Tigrinhos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Tigrinhos
Bandeira indisponível
Brasão indisponível
Bandeira indisponível Brasão indisponível
Hino
Fundação 29 de setembro de 1995 (21 anos)
Gentílico tigrinhense[1]
Prefeito(a) Rudimar Francisco Guth (DEM/PSDB)
(2013–2016)
Localização
Localização de Tigrinhos
Localização de Tigrinhos em Santa Catarina
Tigrinhos está localizado em: Brasil
Tigrinhos
Localização de Tigrinhos no Brasil
26° 41' 16" S 53° 09' 28" O26° 41' 16" S 53° 09' 28" O
Unidade federativa  Santa Catarina
Mesorregião Oeste Catarinense IBGE/2008[2]
Microrregião Chapecó IBGE/2008[2]
Municípios limítrofes Santa Terezinha do Progresso, Bom Jesus do Oeste, Maravilha, São Miguel da Boa Vista
Distância até a capital 636 km
Características geográficas
Área 57,439 km² [3]
População 1 757 hab. Censo IBGE/2010[4]
Densidade 30,59 hab./km²
Altitude 732 m
Clima Não disponível
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,741 alto PNUD/2000[5]
PIB R$ 20 125,626 mil IBGE/2008[6]
PIB per capita R$ 11 306,53 IBGE/2008[6]
Página oficial

Tigrinhos é um município brasileiro do Estado de Santa Catarina.

História[editar | editar código-fonte]

O município de Tigrinhos, antigo distrito criado em 1961 e subordinado ao município de Maravilha, emancipou-se politicamente pela lei estadual nº 9221, de 29 de setembro de 1995.[7][8]

Geografia[editar | editar código-fonte]

Localiza-se a uma latitude 26º41'16" sul e a uma longitude 53º09'29" oeste, estando a uma altitude de 732 metros. Sua população estimada em 2004 era de 1.919 habitantes.

Turismo[editar | editar código-fonte]

Tigrinhos é uma cidade de adultos: dos 1.876 habitantes, mais de 1.700 são eleitores e, conforme o Censo 2000, a maioria tem mais de 55 anos. A religiosidade que caracterizava os primeiros colonizadores permanece viva e se manifesta em duas importantes festas religiosas: o Dia de Santo Antônio e o Dia da Reforma Protestante. Há quatro grupos de idosos – o principal é o Sagrado Coração de Jesus – que promovem encontros, palestras e apresentações de canto e de dança. O município, após o fim do ciclo da madeira, vive da agropecuária, com destaque para o fumo, seguido pelo feijão, milho e soja, além da criação de gado de leite.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Histórico de Tigrinhos no site do IBGE
  2. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  3. IBGE (10 de outubro de 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  4. «Censo Populacional 2010». Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de novembro de 2010. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  5. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2000. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  6. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  7. «Tigrinhos Santa Catarina - SC Histórico» (PDF). IBGE. 6 de abril de 2011. Consultado em 7 de abril de 2013 
  8. «História». Prefeitura Municipal de Tigrinho. Consultado em 7 de abril de 2013 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado de Santa Catarina é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.