Thomas Aird

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Thomas Aird
Nascimento 28 de agosto de 1802
Bowden, Roxburghshire
Morte 28 de abril de 1876 (73 anos)
Dumfries
Nacionalidade Reino Unido Reino Unido da Grã-Bretanha e Irlanda
Ocupação poeta, jornalista

Thomas Aird (Bowden, Roxburghshire, 28 de agosto de 1802 – Dumfries, 28 de abril de 1876) foi um poeta escocês.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Aird foi educado na Universidade de Edimburgo, onde conheceu John Wilson, Thomas Carlyle e James Hogg, bem como outros homens de letras. Sob suas influências, decidiu se dedicar ao trabalho literário. Publicou Martzoufle, a Tragedy, with other Poems (1826), um volume de ensaios, e um longo poema narrativo em cantos diversos, The Captive of Fez (1830).

Durante um ano Aird editou o Edinburgh Weekly Journal, e por vinte e oito anos o Dumfriesshire and Galloway Herald. Contribuiu também para a Blackwood's Magazine. Em 1848 publicou uma coletânea de seus poemas, que teve boa aceitação. Carlyle disse ter encontrado neles "uma respiração saudável como as brisas da montanha". Seu poema mais conhecido é The Captive of Fez.

Em prosa Aird escreveu Religious Characteristics, e The Old Bachelor in the Old Scottish Village (1848). Entre outros amigos de Aird estão: De Quincey, Lockhart, Stanley (mais tarde deão de Westminster) e Motherwell.

Referências

  • Este artigo incorpora texto da Encyclopædia Britannica (11ª edição), publicação em domínio público.
  • Wikisource-logo.svg Vários autores (1911). «Aird, Thomas». In: Chisholm, Hugh. Encyclopædia Britannica. A Dictionary of Arts, Sciences, Literature, and General information (em inglês) 11.ª ed. Encyclopædia Britannica, Inc. (atualmente em domínio público) 
  • Este artigo incorpora texto em domínio público de: Cousin, John William (1910). A Short Biographical Dictionary of English Literature. Londres, J. M. Dent & Sons; Nova Iorque, E. P. Dutton.