Timo Soini

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Timo Soini
Timo Soini
Ministro dos Negócios Estrangeiros da Finlândia
Período 2015-2019
Juha Sipilä
Antecessor Erkki Tuomioja
Sucessor Pekka Haavisto
Vice-Primeiro-Ministro da Finlândia
Período 2015-2017
Membro do Parlamento Europeu
Período 2009-2011
Deputado ao Parlamento da Finlândia
Período 2003-2009, 2011-
Político municipal - Espoo
Período 2001
Líder do Partido dos Verdadeiros Finlandeses
Período 1997-2017
Dados pessoais
Nascimento 30 de maio de 1962 (58 anos)
Raumo, Finlândia
Alma mater Universidade de Helsínquia
Primeira-dama Tiina Soini
Partido Partido dos Finlandeses
Profissão Político

Timo Soini é um político finlandês, do Partido dos Finlandeses. [1]

Nasceu em Raumo, na Finlândia, em 1962. Aos 27 anos, converteu-se ao catolicismo. Foi líder do Partido dos Finlandeses em 1997-2017. Foi político municipal em Espoo desde 2001, deputado ao Parlamento da Finlândia (2003-2009, 2011-), deputado ao Parlamento Europeu (2009-20011), vice-primeiro-ministro (2015-2017) e ministro dos negócios estrangeiros (2015-2019). Entre as suas posições ideológicas estão:[1][2]

  • Timo Soini defende que a Finlândia deve abandonar a União Europeia, não entrar para a NATO.
  • Preconiza uma política mais dura para com os refugiados, e menos ajuda aos países do Euro com dificuldades financeiras.
  • É contra a obrigatoriedade do ensino da língua sueca nas escolas finlandesas, apesar do sueco ser idioma oficial do país lado a lado com o finlandês.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. a b «Timo Soini» (em sueco). Enciclopédia Finlândia. Consultado em 21 de dezembro de 2019 
  2. Knut Are Tvedt. «Timo Soini» (em norueguês). Store norske leksikon (Grande Enciclopédia Norueguesa). Consultado em 21 de dezembro de 2019 
Ícone de esboço Este artigo sobre um político é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.