Tiro nos Jogos Olímpicos de Verão de 2016 - Fossa olímpica feminino

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Fossa olímpica feminino
nos Jogos da XXXI Olimpíada
Shooting pictogram.svg
LocalCentro Olímpico de Tiro
Data07 de agosto de 2016
Participantes21 de 17 países
Alvos atingidos pela vencedora12 em 15 (na final)
Medalhados
Medalha de Ouro  AustráliaAUS Austrália
Medalha de Prata  Nova ZelândiaNZL Nova Zelândia
Medalha de Bronze  Estados UnidosUSA Estados Unidos
«20122020»

A prova de fossa olímpica feminina nos Jogos Olímpicos de 2016 decorreu a 07 de agosto de 2016 no Centro Olímpico de Tiro.[1]

Formato da competição[editar | editar código-fonte]

Foram disputadas duas rondas: na de qualificação, cada atiradora disparou a três conjuntos de 25 alvos na fossa de tiro, com 10 alvos a partirem da esquerda, 10 da direita e cinco da frente em cada conjunto. Podem ser tentados dois tiros a cada alvo.

Os seis melhores da qualificação avançaram para a final, onde dispararam em mais uma ronda de 25 alvos, com apenas uma tentativa para cada. O somatório de pontuação de todos os 100 alvos foi usado para determinar a classificação final. Os empates são desfeitos com um shoot-off, que consiste em tiros adicionais disparados um de cada vez até não existir empate.[1]

Medalhistas[editar | editar código-fonte]

A australiana Catherine Skinner superou a neozelandesa Natalie Rooney para ser campeã Olímpica, ao passo que o Bronze foi ganho por Corey Cogdell, dos Estados Unidos, que levou a melhor sobre a espanhola Fátima Gálvez.[2][3][4]

Tiro nos
Jogos Olímpicos de Verão de 2016
Shooting pictogram.svg
Carabina deitado 50 m masc
Carabina três posições masc fem
Carabina de ar masc fem
Pistola livre 50 m masc
Pistola livre 25 m fem
Tiro rápido 25 m masc
Pistola de ar 10 m masc fem
Fossa olímpica masc fem
Fossa olímpica dublê masc
Skeet masc fem
Gold medal.svg Ouro AustráliaAUS Catherine Skinner
Silver medal.svg Prata Nova ZelândiaNZL Natalie Rooney
Bronze medal.svg Bronze Estados UnidosUSA Corey Cogdell

Recordes[editar | editar código-fonte]

Antes do evento, estes eram os recordes olímpicos e mundiais:

Classificatórias
Tipo Atleta Pontos Local Data
Recorde mundial Itália Jessica Rossi 75 Reino Unido Londres 04 de agosto de 2012
Estados Unidos Corey Cogdell Espanha Granada 05 de julho de 2013
Recorde olímpico Itália Jessica Rossi 75 Reino Unido Londres 04 de agosto de 2012

Ronda de qualificação[editar | editar código-fonte]

A ronda de qualificação ficou assim ordenada:[5]

Classificação Atleta País 1 2 3 Desempate Total Notas
1 Laetisha Scanlan AustráliaAUS Austrália 22 25 23 70 Q
2 Jessica Rossi ItáliaITA Itália 24 21 24 69 Q
3 Fátima Gálvez EspanhaESP Espanha 24 22 23 69 Q
4 Natalie Rooney Nova ZelândiaNZL Nova Zelândia 24 23 21 68 Q
5 Corey Cogdell Estados UnidosUSA Estados Unidos 22 23 22 68 Q
6 Catherine Skinner AustráliaAUS Austrália 22 21 24 +2 67 Q
7 Cynthia Meyer CanadáCAN Canadá 21 23 23 +1 67
8 Mariya Dmitriyenko CazaquistãoKAZ Cazaquistão 24 20 22 66
9 Gaby Ahrens NamíbiaNAM Namíbia 23 22 21 66
10 Satu Mäkelä-Nummela FinlândiaFIN Finlândia 22 24 20 66
11 Ekaterina Rabaya RússiaRUS Rússia 22 20 23 65
12 Pak Yong-hui Coreia do NortePRK Coreia do Norte 23 20 22 65
13 Arianna Perilli San MarinoSMR San Marino 21 23 21 65
14 Ray Bassil LíbanoLIB Líbano 23 22 20 65
15 Chen Fang ChinaCHN China 23 21 20 64
16 Alessandra Perilli San MarinoSMR San Marino 22 22 19 63
17 Lin Yi-chun Taipé ChinêsTPE Taipé Chinês 22 20 20 62
18 Tatiana Barsuk RússiaRUS Rússia 21 22 19 62
19 Jana Beckmann AlemanhaGER Alemanha 20 20 21 61
20 Yukie Nakayama JapãoJPN Japão 19 22 20 61
21 Janice Teixeira BrasilBRA Brasil 22 21 17 60

Semi-final[editar | editar código-fonte]

Catherine Skinner, da Austrália, e Natalie Rooney, da Nova Zelândia, seguiram para a disputa do título Olímpico entre duas atletas da Oceânia. Já Corey Cogdell, dos Estados Unidos, foi disputar o Bronze com a espanhola Fátima Gálvez[4]

Classificação Atleta País Total Desempate Notas
1 Catherine Skinner AustráliaAUS Austrália 14 Disputa pelo Ouro
2 Natalie Rooney Nova ZelândiaNZL Nova Zelândia 13 +1 Disputa pelo Ouro
3 Corey Cogdell Estados UnidosUSA Estados Unidos 13 +0 Disputa pelo Bronze
4 Fátima Gálvez EspanhaESP Espanha 12 Disputa pelo Bronze
5 Laetisha Scanlan AustráliaAUS Austrália 10
6 Jessica Rossi ItáliaITA Itália 10

Final - Encontros das medalhas[editar | editar código-fonte]

Catherine Skinner foi campeã Olímpica ao derrotar a Natalie Rooney, e Corey Cogdell confirmou a superioridade face a Fátima Gálvez para ficar com o Bronze.[4]

Classificação Atleta País Total Desempate Notas
Medalha de ouro Catherine Skinner AustráliaAUS Austrália 12
Medalha de prata Natalie Rooney Nova ZelândiaNZL Nova Zelândia 11
Medalha de bronze Corey Cogdell Estados UnidosUSA Estados Unidos 13 +1
4 Fátima Gálvez EspanhaESP Espanha 13 +0
Legenda
Recorde mundial Recorde mundial (World record) Recorde africano Recorde africano (African) Q Classificado por posição (Qualified)
Recorde olímpico Recorde olímpico (Olympic record) Recorde da América Recorde da América (Americas) q Classificado por melhor tempo (Qualified)
Melhor marca do ano Melhor marca do ano (World leading) Recorde asiático Recorde asiático (Asian) DNS Não largou (Did not start)
Recorde nacional Recorde nacional (National record) Recorde europeu Recorde europeu (European) DNF Não terminou (Did not finish)
Recorde pessoal Recorde pessoal do atleta (Personal best) Recorde da Oceania Recorde da Oceania (Oceania) DSQ / DQ Desclassificado (Disqualified)
Recorde da temporada Recorde da temporada do atleta (Season best) Recorde sul-americano Recorde sul-americano (South America) NM Sem marca (No mark)

Referências

  1. a b «Shooting Explanatory Guide» (PDF) (em inglês). p. 13 a 22. Consultado em 21 de agosto de 2016. Cópia arquivada em 21 de agosto de 2016 
  2. «Tiro esportivo/ Fossa olímpica feminina - Medalhistas» (PDF) (em inglês). Rio 2016. 7 de agosto de 2016. Consultado em 23 de agosto de 2016. Arquivado do original (PDF) em 23 de agosto de 2016 
  3. «Atiradora australiana Catherine Skinner conquista ouro no fosso». Global Media Group. 7 de agosto de 2016. Consultado em 23 de agosto de 2016. Cópia arquivada em 23 de agosto de 2016 
  4. a b c «Trap Women Finals Results» (PDF) (em inglês). 07 de agosto de 2016. Consultado em 07 de agosto de 2016. Cópia arquivada (PDF) em 7 de agosto de 2016  Verifique data em: |acessodata=, |data= (ajuda)
  5. «Trap Women Qualification Results» (PDF) (em inglês). 07 de Agosto de 2016. Consultado em 07 de Agosto de 2016. Arquivado do original (PDF) em 7 de agosto de 2016  Verifique data em: |acessodata=, |data= (ajuda)