código-fonte]

Barcelona
Bayern de Munique
Liverpool
Seleção Espanhola

Prêmios individuais[editar | editar código-fonte]

Artilharias[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Dinheiro extra: Fla pode lucrar com ida de Thiago Alcântara para o Bayern». Globo Esporte. 17 de julho de 2013 
  2. a b https://www.transfermarkt.pt/thiago/profil/spieler/60444
  3. a b Filho de Mazinho, Thiago Alcántara é convocado para a seleção espanhola GloboEsporte.com
  4. «Thiago e Rafinha Alcántara, a herança de Mazinho». LD SPORT NEWS. Consultado em 8 de abril de 2016 
  5. «Thiago Alcântara chega aos 100 jogos pelo Barcelona». Zerozero. Consultado em 28 de setembro de 2023 
  6. «THIAGO» (em inglês). Barcelona. Consultado em 28 de setembro de 2023 
  7. «Thiago Alcántara sold to Bayern Munich for 25 million euros» (em inglês). fcbarcelona.com. 14 de julho de 2013. Consultado em 15 de julho de 2013 
  8. «Perfekt! Thiago ist jetzt ein Bayer» (em alemão). Offizielle Website des FC Bayern München. 16 de julho de 2013 
  9. lance. «Barcelona tentou atravessar negociação de Thiago com Liverpool». Terra. Consultado em 8 de março de 2024 
  10. a b c d e jogada10. «Torcedores do Flamengo pedem nas redes sociais a contratação de Thiago Alcântara». Terra. Consultado em 8 de março de 2024 
  11. «Ex-seleção espanhola diz com quem Thiago Alcântara formaria 'meio-campo fantástico' no Brasil: 'Seria titularíssimo'». ESPN.com. 18 de dezembro de 2020. Consultado em 8 de março de 2024 
  12. Certain, Theo (21 de maio de 2018). «Com "brasileiros", Espanha anuncia os 23 convocados para Copa». Gazeta Esportiva. Consultado em 8 de março de 2024 
  13. a b «Thiago Alcântara revela conversa com Philippe Coutinho e Xabi Alonso antes de acerto com Liverpool». ESPN.com. 19 de setembro de 2020. Consultado em 8 de março de 2024 
  14. GloboEsporte.comMunique, Por; Alemanha (7 de abril de 2015). «Presidente do Bayern enche a bola de Thiago Alcântara: "Certa genialidade"». globoesporte.com. Consultado em 8 de março de 2024 
  15. «Artilheiros 2016/17 Bundesliga» 
  16. «Após 30 anos, Frankfurt supera Bayern e volta a conquistar a Copa da Alemanha». ESPN.com. 19 de maio de 2018. Consultado em 8 de março de 2024 
  17. «Eintracht Frankfurt 0 x 5 Bayern de Munique | Supercopa da Alemanha: melhores momentos». ge. Consultado em 8 de março de 2024 
  18. «Bayern vence PSG com falha de Donnarumma e dois gols anulados de Mbappé». www.uol.com.br. Consultado em 8 de março de 2024 
  19. a b «VSRanking Escrito: 10 jogadores que tiveram suas carreiras prejudicadas por lesões». TNT Sports. 31 de maio de 2020. Consultado em 8 de março de 2024 
  20. «T. Alcântara até chora com volta ao futebol após um ano fora». ESPN. 5 de abril de 2015 
  21. afp. «Bayern confirma lesão, e Thiago Alcântara está fora da Copa». Terra. Consultado em 8 de março de 2024 
  22. «Três meses após lesão, Thiago Alcântara volta a treinar no Barça». ESPN. Consultado em 8 de março de 2024 
  23. a b c «"Posso convencê-lo a ficar", diz treinador do Bayern sobre Thiago Alcântara». TNT Sports. 7 de julho de 2020. Consultado em 8 de março de 2024 
  24. a b «Liverpool FC complete signing of Thiago Alcantara» (em inglês). Liverpool. Consultado em 28 de setembro de 2023 
  25. «Liverpool anuncia a contratação de Thiago Alcântara, ex-Bayern». GE. Consultado em 28 de setembro de 2023 
  26. «Mane nets double against 10-man Blues». BBC Sport (em inglês). Consultado em 20 de setembro de 2020 
  27. «Thiago sets Premier League passing record on Liverpool debut after £20m move». Goal (em inglês). Consultado em 20 de setembro de 2020 
  28. «Ex-Liverpool diz não entender 'hype' de Thiago Alcântara e detona jogador: 'Um dos mais superestimados do futebol europeu'». ESPN.com. 1 de junho de 2022. Consultado em 8 de março de 2024 
  29. «Galatasaray tenta convencer Thiago Alcântara a deixar Liverpool». O Gol. Consultado em 10 de julho de 2023 
  30. a b «Thiago Alcântara sofre nova lesão após retornar aos gramados no último final de semana». TNT Sports. 8 de fevereiro de 2024. Consultado em 8 de março de 2024 
  31. «Thiago Alcântara sofre lesão e não joga mais nesta temporada, diz jornal». TNT Sports. 2 de maio de 2023. Consultado em 8 de março de 2024 
  32. Dia, O. (2 de fevereiro de 2024). «Após quase 300 dias, Thiago Alcântara volta a treinar no Liverpool | Esporte». O Dia. Consultado em 8 de março de 2024 
  33. redacaoterra. «Meia de Liverpool se lesiona 5 minutos depois de voltar de contusão». Terra. Consultado em 8 de março de 2024 
  34. «Qual a atual situação de Thiago Alcântara, sonho do Flamengo, no Liverpool?». ESPN.com. 20 de janeiro de 2024. Consultado em 8 de março de 2024 
  35. «Thiago Alcântara, do Liverpool, vira alvo do Trabzonspor». ge. 14 de setembro de 2023. Consultado em 8 de março de 2024 
  36. a b Espanha sagra-se campeã da Europa de Sub-21 UEFA.com
  37. «Thiago Alcantara, da Espanha, passará por nova cirurgia e está fora da Copa». Folha UOL. 15 de maio de 2014 
  38. «El 1x1 de los 23 convocados para la Eurocopa» (em espanhol). Sport.es. 31 de maio de 2016 
  39. «Com brasileiros Diego Costa e Rodrigo, Espanha divulga lista final para a Copa» 
  40. "Os herdeiros", Paulo passos, Placar número 1314, janeiro de 2076, Editora Abril, pág. 80
  41. «Rafael Reis - Por onde andam os campeões olímpicos com a seleção no futebol da Rio-2016?». www.uol.com.br. Consultado em 8 de março de 2024 
  42. GarciaMunique, Por Claudia; Alemanha (15 de março de 2016). «Thiago elogia técnica brasileira, mas critica: "Pior organização do mundo"». globoesporte.com. Consultado em 8 de março de 2024 
  43. Zuccoli, Bruno Cesar da Silva (26 de maio de 2020). «É de família! Conheça irmãos que já jogaram a La Liga». Gazeta Esportiva. Consultado em 8 de março de 2024 
  44. TI (24 de abril de 2015). «Com encontro marcado na semi da Champions League, irmãos Alcântara se provocam nas redes sociais». GAZ - Notícias de Santa Cruz do Sul e Região. Consultado em 8 de março de 2024 
  45. «Barcelona x Bayern de Munique - Liga dos Campeões 2014-2015». globoesporte.com. Consultado em 8 de março de 2024 
  46. «UOL Esporte - Thiago Alcântara vibra com gol do irmão Rafinha no Barça e solta palavrão». uolesporte.blogosfera.uol.com.br. Consultado em 8 de março de 2024 
  47. «Thiago Alcântara manda mensagem a Rafinha: "queria que fosse o meu joelho" – Jovem Pan». Thiago Alcântara manda mensagem a Rafinha: “queria que fosse o meu joelho” – Jovem Pan. 18 de setembro de 2015. Consultado em 8 de março de 2024 
  48. «Thiago Alcântara se casa e recebe homenagem do irmão Rafinha | Blog Brasil Mundial FC». globoesporte.com. 29 de junho de 2015. Consultado em 8 de março de 2024 
  49. «2013: Thiago Alcántara». UEFA.com 
  50. «The 100 best footballers in the world 2016 – interactive» (em inglês). The Guardian 
  51. UEFA Champions League Squad of the Season
  52. «Com Cristiano Ronaldo, Premier League anuncia seleção da temporada; veja quem entrou». TNT SPORTS. 9 de junho de 2022 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Thiago Alcântara