Tintin et le lac aux requins

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Searchtool.svg
Esta página foi marcada para revisão, devido a incoerências e/ou dados de confiabilidade duvidosa. Se tem algum conhecimento sobre o tema, por favor, verifique e melhore a coerência e o rigor deste artigo.
Tintin et le lac aux requins
Tintim e o Lago dos Tubarões[1] (BR)
 Bélgica /  França
1972 •  cor •  81 min 
Direção Raymond Leblanc
Roteiro Jean-Michel Charlier
Rainer Gocksch
Hergé
Eddie Lateste
Jos Marissen
Michel Régnier
Elenco vozes:
Jacques Careuil
Georges Atlas
Jacques Balutin
Nadine Basile
Género aventura/ suspense
Idioma francês
Página no IMDb (em inglês)

Tintin et le lac aux requins é um filme de animação franco-belga de 1972, dirigido por Raymond Leblanc baseado na série de banda desenhada franco-belga do belga Hergé e com argumento de Greg.

É o último filme de Tintim, com argumento não adaptado das banda desenhadas.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

A trama passa-se quando Tintim e o Capitão Haddock vão visitar o professor Girassol em Sildávia, onde existe um lago que diz-se ser assombrado. Nesse lago é o esconderijo de Rastapopoulos, inimigo de Tintim, e que, desta vez, roubou obras de arte substituindo-os por cópias. Ao princípio, as cópias eram muito mal feitas, sabendo-se que era uma cópia, mas depois nem se conseguia distinguir do original. Uma espia, a madame Vleck, vigia o professor Girassol.

Livro[editar | editar código-fonte]

O livro foi feito pelos estúdios Hergé.

Vozes[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]



Ícone de esboço Este artigo sobre um filme é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.