Thomas Dooley

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde maio de 2012). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Thomas Dooley
Informações pessoais
Nome completo Thomas Anthony Dooley
Data de nasc. 12 de maio de 1961 (54 anos)
Local de nasc. Bechhofen,  Alemanha Ocidental
Nacionalidade Alemão e norte-americano
Altura 1,85 m
Informações profissionais
Equipa atual Filipinas Filipinas
Posição Treinador
(Ex-líbero/zagueiro/volante)
Clubes de juventude
–1979
1979–1981
Alemanha Ocidental TuS Eintracht 1912 Bechhofen
Alemanha Ocidental TuS Landstuhl
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos (golos)
1981–1983
1983–1988
1988–1993
1994–1995
1995–1997
1997–2000
2000
Alemanha Ocidental Pirmasens
Alemanha Ocidental FC Homburg
Alemanha Ocidental/Alemanha Kaiserslautern
Alemanha Bayer Leverkusen
Alemanha Schalke 04
Estados Unidos Columbus Crew
Estados Unidos MetroStars
40 (17)
121 (20)
128 (14)
21 (3)
28 (3)
73 (7)
22 (0)
Seleção nacional
1992–1999 Flag of the United States.svg Estados Unidos 81 (7)
Times/Equipas que treinou
2002–2003
2011–2014
2014–
Alemanha Saarbrücken
Flag of the United States.svg Estados Unidos[1] (auxiliar-técnico)
Filipinas Filipinas

Thomas Anthony "Tom" Dooley (Bechhofen, 12 de maio de 1961) é um ex-futebolista e treinador de futebol dos Estados Unidos nascido na antiga Alemanha Ocidental. Atualmente é o treinador da Seleção Filipina.

Era considerado um jogador polivalente, tendo jogado como líbero, zagueiro ou volante em 19 anos de carreira como atleta.

Carreira de jogador[editar | editar código-fonte]

Profissionalizou-se em 1981, no Pirmasens, onde jogou por 2 temporadas antes de assinar com o FC Homburg em 1983.

Foi vestindo a camisa do Kaiserslautern, entre 1988 e 1993, que Dooley obteve maior sucesso na carreira, jogando 128 partidas e marcando 14 gols, além de ter conquistado 3 títulos.

Após passagens rápidas por Bayer Leverkusen e Schalke 04, o jogador assinou com o Columbus Crew para disputar a recém-fundada Major League Soccer. Na equipe de Ohio, foram 73 jogos disputados. Encerrou sua carreira em 2000, no MetroStars (atual New York Red Bulls).

Seleção dos EUA[editar | editar código-fonte]

Alemão de nascimento, Dooley não recebeu chances na seleção de seu país de origem, optando em jogar pela Seleção dos Estados Unidos, pela qual recebeu sua primeira convocação em 1992.

Participou das Copas de 1994 e 1998, esta última como capitão da equipe que ficou na primeira fase. Até 1999, quando despediu-se da carreira internacional, Dooley jogou 81 partidas e marcou 7 gols.

Carreira como técnico[editar | editar código-fonte]

Em 2002, Dooley estreou como treinador de futebol ao comandar o Saarbrücken durante uma temporada. Ficou 8 anos parado até voltar ao futebol como assistente de Jürgen Klinsmann na Seleção Norte-Americana[1] . Desde março de 2014, é treinador da Seleção das Filipinas[2] .

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b "Jurgen Klinsmann sets U.S. roster". ESPN Soccer. Consult. 7 de outubro de 2011. 
  2. Teng Kiat (7 de fevereiro de 2014). "Philippines appoint Dooley as new coach". Goal.com.