Tia Doca da Portela

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Jilçária Cruz Costa, conhecida como Tia Doca da Portela ou Tia Doca[1] (Rio de Janeiro, 20 de dezembro de 1932[1] — Rio de Janeiro, 25 de janeiro de 2009) foi uma pastora da velha-guarda da Escola de Samba Portela.


Tia Doca da Portela
Nascimento 1932
Rio de Janeiro
Morte 25 de janeiro de 2009
Cidadania Brasil
Ocupação música
Causa da morte enfarte agudo do miocárdio

Tia Doca foi tecelã e empregada doméstica. Entrou para a Velha Guarda da Portela em 1970 e chegou a gravar com Beth Carvalho, Zeca Pagodinho e Marisa Monte.[2]

Em 2008 participou do documentário "O Mistério do Samba", produzido por Marisa Monte.[2]

No dia 25 de janeiro de 2009 morre Tia Doca da Portela, vítima de um infarto.[3][4]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.