Thomas Cook Group

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Gnome globe current event.svg
Este artigo ou seção é sobre um processo judicial recente ou atualmente em curso. A informação apresentada pode mudar com frequência. Não adicione especulações, nem texto sem referência a fontes confiáveis. (data da marcação: 24 de setembro de 2019; editado pela última vez em 24 de setembro de 2019) Balanced scales.svg


Thomas Cook Group
Atividade hospitality industry
Fundação 1841
Fundador(es) Thomas Cook
Encerramento 22 setembro 2019
Sede Peterborough, Reino Unido, Reino Unido
Empregados 21 800
Subsidiárias Airworld, Thomas Cook Airlines, Thomas Cook Airlines Belgium, Thomas Cook Airlines Scandinavia, Spies, Thomas Cook GmbH, Thomas Cook, Thomas Cook Touristik, Eurocenter Beteiligungs- und Reisevermittlung, Ving Norge
Antecessora(s) MyTravel Group
Website oficial http://www.thomascookgroup.com/, https://www.thomascook.com/

Thomas Cook Group plc foi um grupo de viagens britânico. Foi formado em 19 de junho de 2007 através da fusão da Thomas Cook AG (sucessora da Thomas Cook & Son) e do MyTravel Group. O grupo operava em dois segmentos distintos: uma operadora de turismo e uma empresa aérea.

Thomas Cook foi listado tanto na Bolsa de Londres como na Bolsa de Frankfurt. A empresa interrompeu suas atividades em 23 de setembro de 2019 após ser declarada insolvente financeiramente, o que deixou 600 000 turistas encalhados.[1][2]

Referências

  1. Salvatierra, Javier (23 de setembro de 2019). «El gigante de viajes Thomas Cook quiebra y deja a 600.000 turistas atrapados en el extranjero». El País (em espanhol). Consultado em 23 de setembro de 2019 
  2. «Operadora de turismo britânica Thomas Cook declara falência e afeta 600 mil clientes». G1. 23 de setembro de 2019. Consultado em 23 de setembro de 2019 
Ícone de esboço Este artigo sobre uma empresa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.