Thobias da Vai-Vai

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém fontes no fim do texto, mas que não são citadas no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações (desde junho de 2017). Ajude a melhorar este artigo inserindo fontes.
Thobias da Vai-Vai
Nascimento 1958 (61 anos)
São Paulo
Cidadania Brasil
Ocupação ator

Edimar Tobias da Silva (São Paulo, 1958), mais conhecido como Thobias da Vai-Vai, é um cantor, ator, radialista e ex-dirigente de carnaval brasileiro. Tornou-se célebre por ter sido intérprete oficial, e posteriormente presidente da escola de samba paulistana Vai-Vai. Já foi considerado um dos maiores intérpretes de samba-enredo do Brasil de todos os tempos.[1][2][3]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Thobias entrou para o mundo do samba através da Gaviões da Fiel, quando esta ainda participava do carnaval apenas como uma ala da Vai-Vai, até que entrou definitivamente para esta escola, tornando-se seu puxador (intérprete). lançou seu primeiro disco em 1986, e o segundo em 1989. Entre este e o terceiro LP, lançado em 1993, alterou a grafia de seu nome artístico de "Tobias" para "Thobias". a Vai Vai obteve oito dos seus treze títulos sob a interpretação de Thobias; além de um deles, conquistado sob sua presidência, no segundo ano demandato, totalizando nove títulos, no entanto, em 1994, Thobias para se dedicar à carreira solo, passou o posto para Agnaldo Amaral. [carece de fontes?]

Em 2006, com a renúncia do então presidente, o polêmico Sólon Tadeu Pereira, Thobias foi convidado[carece de fontes?] à presidência da escola, sendo eleito pelo conselho interno. Ainda este ano, participou do seriado da Rede Globo "Antônia", e também do filme "O Cheiro do Ralo". Consagrou no desfile de 2007 o bordão "Sob nova direção", como marca de sua gestão. em 2010, após o carnaval, deixou a presidência da Vai-Vai. e depois de 12 anos, volta a ser intérprete da Vai-Vai, dessa vez dividindo o microfone com o novato Márcio Alexandre.[4]

Como radialista, realizou programas nas rádios FM Imprensa, Brasil 2000 e América. é também um dos fundadores da Afrobrás – Sociedade Afro-brasileira de Desenvolvimento Sociocultural, a mantenedora da UniPalmares - Universidade da Cidadania Zumbi dos Palmares, da qual é presidente de honra.

Em 2014 Thobias inaugurou sua nova casa de show "Terra da Garoa" no centro de São Paulo, dirigindo o musical "Sampa", e, ao lado de grandes nomes Thobias procura fazer uma casa inédita. Neste mesmo ano ele voltou a vice-presidência da escola de samba Vai-Vai.

Discografia[editar | editar código-fonte]

  • 1986 – Amor dos outros – Tobias e Márcia Inayá
  • 1989 – Tobias
  • 1993 – Thobias e a Turma do Chamachopp
  • 1995 – Thobias
  • 1996 – Brasil Samba Show I
  • 1997 – Brasil Samba Show II
  • 1999 - História do Samba Paulista[nota 1]
  • 2002 – Me aperta, me abraça
  • 2006 – Paulicéia

Notas[editar | editar código-fonte]

  1. junto com Osvaldinho da Cuíca e com participações de Aldo Bueno e Germano Mathias, entre outros.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Precedido por
Sólon Tadeu
Presidentes da Vai-Vai
20062010
Sucedido por
Neguitão

Referências

|}