Tiago Volpi

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Tiago Volpi
Informações pessoais
Nome completo Tiago Luis Volpi
Data de nasc. 19 de dezembro de 1990 (31 anos)
Local de nasc. Blumenau, Santa Catarina, Brasil
Nacionalidade brasileiro
Altura 1,89 m
destro
Informações profissionais
Clube atual Toluca
Número
Posição goleiro
Clubes de juventude
2007–2008
2008–2009
São José-RS
Fluminense
Clubes profissionais
Anos Clubes
2010–2012
2011
2012–2014
2015–2019
2019
2020–2022
2022–
São José-RS
Luverdense (emp.)
Figueirense
Querétaro
São Paulo (emp.)
São Paulo
Toluca

Tiago Luis Volpi, ou simplesmente Tiago Volpi[1] (Blumenau, 19 de dezembro de 1990), é um futebolista brasileiro que atua como goleiro. Atualmente, joga no Toluca.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Início[editar | editar código-fonte]

Nascido em Blumenau, Santa Catarina, Tiago Volpi chegou ao São José-RS em 2007. Após passagem pela base do Fluminense entre 2008 e 2009, retornou ao São José, onde foi incorporado ao elenco para o Campeonato Gaúcho de 2010.[2]

São José-RS[editar | editar código-fonte]

Fez a sua estreia no dia 24 de março de 2010, ao entrar como substituto de Rafael Dal Ri na vitória por 3 a 0 sobre o Internacional.[3] No total, atuou em cinco partidas do Gauchão até perder nos pênaltis contra o Pelotas pela semifinal.[4]

Luverdense[editar | editar código-fonte]

Após o Campeonato Gaúcho de 2011, onde atuou em quatro jogos na ausência do titular Rafael Dal Ri, no dia 2 de junho Volpi foi contratado pelo Luverdense. O goleiro chegou por empréstimo e assinou até o restante da Série C.[5]

Retorno ao São José-RS[editar | editar código-fonte]

Após empréstimo a Luverdense, onde atuou em 11 dos 14 jogos da Série C de 2011, Volpi retornou ao São José-RS para o Campeonato Gaúcho de 2012, dessa vez sendo titular. Atuou nos seis jogos do São José. Ao final do Gauchão, foi contratado pelo Figueirense. Pelo São José, Volpi disputou 15 partidas.[6]

Figueirense[editar | editar código-fonte]

No dia 12 de maio de 2012, foi contratado pelo Figueirense, seu clube de infância, quando atuou junto com seu primo o também goleiro, Neto Volpi.[7] Estreou pelo clube no dia 16 de novembro, contra o Santos. Após receber mais uma oportunidade em 2013, garantiu a titularidade e ajudou a equipe a conquistar o acesso para a elite do Campeonato Brasileiro de 2014 e o título do Campeonato Catarinense de 2014.[8]

No dia 25 de maio de 2014, recebeu uma placa em homenagem aos 50 jogos com a camisa do Figueirense.[9] Emocionado, despediu-se do clube no dia 23 de dezembro.[10]

Querétaro[editar | editar código-fonte]

Após três semanas de negociações, no dia 20 de dezembro de 2014 foi confirmada sua transferência para o time mexicano do Querétaro, onde atuava Ronaldinho Gaúcho.[11]

São Paulo[editar | editar código-fonte]

Em 23 de dezembro de 2018 foi anunciado como novo jogador do São Paulo.[12] O jogador assinou por empréstimo até o fim de 2019, com opção de compra ao final do contrato.[13]

2019[editar | editar código-fonte]

O São Paulo anunciou sua contratação em definitivo no dia 24 de dezembro de 2019, assinando contrato até 2023.[14]

2020[editar | editar código-fonte]

No dia 1 de novembro de 2020, em partida válida pela 19° rodada do Campeonato Brasileiro, Volpi teve uma excelente atuação na goleada por 4 a 1 contra o Flamengo, no Maracanã, na qual defendeu dois pênaltis e ainda deu uma assistência para o quarto gol do São Paulo.[15]

2021[editar | editar código-fonte]

Em 10 de agosto de 2021, quando o São Paulo enfrentou o Palmeiras pela Copa Libertadores daquele ano, Volpi foi duramente criticado por ser o responsável pela eliminação da equipe na competição. No jogo de ida no Morumbi quando o Tricolor vencia por 1x0, houve uma falta para o rival alviverde perto da área do São Paulo, e Volpi mandou apenas um jogador ficar na barreira. O meia Patrick de Paula cobrou a falta longe do jogador da barreira e no canto de Volpi, que deixou uma bola defensável entrar, fazendo o jogo terminar em 1x1.[16] Volpi foi criticado principalmente por não colocar mais jogadores na barreira, pois no ano anterior o goleiro repetiu o mesmo ato e acabou levando um gol de falta de Marinho, do Santos, que custou o empate ao clube Tricolor, que também estava vencendo.[17]

No jogo de volta no Allianz Parque, casa do Palmeiras, Volpi também cometeu falhas. No primeiro tempo, quando o meia-atacante Raphael Veiga recebeu a bola na entrada da área de Volpi, chutou a bola quase no meio do gol, porém o goleiro são paulino não esticou seu braço esquerdo para defender a bola e acabou tomando o gol. Mais tarde no segundo tempo quando o São Paulo já perdia por 2x0, Patrick de Paula, o mesmo que havia marcado o gol de empate no jogo de ida, chutou a bola de fora de área em direção ao gol de Volpi. Porém o chute não foi tão no canto do goleiro, que deixou a bola que era defensável, entrar e selar a derrota do São Paulo por 3x0, custando a eliminação do time paulista na competição.[18]

No dia 15 de setembro de 2021, após a derrota fora de casa contra o Fortaleza por 3 a 1, pela Copa do Brasil, Volpi foi bastante criticado pela torcida.[19][20] O arqueiro já havia falhado no jogo de ida, realizado no Morumbi; o time paulista abriu 2 a 0, mas nos minutos finais sofreu o empate após uma falha de Volpi.[21] Após esse jogo o goleiro recebeu críticas de jornalistas e torcedores do Brasil, o comentarista Craque Neto inclusive criticou a atuação de Volpi e disse que o goleiro não pode ser titular do time paulista, dizendo que o arqueiro tem 'bracinhos de jacaré'.[22]

Toluca[editar | editar código-fonte]

Em 13 maio, Volpi aceitou uma proposta do Toluca, do México, e deixou o São Paulo após quase 4 anos no clube. Foi anunciada a transferência de Volpi por R$ 7,5 milhões no dia seguinte.[23][24][25]

Títulos[editar | editar código-fonte]

Figueirense
Querétaro
São Paulo

Referências

  1. «Perfil no site do São Paulo» 
  2. «Goleiro revelado pelo São José sonha com título do Querétaro na Supercopa do México». GaúchaZH. 14 de julho de 2017. Consultado em 16 de setembro de 2021 
  3. Jeremias Wernek (25 de março de 2010). «Em jogo confuso, Inter leva 3 a 0 do São José e aumenta pressão em Fossati». UOL. Consultado em 16 de setembro de 2021 
  4. Daniel Cassol (11 de abril de 2010). «Nos pênaltis, Pelotas elimina São José e decide contra o Inter a final do returno do Gauchão». UOL. Consultado em 16 de setembro de 2021 
  5. «Ex-goleiro do Luverdense defenderá o São Paulo em 2019». Portal da Cidade. 25 de dezembro de 2018. Consultado em 16 de setembro de 2021 
  6. «Tiago Volpi». SMG. Consultado em 4 de março de 2020 
  7. «Figueirense anuncia Almir, ex-Bangu, e fecha com goleiro do São José-RS». UOL. 16 de maio de 2012. Consultado em 16 de setembro de 2021 
  8. «De 3º goleiro a titular no Figueirense, Tiago Volpi revela: "Quero ser ídolo"». NSC Total. 30 de setembro de 2013. Consultado em 16 de setembro de 2021 
  9. «Tiago Volpi completa 50 jogos pelo Figueirense e é homenageado pelo clube». NSC Total. 25 de maio de 2014. Consultado em 16 de setembro de 2021 
  10. Renan Koerich (23 de dezembro de 2014). «Emocionado, goleiro Tiago Volpi se despede do Figueirense: "Até logo"». GloboEsporte.com. Consultado em 16 de setembro de 2021 
  11. Renan Koerich (21 de dezembro de 2014). «Figueirense aceita proposta, e Tiago Volpi defende o Querétaro em 2015». GloboEsporte.com. Consultado em 16 de setembro de 2021 
  12. «São Paulo anuncia a contratação do goleiro Tiago Volpi, do Querétaro-MEX». GloboEsporte.com. 23 de dezembro de 2018. Consultado em 16 de setembro de 2021 
  13. «Tiago Volpi é do Tricolor: goleiro é mais um reforço para 2019». Site oficial do São Paulo. 23 de dezembro de 2018. Consultado em 16 de setembro de 2021 
  14. Marcelo Hazan (24 de dezembro de 2019). «São Paulo anuncia compra definitiva do goleiro Tiago Volpi». GloboEsporte.com. Consultado em 16 de setembro de 2021 
  15. Leo Burlá e Thiago Fernandes (1 de novembro de 2020). «Volpi pega 2 pênaltis, dá até assistência e São Paulo vence Fla por 4 a 1». UOL. Consultado em 16 de novembro de 2020 
  16. Ribeiro, Osmar (11 de agosto de 2021). «COMPLICOU!Em falha de Volpi, São Paulo deixa escapar vantagem e fica no empate com o Palmeiras pela Libertadores». Fala Barreiras. Consultado em 16 de janeiro de 2022 
  17. «Volpi falha após novo 'míssil' de Marinho, e São Paulo cede empate ao Santos na Vila – Jovem Pan». Volpi falha após novo ‘míssil’ de Marinho, e São Paulo cede empate ao Santos na Vila – Jovem Pan. 12 de setembro de 2020. Consultado em 16 de janeiro de 2022 
  18. «Vilão? Tiago Volpi protagoniza falhas em eliminações do São Paulo na Copa do Brasil e na Libertadores». Lance!. Consultado em 16 de janeiro de 2022 
  19. «Copa do Brasil: Volpi falha de novo, São Paulo é atropelado pelo Fortaleza e é eliminado». ESPN.com.br. 15 de setembro de 2021 
  20. «Torcedores do São Paulo se enfurecem com falhas de Volpi: 'Tá de parabéns'». TNT Sports. 15 de setembro de 2021 
  21. Brunno Carvalho (25 de agosto de 2021). «São Paulo abre 2 a 0, mas cede empate ao Fortaleza na Copa do Brasil». UOL 
  22. «Neto diz que Volpi não é goleiro para o SPFC: 'Bracinho de jacaré'». www.uol.com.br. Consultado em 16 de janeiro de 2022 
  23. «Volpi confirma saída do São Paulo para jogar no Toluca». ge. Consultado em 14 de maio de 2022 
  24. «São Paulo e Tiago Volpi aceitam proposta do Toluca». ge. Consultado em 14 de maio de 2022 
  25. «Volpi se despede do São Paulo e confirma transferência para o Toluca, do México». Lance!. Consultado em 14 de maio de 2022 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]