Ti-tigreão

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Broom icon.svg
As referências deste artigo necessitam de formatação (desde agosto de 2015). Por favor, utilize fontes apropriadas contendo referência ao título, autor, data e fonte de publicação do trabalho para que o artigo permaneça verificável no futuro.
Como ler uma infocaixa de taxonomiaTi-tigreão
Taxocaixa sem imagem
Classificação científica

Ti-tigreão é um Híbrido entre um tigre e uma tigreoa (tigre e leoa). Não existe naturalmente, já que um cruzamento destes só ocorre com intermédio humano. São parecidos com o tigre dourado, mas com menos contraste nas suas listras, ou seja, listras menos visíveis e menos delineadas.[1] [2]

Uma fêmea tigreão nascida em 1978, chamada Noelle, compartilhou cativeiro, na Reserva de Shambala, com um Tigre Siberiano macho chamado Anton, devido à crença do tratador de que a fêmea era estéril. Em 1983, Noelle teve um ti-tigreão chamado Nathaniel. Como Nathaniel era ¾ tigre, tinha listras mais escuras que a sua mãe e vocalizava sons mais similares aos do tigre do que a mistura de sons emitidos por ela. Sendo apenas ¼ leão, Nathaniel não tinha juba.

Nathaniel morreu com cancro aos 8 ou 9 anos. Noelle também ficou doente com cancro e morreu pouco depois.[3] [4]

Um ti-tigreão será mais parecido com um tigre, pois a mãe é metade tigre e o pai inteiro tigre (75% tigre e 25% leão). Existem outros híbridos como: Li-tigreão, Li-ligre e Ti-ligre.

Referências

http://www.megacurioso.com.br/animais/42636-ligre-e-pumapardo-conheca-melhor-os-felinos-hibridos-que-existem.htm http://www.grandesfelinos.com/2013/01/felinos-hibridos-servical.html