Thiago Santos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Thiago Santos
Thiago Santos
Thiago Santos com o Palmeiras em 2017
Informações pessoais
Nome completo Thiago dos Santos
Data de nasc. 5 de setembro de 1989 (31 anos)
Local de nasc. Curitiba (PR), Brasil
Nacionalidade brasileiro
Altura 1,81 m
destro
Apelido Cachorrão
Informações profissionais
Clube atual Grêmio
Número
Posição volante
Clubes de juventude
2008–2011
2011
Prudentópolis
URT
Clubes profissionais
Anos Clubes
2011–2013
2013
2013
2014
2014–2015
2015–2019
2020–2021
2021–
Nacional
Araxá
Ipatinga
Linense
América Mineiro
Palmeiras
Dallas
Grêmio

Thiago dos Santos, mais conhecido como Thiago Santos, (Curitiba, 5 de setembro de 1989) é um futebolista brasileiro que atua como volante. Atualmente, joga pelo Inter Posting.

Carreira

Thiago começou sua carreira em 2008, nas categorias de base do Prudentópolis, do Paraná, onde ficou até 2011, quando se mudou para o URT para disputar o campeonato mineiro, em 2011. Passou ainda por alguns clubes de Minas, tais como Nacional, Araxá e Ipatinga, ate se transferir para o Linense, de São Paulo.

América Mineiro[editar | editar código-fonte]

Em 2014, foi contratado pelo América Mineiro para a disputa da Série B, onde foi o maior ladrão de bolas do campeonato, com 74 desarmes.

Palmeiras[editar | editar código-fonte]

Em agosto de 2015, Thiago Santos foi vendido ao Palmeiras, após lesão do volante alviverde Gabriel, já que o elenco precisava de um volante com as mesmas características de ladrão de bola, sendo a 25.ª aquisição do Palmeiras na temporada.[1]

Fez sua estreia pelo clube numa partida contra o Joinville, entrando no lugar do atacante Gabriel Jesus, na segunda etapa da partida válida pela 21.º rodada do Campeonato Brasileiro.[2] Thiago logo assumiu a titularidade no elenco, fazendo boas partidas ao lado de seu companheiro Arouca, agradando o até então técnico Marcelo Oliveira.

No ano seguinte, participou ativamente da conquista do eneacampeonato brasileiro do alviverde. Constantemente revezava a titularidade com Cleiton Xavier, dependendo da opção do técnico Cuca por uma maior proteção aos meio campistas Moisés e Tchê Tchê, caso em que era frequentemente utilizado.

Em 2017, no entanto, passou a frequentar muito mais o banco de reservas, entrando por muitas vezes em partidas que exigissem uma maior consistência defensiva, normalmente com o Verdão à frente do placar.

No dia 10 de fevereiro de 2018, completou seu 100.º jogo pelo Palmeiras, em uma vitória por 2–0 sobre o Mirassol, válida pelo Campeonato Paulista.[3]

FC Dallas[editar | editar código-fonte]

Em dezembro de 2019, o Palmeiras anunciou a venda de Thiago Santos para o FC Dallas, por 1 milhão de dólares.[4]

Títulos[editar | editar código-fonte]

Palmeiras

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]