Timothée Chalamet

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Timothée Chalamet
Chalamet durante o Festival Internacional de Cinema de Toronto, em setembro de 2018
Nome completo Timothée Hal Chalamet
Nascimento 27 de dezembro de 1995 (23 anos)
Nova Iorque, NY
Nacionalidade norte-americano
francês
Educação Fiorello H. LaGuardia High School
Ocupação Ator
Atividade 2007–presente
Prémios National Board of Review
Ator Revelação
2017 – Call Me by Your Name
Outros prêmios
Independent Spirit Award de Melhor Ator
2018 – Call Me by Your Name
IMDb: (inglês)

Timothée Hal Chalamet[1] (27 de dezembro de 1995)[2] é um ator norte-americano. Começou sua carreira de ator em curtas-metragens, antes de aparecer na série de televisão Homeland (2012), interpretando Finn Walden.[3] Em 2014, fez sua estreia no cinema no drama de Jason Reitman, Men, Women & Children, e apareceu no filme de ficção científica de Christopher Nolan, Interstellar.

Em 2017, Chalamet ganhou maior reconhecimento por seus papéis coadjuvantes no filme de Greta Gerwig, Lady Bird, Hostiles de Scott Cooper, e por seu papel principal no drama romântico de Luca Guadagnino, Call Me by Your Name. Este último lhe rendeu uma indicação para o Oscar de melhor ator, fazendo dele o terceiro ator mais jovem a ser indicado nesta categoria, além de indicações aos prêmios BAFTA, Critics Choice, Globo de Ouro e Screen Actors Guild na mesma categoria. No ano seguinte, ele retratou um adolescente viciado em drogas no drama Beautiful Boy, pelo qual recebeu indicações para o Globo de Ouro, Screen Actors Guild e BAFTA, todos na categoria de melhor ator coadjuvante.

No teatro, Chalamet estrelou a peça autobiográfica de John Patrick Shanley, Prodigal Son, pela qual foi indicado ao Drama League Award e ganhou um prêmio Lucille Lortel.

Início da vida[editar | editar código-fonte]

Chalamet nasceu e cresceu em Hell's Kitchen, bairro de Manhattan, na cidade de Nova Iorque.[4] Filho de Nicole Flender, uma corretora de imóveis e ex-dançarina da Broadway, e Marc Chalamet, editor da UNICEF.[4][5] Sua mãe americana, uma nova-iorquina de terceira geração, é judia (de ascendência judaica e austríaca russa), e seu pai francês, que morava em Nîmes, é de origem protestante.[5][6][7][8]

Durante sua infância, Timothée Chalamet passava o verão em Le Chambon-sur-Lignon,[9] uma pequena aldeia francesa a duas horas de distância de Lyon, na casa de seus avós paternos. Sua avó paterna, que se mudara para a França, era canadense.[10] Chalamet afirmou que seu tempo na França levou a questões de identidade intercultural.[11] "Uma vez eu estava lá, eu me tornei a versão francesa de mim mesmo", ele disse a La Presse. Eu estava completamente imbuído da cultura e até sonhei em francês."[12] Seu sonho de infância era tornar-se um jogador de futebol profissional: "Eu fui técnico de um campo de futebol na França. Treinei crianças de seis a dez anos quando eu tinha cerca de treze anos".[9]

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

A irmã mais velha de Chalamet, Pauline (nascida em 1992), é uma atriz e mora em Paris.[4] O tio materno de Chalamet é o cineasta Rodman Flender, sua tia materna é a produtora e escritora de televisão Amy Lippman, seu avô materno era o roteirista Harold Flender, e sua avó materna, Enid Flender (née Rodman), é ex-dançarina da Broadway.[4][13]

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Indica filmes que ainda não foram lançados
Filmes
Título Ano Papel Notas Prêmios
Sweet Tooth 2008 Samuel Curta-metragem
Clown Garoto Palhaço
Men, Women & Children 2014 Danny Vance
Spinners Jace Curta-metragem
Interstellar Tom Cooper (jovem)
Worst Friends Sam (jovem)
One & Two 2015 Zac
The Adderall Diaries Stephen Elliott (jovem)
Love the Coopers Charlie Cooper
Miss Stevens 2016 Billy Mitman
Call Me by Your Name 2017 Elio Perlman Prêmios
Independent Spirit Award de melhor ator
National Board of Review de melhor ator revelação
Indicado
Oscar de melhor ator
Globo de Ouro de melhor ator em filme dramático
BAFTA de melhor ator
Critics' Choice Movie Award de melhor ator
SAG Award de melhor ator principal
Hot Summer Nights Daniel Middleton
Lady Bird Kyle Scheible Indicado
SAG Award de Melhor Elenco em Cinema
Hostiles Philippe DeJardin
Beautiful Boy 2018 Nic Sheff Prêmios
Hollywood Film Award de Melhor Ator Coadjuvante
Indicado
Chicago Film Critics Association de melhor ator coadjuvante
Globo de Ouro de melhor ator coadjuvante em cinema
Indiana Film Journalist Association de Melhor Ator Coadjuvante
Los Angeles Online Film Critics Society de melhor ator antes dos 23 anos
St. Louis Gateway Film Critics Association de Melhor Ator Coadjuvante
Washington D.C. Area Film Critics Association de melhor ator coadjuvante
The King 2019 Rei Henrique V Futuro filme original Netflix
Little Women Theodore "Laurie" Laurence Pós-produção
A Rainy Day in New York ASA A ser anunciado Completo
The French Dispatch Zeffirelli Filmando
Televisão
Título Ano Papel Notas
Law & Order 2009 Eric Foley Episódio: "Pledge"
Loving Leah Jake Lever (jovem) Telefilme
Royal Pains 2012 Luke 4 episódios
Homeland Finn Walden 8 episódios
Trooper 2013 Lee Flaxton Piloto de televisão
Teatro
Título Ano Papel
The Talls 2011 Nicholas Clarke
Prodigal Son 2016 Jim Quinn

Referências

  1. Bowman, Sabienna (3 de janeiro de 2018). «You've Been Pronouncing Timothée Chalamet's Name Wrong This Whole Time». PopSugar. Consultado em 1 de outubro de 2018. Cópia arquivada em 30 de março de 2018 
  2. «Timothée Chalamet». Golden Globes. Consultado em 13 de dezembro de 2017. Cópia arquivada em 19 de setembro de 2018 
  3. Louaguef, Sarah (10 de dezembro de 2014). «Saga people - Timothée Chalamet, nouvel espoir d'Hollywood». ParisMatch.com 
  4. a b c d Riley, Daniel (14 de fevereiro de 2018). «The Arrival of Timothée Chalamet». GQ. Consultado em 25 de abril de 2018. Cópia arquivada em 19 de setembro de 2018 
  5. a b Piette, Jérémy (26 de fevereiro de 2018). «Timothée Chalamet, appelez-le par son nom» [Timothée Chalamet, call him by his name]. Libération (em francês). Consultado em 2 de março de 2018. Cópia arquivada em 19 de setembro de 2018 
  6. Kellaway, Kate (15 de outubro de 2017). «Call Me By Your Name's Oscar-tipped double act on their summer of love». The Guardian. Londres. Consultado em 13 de abril de 2018. Cópia arquivada em 19 de setembro de 2018 
  7. Bloom, Nate (29 de março de 2018). «Celebrity Jews: Timothée Chalamet & TV Catch-Up». The Jewish News. Consultado em 25 de abril de 2018. Cópia arquivada em 19 de setembro de 2018. filho de uma mãe judia americana e um pai protestante francês. 
  8. Bloom, Nate (27 de novembro de 2014). «Celebrity Jews». J Weekly. Consultado em 28 de janeiro de 2019 
  9. a b Herman, James Patrick (6 de fevereiro de 2015). «Timothée Chalamet – Takes off in Interstellar». Verge Magazine. Arquivado do original em 6 de fevereiro de 2015 
  10. Demars, Céline (3 de março de 2018). «Les racines auvergnates de Timothée Chalamet, nouveau chouchou d'Hollywood à 22 ans». La Montagne (em francês). Consultado em 15 de junho de 2018. Cópia arquivada em 19 de setembro de 2018 
  11. Marotta, Jenna (17 de novembro de 2017). «'Call Me by Your Name': Timothée Chalamet is Learning How to Be a Man, Onscreen and Off». IndieWire. Consultado em 23 de janeiro de 2018. Cópia arquivada em 19 de setembro de 2018 
  12. Lussier, Marc-André (15 de dezembro de 2017). «Timothée Chalamet, nouvelle étoile du cinéma mondial». La Presse (em francês). Consultado em 23 de janeiro de 2018. Cópia arquivada em 19 de setembro de 2018 
  13. Nepales, Ruben V. (9 de fevereiro de 2018). «Will Timothée Chalamet be the youngest Oscar best actor winner at 22?». Philippine Daily Inquirer. Consultado em 27 de abril de 2018. Cópia arquivada em 19 de setembro de 2018 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]