Tianna Bartoletta

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Tianna Bartoletta
campeã olímpica
Atletismo
Modalidade salto em distância, 100 m
Nascimento 30 de agosto de 1985 (31 anos)
Elyria, Estados Unidos
Nacionalidade Povo dos Estados Unidos norte-americana
Compleição Peso: 59 kg Altura: 1,68 m
Medalhas
Jogos Olímpicos
Ouro Rio 2016 salto em distância
Ouro Rio 2016 4x100 m
Ouro Londres 2012 4x100 m
Campeonatos Mundiais
Ouro Pequim 2015 salto em distância
Ouro Helsinque 2005 salto em distância
Campeonatos Mundiais – Indoor
Prata Moscou 2006 salto em distância
Bronze Sopot 2014 60 m
Bronze Istambul 2012 60 m

Tianna Bartoletta (nascida Madison; Elyria, 30 de agosto de 1985) é uma atleta e campeã olímpica norte-americana, especialista em corridas de velocidade e no salto em distância.[1][2]

Foi campeã mundial do salto em distância no Mundial de Helsinque 2005. Nos mundiais indoor, foi prata no salto em distância em Moscou 2006, e bronze nos 60 m rasos em Istambul 2012.[1]

Em Londres 2012 tornou-se campeã olímpica integrando o revezamento 4x100 m junto com Carmelita Jeter, Allyson Felix e Bianca Knight, que conquistou a medalha de ouro quebrando o recorde mundial vigente desde 1985 e ainda em poder da equipe da extinta Alemanha Oriental, com a nova marca de 40s82.[3]

Em Pequim 2015 foi campeã mundial do salto em distância pela segunda vez, vencendo a prova no último salto com a marca de 7,14 m.[4]

Competiu em seus segundos Jogos Olímpicos na Rio 2016, onde conquistou a medalha de ouro no salto em distância numa competição disputada até o fim com a compatriota Brittney Reese, campeã em Londres quatro anos antes e tricampeã mundial. No quinto salto, Reese, que não vinha bem até ali, conseguiu uma marca de 7,09 m, a primeira acima de sete metros na competição, assumindo a liderança; Bartoletta, que até então liderava com 6,95 m, um marca aquém de uma final olímpica, em sua quinta tentativa saltou 7,17 m, o melhor de sua vida, para retomar a liderança. Na sexta e última série de saltos, Reese pode apenas saltar 7,15 m, dois centímetros a menos que Bartoletta, que se tornou campeã olímpica.[5]

Dois dias depois voltou à pista e ganhou uma segunda medalha de ouro integrando o revezamento 4x100 m americano junto com Allyson Felix, English Gardner e Tori Bowie também sua segunda medalha de ouro olímpica no revezamento.[6]

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Casou-se em 2012 com o empresário John Bartoletta, passando a competir com seu nome de casada.[7]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b Perfil na IAAF
  2. Perfil no Sports Reference
  3. «40.82! USA shatters women’s 4x100m relay World Record in London!». IAAF. Consultado em 17/08/2012. 
  4. «LONG JUMP WOMEN». IAAF. Consultado em 28 August 2015. 
  5. «REPORT: WOMEN'S LONG JUMP FINAL – RIO 2016 OLYMPIC GAMES». IAAF. Consultado em 30 August 2016. 
  6. «4X100 METRES RELAY WOMEN THE XXXI OLYMPIC GAMES». IAAF. Consultado em 30 August 2016. 
  7. «Tampa-based Olympian went from rags to riches to win gold, love» (em inglês). Tampa Bay Times. 21 de março de 2013. Consultado em 11 de março de 2014.