Tianhe-I

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Tianhe-I (天河一号 em caracteres simplificados, 天河一號 em caracteres tradicionais, Tiān​hé yī​hào em pinyin​, significando «Número um da Via Láctea»), é um supercomputador do National Supercomputing Center, em Tianjin na República Popular da China. É um dos raros supercomputadores capazes de ultrapassar a barreira de alguns petaFLOPS[1]  · [2] .

Em outubro de 2010, uma versão melhorada da máquina (Tianhe-1A) equipada com 7168 GPUs Nvidia Tesla e 14 336 processadores Intel Xeon[3] tornou-se o supercomputador mais rápido do mundo, capaz de atingir 2,5 petaFLOPS[4] , à frente do supercomputador Jaguar da Cray Inc.. O Tianhe-I é explorado como um sistema de livre acesso para a investigação científica que necessite de cálculo em grande escala[5] e usa um sistema operativo Linux[6] .

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Johnathan Weng (29-10-2009). China Military News Reporting, : . «China’s Defense University builds World Third fastest supercomputer». Consultado em 29-10-2009. 
  2. SINA.com News et Xinhua News AgencyNews, : (29-10-2009). http://tech.sina.com.cn/it/2009-10-29/12073548738.shtml. Consultado em 29-10-2009.  Parâmetro desconhecido |tituto= ignorado (Ajuda); Falta o |titulo= (Ajuda)
  3. «Supercomputador chinês torna-se o mais rápido do mundo». Consultado em 3-11-2010. 
  4. BBC (29-10-2010). «China claims supercomputer crown». Consultado em 29-10-2010. 
  5. Antone Gonsalves (28-10-2010). Information Week, : . «China Claims World's Fastest Supercomputer» (em inglês). Consultado em 28-10-2010. 
  6. CBC News (: ). «China's supercomputer called world's fastest - Tianhe-1 can make 2,507 trillion calculations per second» (em inglês). Consultado em 28-10-2010. 
Ícone de esboço Este artigo sobre um tipo de computador é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.