Tiago Mattos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Ambox important.svg
Este artigo ou seção parece estar escrito em formato publicitário ou apologético (desde maio de 2019).
Por favor ajude a reescrever este artigo para que possa atingir um ponto de vista neutro, evitando assim conflitos de interesse.
Para casos explícitos de propaganda, em que o título ou todo o conteúdo do artigo seja considerado como um anúncio, considere usar {{ER|6|2=~~~~}}, regra nº 6 da eliminação rápida.


Tiago Mattos
Tiago Mattos
Conhecido(a) por Perestroika, Aerolito, Vai lá e faz (livro)
Nascimento 10 de outubro de 1979 (39 anos)
Porto Alegre, Rio Grande do Sul
Profissão Futurista, empreendedor, professor, autor

Tiago Mattos (Porto Alegre, 10 de outubro de 1979) é futurista,[1] empresário, [2] [3] educador,[4][5], escritor e palestrante brasileiro.

Futurismo[editar | editar código-fonte]

Tiago é considerado um dos principais futuristas do Brasil [6]. Em 2017, entrou para o time de professores da Singularity University (instituição líder em futurismo no mundo). Foi professor-convidado da Universidade Hebraica de Jerusalém no programa Trans-disciplinary Innovation Program. E também da Universidade de Lisboa (Lisbon School of Economics and Management) no programa Futures, Strategic Design & Innovation. Em ambos os casos, foi uma das figuras responsáveis pelos conteúdos de Futurismo. Suas palestras sobre o futuro já foram ouvidas por audiências internacionais em países da América do Sul, América Central, América do Norte, Europa, Oriente Médio e Oceania.

Atualmente, lidera a Aerolito: empresa que oferece cursos de Futurismo e realiza pequenos experimentos na área de realidade virtual, internet das coisas, robótica e inteligência artificial.

Suas ideias sobre Futurismo começaram a ganhar reconhecimento em 2012, quando foi selecionado, dentre 80 participantes do mundo todo, para participar do GSP12 da Singularity University,[7] onde recebeu diploma de Future Studies. O projeto, que é uma parceria da Nasa e do Google, acontece dentro do campus da Nasa, em Mountain View. O critério de seleção para fazer o GSP da Singularity era, na época, ter (na visão da escola) a capacidade de impactar um bilhão de pessoas em dez anos. Depois de ter sido escolhido orador da turma [8], sua trajetória foi mencionada pela Forbes.

Em 2014, aprofundou seus conhecimentos sobre futuro do trabalho numa imersão curta no MIT, sob orientação do Prof. Thomas W. Malone (autor do livro 'Future of Work). E, em 2015, no Institute for the Future, em Palo Alto.

Ainda em 2015, foi novamente selecionado para outro programa internacional: a primeira edição do TIP (Trans-disciplinary Innovation Program), projeto de futurismo da Universidade Hebraica de Jerusalém. Entre professores e palestrantes, a primeira turma do TIP contou com autoridades de renome mundial no corpo docente. E permitiu aos participantes a oportunidade de interagir com quatorze vencedores do Prêmio Nobel e um da Medalha Fields.

Desde 2013, dá aulas sobre Futurismo no Brasil. A partir de 2016, se tornou professor-convidado também no exterior.

Em 2018, virou colunista digital da Época Negócios (atividade encerrada no mesmo ano). Seus textos traziam reflexões sobre Futurismo, inovação e futuro do trabalho.

Primeiros Anos[editar | editar código-fonte]

Tiago Mattos é formado em Comunicação pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. Em 2001, foi vencedor de uma bolsa para passar uma temporada na Miami Ad School [9][10], dos Estados Unidos.

Em 2005, foi eleito Young Lions [11] e compôs, junto com outros quinze criadores, a delegação de jovens publicitários brasileiros que participou do Festival Mundial de Publicidade de Cannes.

Em 2006, recebeu o título de Redator do Ano da ARP.

No ano seguinte, co-fundou a escola de atividades criativas Perestroika. A empresa, inicialmente focada em cursos de comunicação, ampliou a sua de atuação para as mais diversas áreas da indústria criativa. Além disso, também criou a sua própria metodologia, que agora é open source.

Entre os anos de 2012 e 2014, a escola começou suas atividades em outras cidades do Brasil, assim como seu primeiro projeto internacional em São Francisco, Califórnia: uma conferência de três dias sobre criatividade. Em 2015, a escola lançou o Neotribes – a sua segunda iniciativa internacional –, com parceiros dos EUA e Europa. E, em 2016, o evento se repetiu, agora na Alemanha.

Desde 2014, deixou a direção-executiva da escola, diminuindo significativamente seu envolvimento com o negócio.

Empreendedorismo[editar | editar código-fonte]

Empreendedor em série, fez parte dos times de fundação de diversos projetos. Ainda participa ativamente de alguns – como a Perestroika (escola livre de atividades criativas [12]). Outros, já foram desativados – como a Pipa (aceleradora de empresas com alto impacto positivo e baixo impacto ambiental). Outros, mesmo ainda existindo, não faz mais parte - como a Area51 (complexo multiempreendedor que reúne empresas da indústria criativa).

Palestras[editar | editar código-fonte]

Em 2010, Tiago foi o palestrante de abertura do TEDx Porto Alegre [13]. Desde então, é convidado para falar em conferências e eventos corporativos [14] sobre diversos assuntos.

Sua apresentação sobre tecnologias exponenciais (a "Blindfolded ignite", que fez vendado e defendeu o abraço como tecnologia) ganhou repercussão na mídia[15][16] .

Internacionalmente já palestrou em grandes eventos como o Singularity Summit Nova Zelândia, Singularity Summit Austrália e na ONU (Youth Forum/UNCTAD).

Livros[editar | editar código-fonte]

Seu primeiro livro, VLEF ("Vai lá e faz") , é um manifesto ao empreendedorismo e traz reflexões sobre a gestão no Século XXI. A obra foi realizada de forma independente e financiada pela plataforma de crowdfunding do Catarse, da qual foi recordista por algum tempo [17]. Mais tarde o livro passou a ser publicado pela editora Belas Letras, atingindo a marca de dez mil exemplares vendidos (o que, no Brasil, muitos consideram a marca para ganhar o status de bestseller). Figurou em listas dos mais vendidos na semana de lançamento e por muitas semanas em algumas categorias na lista da Amazon.

Em 2014, a Perestroika foi um dos projetos selecionados para fazer parte do livro "Empreendedorismo Criativo", que reúne nove empresas brasileiras da Nova Economia [18] .

Mídia[editar | editar código-fonte]

Suas iniciativas já foram mencionadas na mídia internacional, como Fast Company[19]. No Brasil, Tiago Mattos também já foi capa[20] da Você S/A Sul[21], da Pequenas Empresas Grandes Negócios, do UOL Tab, além de ser entrevistado das Páginas Vermelhas da Istoé.

Referências

  1. http://tab.uol.com.br/futurismo/
  2. http://www.fastcoexist.com/3036475/this-brazilian-school-will-teach-you-how-to-be-more-creative?utm_source=facebook
  3. http://www.fastcompany.com/3000198/look-inside-pipa-brazil’s-first-start-incubator
  4. https://medium.com/@aleixooo/ethics-narratives-and-education-6561e93bafb5
  5. «Cópia arquivada». Consultado em 9 de março de 2016. Arquivado do original em 29 de janeiro de 2015 
  6. http://www.forbes.com/sites/singularity/2012/08/23/singularity-u-launches-2012-class-bring-on-the-future/2/
  7. http://www.fastcoexist.com/3036475/this-brazilian-school-will-teach-you-how-to-be-more-creative?utm_source=facebook
  8. http://singularityhub.com/2012/08/23/singularity-u-launches-2012-class-bring-on-the-future/
  9. http://ideamensch.com/tiago-mattos/
  10. http://www.noteworthybusiness.com/perestroika-brazils-school-of-creativity/
  11. «Cópia arquivada». Consultado em 9 de março de 2016. Arquivado do original em 4 de março de 2016 
  12. http://www.antoinetavaglione.com/PERESTROIKA-SCHOOL-SAO-PAULO
  13. http://tedxportoalegre.com.br/2010/palestrantes/
  14. http://forumdaliberdade.com.br/en/25th/
  15. http://blogs.estadao.com.br/ponto-edu/grandes-desafios-do-mundo-e-pauta-na-singularity/
  16. http://porvir.org/porpessoas/o-abraco-e-uma-forma-de-tecnologia/20120727
  17. http://blog.catarse.me/6-dicas-do-recordista-da-arrecadacao-mais-rapida-do-catarse/
  18. http://revistatrip.uol.com.br/revista/235/salada/os-sem-gravata.html
  19. http://www.fastcompany.com/3000198/look-inside-pipa-brazil’s-first-start-incubator
  20. http://loja.abril.com.br/arquivos/ids/160105_10/VOCE-181-SUL-500207.jpg
  21. http://exame.abril.com.br/revista-voce-sa/edicoes/181/noticias/a-nova-geracao-de-executivos-do-sul